Thursday, December 20, 2012

...............


 
Que faz a madrugada?

Faz renascer o amor

Que faz o meu olhar?

Procura o teu sorriso

Que fazem os meus braços?

Apertam-te. Ternamente...

9 comments:

Justine said...

Boas perguntas, respostas certas, ternura que baste. E assim se faz um poema:)))

Pata Negra said...

Que os teus braços teçam a madrugada e o teu olhar aperte os que nascem nela!
Um beijito terno e sorrisidente - nem colgate nem pepsodent: terno num tempo em que só me saem duques

Paula Barros said...

Forma pequena de escrever, e grandeza de sentimento.
abraço

Rogério Pereira said...

Escrever é olhar as palavras por dentro e redescobrir-lhes o sentimento...

Singelo e belo!

salvoconduto said...

Olha que os meu braços também apertavam, apertavam e torciam o pescoço de quem nós sabemos, quem sabe alguém o faça por mim, se assim for desde já lhe agradeço.

Abreijos.

CNS said...

Feliz Natal, Maria

um abraço.

anamar said...

Maria,
uns dias quentinhos de amizades... de que és muito rica e um ano de 2013 passado com as possibilidades que menos te agridam.

Beijinho
Ana

A.S. said...

Ternamente te abraço!...


AL

joão marinheiro said...

Madrugadas de amor e abraços, depois podemos morrer...
Beijo de natal.