Wednesday, July 04, 2007

Página 161

A Maçã de Junho desafiou-me para:

Pegar no livro mais próximo (Não precisa de ser o que andam a ler)
Abri-lo na página 161
Procurar a 5ª frase completa
Colocar a frase no vosso blogue ou como comentário no meu
Não vale procurar o melhor livro que têm, usem o mais próximo
Passar o desafio a cinco pessoas


Livro:
"Esteiros" - Pereira Gomes
Edições Sirius - 2ª edição, 1942

Frase:
"E o pensamento do Gaitinhas fugiu da escola, prendeu-se nas árvores que ensombravam a estrada."

Comentário:
Mesmo durante os 48 anos que nos mantiveram prisioneiros da liberdade, ninguém conseguiu prender-nos o pensamento...

(Este livro é uma relíquia que guardo preciosamente. É uma edição com desenhos de Álvaro Cunhal. E o autor ainda se chamava só Pereira Gomes...)

Página 161 a:
Caderno de Campo
Ecos da falésia
Pequenos Nadas
Poetaeusou
Sophiamar

Em tempo: a AnaG. também me ofereceu a Página 161...

45 comments:

AMOR&TERNURA said...

Estiro-me no leito preguiçosa,
A música minh’alma embala,
Minha pele só volúpia exala
Recendendo a rubra rosa.

Os sentimentos perdidos em orgia
Fundem-se aos desejos do corpo
E em ebulição me levam ao topo
Do monte da louca fantasia.

Acariciá-me a mão da brisa marinha.
Sonho. Imagens passam lentamente.
Mas o filme termina de repente,
Assusto-me, estou na platéia sozinha...

bjus Ternura...

Gi said...

Gostei da frase do teu livro . A minha não é tão interessante assim :(

"Ou seria simplesmente o pressentimento do desespero que aí vinha?"

TODO-O-MUNDO
Philip Roth
da Dom Quixote

O livro recomendo :)

Este desafio foi fácil. Gostas de ilhas? Pois eu sou uma rodeada de livros por todo o lado a todo o tempo.

Beijos (preciso de uns braços suplementares para fazer o que tenho em atraso :) )

poetaeusou said...

*
uma excepção, não sei, se os meus amigos,meus livros,irão perdoar-me.
*
LIVRO:
>do sentimento trágico da vida<
»»»»miguel de unamuno««««
~~~~~~circulo de leitores~~~~~~
FRASE: /pág. 161\
o homem de ciência crê que um determinado dia que há-de vir se
verificará um eclipse do sol,crê que as leis que até hoje regeram o mundo o continuarão a reger.
COMENTÁRIO:
o homem não crê no que virá,
o homem crê no que espera,deseja...
>>>>>>>>> in) poetaeusou<<<<<<<<<<
MARIA
não existem, livros bons nem maus,
existem livvros, só ...
digo eu ... !!!
*
inté
*

Maria P. said...

Este desafio é giro!

Beijinho*

Moura said...

Como eu entendo o post anterior. Já tenho dito que este blog é um hino à Natureza e ao Amor.
Esta idéia de procurar num livro uma página e uma frase está muito interessante.
Um abraço

jose augusto soares said...

" Que o pensamento cristão tenha desistido de partilhar as aventuras destes anos incertos, parece evidente - e é pena."

"Século Passado"
Jorge Silva Melo
Pag.161

essência said...

Vestir o sujeito!

Sininho said...
This comment has been removed by the author.
AnaG. said...

Não tinha visto que já tinhas sido desafiada.
Paciência!!!
Ficas com o segundo.....

Beijos

Rosa dos Ventos said...

Tenho pena que o meu não tenha os desenhos de Álvaro Cunhal! ;-((

Tiago said...

uma preciosidade, mesmo...

um desafio engraçado, só não o passei a ti pq já o tinhas recebido :)

um beijo maria

Alexandre said...

Bom, fiquei rendido porque os Esteiros é o livro da minha vida - como aliás tenho mencionado no meu blog - e tb tenho essa edição com ilustrações do Álvaro Cunhal!!!

Nem de propósito! Beijinhos!!! Muitos!!!

poesiadaspiramides said...

Interessante esta ideia, até porque de alguma forma os livros serrão sempre nossos companheiros
jinhos

Maria said...

amor&ternura

????
Tens a certeza de que este teu comentário é para este post????
LOL

Maria said...

gi

Eu sabia que estavas rodeada de livros... já tínhamos falado disso...

Beijinhos, ilha

Maria said...

poeta

Hoje tenho que discordar de ti.
Há Livros, e há outras "coisas", com o feitio dos livros, mas cujos textos são carolinas, (queria lembrar-me de um título, mas como nem isso retenho, ficam as iniciais da dita cuja) mrpinto, e essa treta toda que anda para aí.
Chamam-lhe literatura "light".
Literatura? Quando eu estudava Literatura era uma coisa muito mais séria....

Inté

Maria said...

maria p.

O desafio é giro, é.
O Tiago adiantou-se, hehehe

Beijinhos

Maria said...

moura

Muito obrigada.
Se quiseres, pegas na idéia da Página 161 e desafias o pessoal...
... é como se tivesse desafiado, vá...

Um abraço

Maria said...

josé augusto soares

Pega nesta idéia e desafia os teus amigos ilhéus....

Maria said...

essência

Se eu te percebesse...

Maria said...

anag.

Este é um desafio giro...
Obrigada

Beijinhos

AA said...

OFF-TOPIC - com desculpas:

Caro leitor/comentador do blogue Spring Gold (http://spring-gold.blogspot.com/):

No post Campanha a sério..., o blogger Kanoff escreve: Uma coisa é certa: copiar não é nada bonito.

Acontece que este texto em si é um plágio do post "Campanha a sério..." de Francisco Almeida Leite no blogue Corta Fitas

O autor foi devida e atempadamente avisado para (num primeiro comentário, não aceite) identificar com a proveniência todos os posts plagiados do meu próprio blogue (A Arte da Fuga); verificando eu que todos os posts do Spring Gold são integralmente plagiados, imagens incluídas, exigi (em comentário que foi igualmente ignorado) que fossem retirados todos e quaisquer posts do AADF, e que Kanoff comunicasse o facto aos seus próprios leitores.

Uma vez que o aviso não foi atendido, venho portanto dar conta desta conduta imprópria.

Cumprimentos,

António Costa Amaral

PS : uma simples procura no google descobre facilmente a proveniência dos textos do Spring Gold, uma vez que todos os textos foram copiados de referências da blogosfera. (impressionante, até copia do José Pacheco Pereira e do Francisco José Viegas - sempre sem identificar a fonte)

Maria said...

rosa dos ventos

O que eu li, não tem os desenhos do AC.
Este foi "herdado"...

Beijinhos

Maria said...

tiago

É um tesouro, para mim...
Obrigada...

Um Beijo, Tiago

Sininho said...

Apaguei o meu comentário, depois de constatar que tinha os caracteres modificados, o que tornava difícil a leitura.
Hoje, o blogger está contra mim, o que se há-de fazer?

O livro mais à mão era a lista telefónica, mas achei que era pouco elegante.
Se bem que, segundo o nosso Poeta, também era um livro (Já estou à espera da pancada...)

Bom. De David Mourão-Ferreira, "Um Amor Feliz", página 161, um pouco mais do que a 5ª frase.

«Finjo crer na hipótese
de ir contigo a Veneza;
contento-me, no fundo,
se puder ir a Óbidos.
Nem em Óbidos falo:
falo apenas na Lua,
para te ser mais fácil
dizer que é impossível.»

Comentário:
A resignação alimenta-se apenas de migalhas.

Perdoa, Maria, que não passe adiante o desafio. Apesar de achar uma iniciativa bem interessante, a minha aversãozinha pelas cadeias leva-me a ficar por aqui.
Já aconteceu antes e eu senti-me desculpada.
Daí...

Grande beijoca

AA said...

OFF-TOPIC - com desculpas:

Caro leitor/comentador do blogue Spring Gold (http://spring-gold.blogspot.com/):

No post Campanha a sério..., o blogger Kanoff escreve: Uma coisa é certa: copiar não é nada bonito.

Acontece que este texto em si é um plágio do post "Campanha a sério..." de Francisco Almeida Leite no blogue Corta Fitas

O autor foi devida e atempadamente avisado para (num primeiro comentário, não aceite) identificar com a proveniência todos os posts plagiados do meu próprio blogue (A Arte da Fuga); verificando eu que todos os posts do Spring Gold são integralmente plagiados, imagens incluídas, exigi (em comentário que foi igualmente ignorado) que fossem retirados todos e quaisquer posts do AADF, e que Kanoff comunicasse o facto aos seus próprios leitores.

Uma vez que o aviso não foi atendido, venho portanto dar conta desta conduta imprópria.

Cumprimentos,

António Costa Amaral

PS : uma simples procura no google descobre facilmente a proveniência dos textos do Spring Gold, uma vez que todos os textos foram copiados de referências da blogosfera. (impressionante, até copia do José Pacheco Pereira e do Francisco José Viegas - sempre sem identificar a fonte)

Maria said...

alexandre

É lindo, este livro... como tu então sabes....
Coincidência gira.

Beijinhos

Maria said...

poesiadaspiramides

Porque não agarras na idéia e te sentes desafiada?
Passavas a Página 161 a outros...

Beijinhos

Bia said...

O pensamento é livre e só nosso:)
Ainda bem que ninguém nos pode tirar esse pedaço do Céu :)
Bela ideia esta da página 161 :))
Beijos
A._TU

Maria said...

aa

Também eu esta noite fui ao kanoff desafiá-lo/a a dizer onde tinha ido buscar o último poema que postou (que é da menina do rio), e quando vi que os comments estavam sujeitos a prévia aprovação escrevi outro, dizendo que sabia que ele/a não iria publicar.
Foi o que aconteceu, pois conferi há bocado.
Enfim, por enquanto a blogosfera é livre, e cada um age de acordo com os seus princípios e consciência.
O/a kanoff não tem nem princípios, nem consciência... para além de ser intelectualmente desonesto/a.
Tão só...

Obrigada

Maria said...

sininho

Pois o blogger anda a dar cabo das palavras com assentos...
O meu acordou um dia destes a falar português...
Lista telefónica.... hehehe
Ai, só tu.
Pois muito bem, não passes. A curiosidade é mesmo minha... e David M Ferreira é mesmo muito boa companhia...

Beijinhos

Maria said...

bia

Também foste desafiada pela Casa de Maio....
.... senão teria sido eu, hehehe

Beijinhos
G.-TE

Maria Valadas said...

O livro que estou a ler ( hoje)...

" Diálogo de sombras" de Albino Santos:

IDÍLIO
O amor já não é aquela tempestade
no assombro da noite
que outrora ainda me prendia
entre a insónia e o delírio.
Agora, é o clarão desse farol
que acende em teus olhos
fogos infinitos
que, na noite fria,
plena de sonhos e brilho,
se mistura com as estrelas
que nos iluminam o olhar, quando, esquecidos num último abraço,
me quedo prisioneiro
na manhã que nasce dos teus olhos.

pagª 54

Recomendo a leitura!
beijos da

Maria

Maria said...

maria valadas

Conheço, e também recomendo...
Mas podias "alinhar" neste desafio e passá-lo a outros blogues...
Afinal recebido uma 2ª "Página 161"...

Beijinhos

Sophiamar said...

Amanhã respondo, Maria.Pela manhã.

Beijinhos

Maria said...

sophiamar

Um beijo grande e um abraço apertadinho...

APC said...

Opa!... Que coisa, esta!... Eu que fiquei tão animadinha com o teu desafio, e olhei logo em meu redor para ver a que livro mais depressa chegaria a minha mão, e:

"De mais, a Véleda." - é a 5ª frase completa da minha edição de A Náusea, de Sartre. Não o estou a ler no preciso momento, mas já bem o li e reli; e há uns tempos fui buscá-lo à prateleira para resolver uma dúvida de memória antes de publicar o meu post do "même". Não mais o arrumei.

Pouca sorte! Tivesse sido apenas "a 5ª frase" (sem necessidade de começar por uma completa), e olha só:

"De mais, o castanheiro ali, na minha frente, um nadinha à esquerda." - aqui também, um pensamento que se prendeu numa árvore! :-)))

Um abraço*

APC said...
This comment has been removed by the author.
APC said...
This comment has been removed by the author.
APC said...
This comment has been removed by the author.
APC said...

PS - Quanto ao assunto dos plágios (esses assim... Conscientes, repetidos e desprezistas)... É triste, revoltoso e inacreditável. E é roubo! Confesso que me arrepia e envergonha só de ver. E não consigo imaginá-lo possível. Será apenas ignorância, uma perturbação ou mau fundo mesmo? Enfim...

PPS - Quando a MRP e outras "light", não me alongo; apenas isto (mas sem qualquer segundo sentido, mesmo!): tenho visto gente dizer muito mal e depois editar livros bem piores, mas muito bem convencida de si. Eu como leio de tudo (pelo menos uma vez, lol) e não aprecio preconceitos de qualquer espécie, fiz questão de "mostrar" que a li um dia destes, aqui.

Um post-scripta-abraço!*

Maria said...

apc

Sartre, e a Náusea....
... Pois... o castanheiro, tal como as árvores do Gaitinhas....

Quanto ao blog que anda para aqui a copiar, acho que é mesmo desonestidade intelectual, pronto. e não temos como evitar...

E eu também já li de tudo, há uns largos anos, por isso agora já só leio o que me interessa. É que ainda tenho muito e bom para ler, e o tempo já me vai faltando, entendes?

Está na moda editar livros, tal como gravar discos. E todas as alminhas o fazem. Eu ainda me vou preocupando com a qualidade...

Um abraço, apc

Victor Nogueira said...

Olá :-)
Sou e serei sempre um homem da beira-mar, do espaço sem limites no horizonte e do pôr-do-sol.
Mas as minhas varandas estão viradas ao contrário: para o nascer do sol e para montante do estuário do Sado. Só tenho o espaço infindo a partir das minhas janelas.
Gostei das tuas fotos; só falta ouvir o bramir das ondas.
Um abraço
VN

Maria said...

victor nogueira

..............pois............. aqui.............

;)

a.filoxera said...

Gira, eesa ideia dos desafios. Assim descobri novos blogs, guiada plea Maria Mamede e pela Sophiamar.