Saturday, December 22, 2007

Dizem que é Natal...


Enquanto houver uma criança com fome
Enquanto houver uma família sem tecto


Enquanto houver guerras ou ocupações de territórios, que fazem das crianças e dos velhos as principais vítimas
Enquanto o Vaticano continuar a condenar o uso do preservativo, provocando assim a disseminação da SIDA
Enquanto o Homem não respeitar o outro Homem mesmo ao seu lado
Enquanto uns têm as mesas fartas e disso fazem gala e outros não têm sequer água para beber...
... não posso ter Natal...


Vou ali ao lado. Volto logo, logo...
(fotos tiradas da net)

63 comments:

Ana said...

Tens razão, Maria. Enquanto tudo isso acontece, só podemos desejar que mude e tentar contribuir para essa mudança. É o que fazes com este teu post.
Deixo-te um abraço solidário e um até já.
Beijinho.

darkinha said...

tens toda a razao..a realidade é cruel, mas é mais facil virarmos o rosto do que enfrentar tal crueldade e injustiça...

em relaçao ao que disseste obg mas sou apenas mais uma menina de 18 anos imatura, e revoltada... e que ainda sonha com um principe e com um mundo replecto de paz, amor, harmonia, sabedoria e alguma loucura saudavel

bjs e feliz natal...

Sophiamar said...

É verdade o que dizes, Maria. Tanta desigualdade, tanta desumanidade, tanta arrogância...
enquanto isto existir incomoda-me o Natal. Sabes bem que enquanto não houver uma sociedade mais justa, mais igualitária, sem este consumismo exagerado, contrário à palavra de Jesus, não podemos, não devemos viver um Natal com a felicidade que a quadra exige.
Lutemos por isso até ao fim das nossas vidas.
Beijinhossssss

amigona avó e a neta princesa said...

Espera amiga, eu vou contigo...

Manuela said...

Não te imaginava a pensar de outra maneira. És linda :)
Mas eu tenho que te desejar um bom natal... é dauelas coisas... quer a gente goste ou não o natal existe e há sempre quem precise do nosso abraço e nós precisamos sempre do abraço de alguém e uma bolita aqui outra acolá dá sempre á casa um ar mais alegre.
beijo meu e um Xi-apertadinho

Fernando Samuel said...

Enquanto a sociedade em que vivemos for baseada na exploração do homem pelo homem, o Natal não será Natal para a imensa maioria dos habitantes do planeta.

Maria Luar said...

Vai aí ao lado mas torna ao canto onde gosto de te encontrar.
Abracinho
*
xi
*

O Sibarita said...

Ei dona Maria baiana-lusa, gostou fia? kkkk

O que vou dizer de um treco desse, é só sofrimento e quem já passou por isso sabe muito bem...

Ah, sei, foi ver a Cuamadi! Dê um abraço nela e que ela tenha chegado por ai bem e que assim seja toda a sua estada.

Maria, Maria... (Milton Nasciemnto) kkkk

Essa Maria é das Boas! Hummmm...kkkk


FELIZ NATAL DONA MOCINHA!

Bjs
O Sibarita

Meg said...

Maria, estou contigo rigorosamente do mesmo lado.
Este mesmo Natal é o da ruptura e do não alinhamento com o "convencional" estado de alegria.
Porque não estou feliz, não porque não queira mas porque não me sinto.
Porque não se renasce, pelo contrário, há muita gente que "se enterra" ainda mais...
E o afecto, onde fica o afecto?
Para mim, todos os dias do ano.
Porque no Natal sobra a amargura da impotência perante o mercantilismo que se vive nestes diaS QUE DE PAZ não têm nada.

Um grande abraço, do mesmo lado, Maria!

Luís Galego said...

este post é ilustrativo da nossa derrota em termos de direitos humanos....dá raiva pensar que nos preocupamos com coisas tão inuteis...

marias said...

É Maria tens razão esta é uma grande verdade e é por ela e mais uma ou duas que me aborrece o Natal.

Deixo- te um poema de um escritor que gosto muito de ler.

AINDA

Como foi possível
ter sido possível
a morte, a alienação e a guerra;
o ódio, a violência, a fome!


Como foi possível
ter sido possível
a ambição, a mesquinhez e a raiva;
a opressão, a dor e o choro!


Como foi possível
ter sido possível
esquecer que o outro é sempre irmão,
e homem é valor que nunca finda!


Como foi possível
que venha a ser possível
ainda!...

(Luis Rosa)

Vai ali ao lado e volta!...

Beijinhos

Cleopatra said...

Mas no teu coração é NATAL!
Bj e obrigada pela tua visão do que é ou deveria ser, ou deve ser, o Natal.

Marreta said...

É um Natal hipócrita, quase sempre consumista e quase nunca de consciência.
Não desejo um Bom Natal, porque pelos vistos não é caso para isso.
Saudações do Marreta.

Maria P. said...

Pois é...sem comentários.
Pudesse eu, e ia contigo...

Beijinho Maria.

Sininho said...

Então... até já.
A vida é estùpidamente breve para que passemos tempo demasiado a sofrer.
Se temos saúde, já é motivo para sentirmos alegria.
Não podemos carregar sobre os nossos ombros, a miséria do mundo inteiro, se cumprirmos a nossa parte no que toca a ajudar quem precisa.
Gostava de não te sentir triste...

Um beijo amigo

FERNANDA & POEMAS said...

Querida Maria, estou solidária com o teu texto e eu sintonia contigo.
Um grande abraço e um beijo ainda maior.
Adoro-teeeeeeeeeeeeeeee
Fernandinha

De Amor e de Terra said...

Estás cheiínha de razão Amiga; mas cada um de nós, de algum modo pode sempre fazer a diferença e tu e outras (muitas/os) Amigas e Amigos, da Net e não só, têm vindo a fazer isso; tenho a certeza que de muitas/os não são só palavras e até mesmo essas podem revolucionar o Mundo.

Beijos Amiga e haja esperança.

Maria Mamede

Maria Clarinda said...

E eu estou contigo!!!!
Volta depressa.

Maçã com Canela said...

É sem dúvida uma época de consumismo em que enchemos a casa de presentes e a mesa é sempre farta..
A meu ver, e há tanta coisa errada por este mundo fora, de fazer o que está ao nosso alcance.. ajudar quem precisa, quem está ao nosso lado, ou até quem não conhecemos..
Quando nos sentirmos em paz, de consciencia plena de que fazemos algo para minimizar a dor, o sofrimento de alguem, estaremos a concretizar o dito natal.. e este será todos os dias ou quando nós quisermos (com isto não quero banalizar a frase feita mas eu sinto assim)

Um Natal feliz para todos e procuremos sensibilizar-se nesta época para ajudarmos quem precisa daqui para a frente. Se quisermos podemos mudar algo e todos juntos, imaginem a mudança!

belo post Maria!

Ana Luar said...

Seria impossivel ficar indiferente a estas imagens de dor Maria.
perante isto o importante seria que este ano a nossa solidariedade se estendesse um pouco mais fazendo do nosso Natal um lugar de acolhimento para alguma familia mais necessitada.

Assim, tenho a certeza de que qualquer Natal nos trará... Paz, Serenidade e Alegria!

As mudanças todas são abençoadas, no reinar de um Novo Milênio, para uma humanidade que já se cansou de tantos erros e espera pela Paz!Está na hora de fazer-mos mais do que falar... Está na hora de estender a mão a quem precisa... Vamos fazer do Natal de alguém um Santo e Felis Natal.

Paaara ti Maria os meus votos serão sempre os melhores minha querida... deixo-te um beijo nesse coração lindoooo.
Um santo e Feliz Natal junto de todos os que amas.

Berta Helena said...

Pois, é assim, Maria. Tão triste e tão real.


Beijos para para ti e que o teu Natal seja Feliz.

Luis F said...

Um Feliz e Santo Natal

Cheio de paz, amor e saúde.

___________________Paz
__________________União
_________________Alegrias
________________Esperanças
_______________Amor.Sucesso
______________Realizações★Luz
_____________Respeito★harmonia
____________Saúde★..solidariedade
___________Felicidade★...Humildade
__________Confraternização★..Pureza
_________Amizade★Sabedoria★.Perdão
________Igualdade★Liberdade.Boa-sorte
_______Sinceridade★Estima★.Fraternidade
______Equilíbrio★Dignidade★...Benevolência
_____Fé★Bondade_Paciência..Gratidão_Força
____Tenacidade★Prosperidade_.Reconhecimento
- ¨.•´¨) . ×`•.¸.•´× (¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´× (¨`•.-
- ¨.•´¨) . ×`•.¸.•´× (¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´× (¨`•...“

São os votos do amigo
Luis

Sol da meia noite said...

(Não há motivo de preocupação. O Sol é apenas um lugar de desabafos... Mas sempre acredito num amanhã melhor.)

O teu post, sim. É motivo de muita preocupação. E de tanto mais...

Deixo-te beijinhos

Ch said...

Também considero O Cheiro da Ilha um blog que merece ser visitado, conforme disseram mais abaixo [por mais que eu assim não tenha procedido, não por desleixo, mas por falta de tempo].
.
Contudo, volto antes do Natal. Volto para ler sobre um Natal que devia ser igual para todos, mas não é. Pobreza e ignorância continuam grassando neste mundo, e ano após ano.
.
Concordo com toda a indignação. Se não houver ação solidária, que será daqueles que sofrem e que a felicidade natalina não pode tocar?
.
Resta-nos refletir. E agir!
.
Um forte abraço e - mesmo assim - um bom Natal, minha cara.
.
Carlos

herético said...

beijo e beijo...

multiolhares said...

Enquanto existir diferenças
Não há natal

Bom natal para ti

***
luna

C Valente said...

Este é o grande drama de hoje em dia, tem toda a razão
___________________Paz
__________________União
_________________Alegrias
________________Esperanças
_______________Amor.Sucesso
______________Realizações★Luz
_____________Respeito★harmonia
____________Saúde★..solidariedade
___________Felicidade ★...Humildade
__________Confraternização ★..Pureza
_________Amizade ★Sabedoria★.Perdão
________Igualdade★Liberdade.Boa-.sorte
_______Sinceridade★Estima★.Fraternidade
______Equilíbrio★Dignidade★...Benevolência
_____Fé★Bondade_Paciência..Gratidão_Força
____Tenacidade★Prosperidade_.Reconhecimento
- ¨.•´¨) . ×`•.¸.•´× (¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´× (¨`•.-
- ¨.•´¨) . ×`•.¸.•´× (¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´× (¨`•...“

CAMPANHA,VAMOS FAZER ESTA ÁRVORE CIRCULAR
ATÉ AO FIM-DE ANO PARA ENERGIZAR 2008!!
e o outro porque eu sou mesmo sua fâ incondicional é este:
CAMPANHA, SOU SEU FÃ!!!
Por : Juli Ribeiro

Oris said...

Que o Natal seja mais um momento em que as pessoas acreditem que vale a pena viver um Ano Novo! Feliz Natal!

Beijitos

Mar Arável said...

O AMOR TAMBÉM SE CONQUISTA

NAS JANEIRAS

BJS

Jorge Elias said...

Olá Maria,

Compactuo de suas angústias.
Devemos cobrar, devemos ter: ATITUDE!
Obrigado pela visita.

Tudo de bom!

JEN

A. Jorge said...

Apesar de tudo isso que a que fazes alusão e que eu concordo a 100%, espero tenhas um Natal da maneira que mais desejas e um 2008 cheio de coisas boas e esperança num mundo melhor!

Abraço

Jorge

http://vagabundices.wordpress.com/

João Moreira said...

Um Natal feito de injustiças. É triste tantas mesas com comer outras nem vê-lo.

Maria P. said...

Significa muito teres ido à Casa, mesmo hoje...
Obrigada.

Beijinho*

Luis Eme said...

Resta-nos o olhar das crianças...

Mesmo a da foto, apesar de tudo o que sofre, deve querer muito que seja Natal...

Abraço Grande Maria

Sophiamar said...

Um Santo e Feliz Natal...todos os dias. Com poucas palavras e mais actos.
Sei que é esse o Natal que partilhas.

Beijinhosssss

Rosa Maria Anselmo said...

Querida Maria
Um santo Natal!!!!!
beijinhos com sabor a canela e sonhos de um mundo melhor

Rosamaria

looking4good said...

Vim deixar votos de um Feliz Natal... mesmo sabendo que não vai ser assim para toda a gente :)

Tó-Zé said...

Só gostava que todas as pessoas um Natal igual ou melhor que o meu.
Isso seria uma grande prenda de Natal. :(

Beijinho
Bom Natal para ti

marias said...

Olá Maria vim novamente...apesar de saber que não gostas do Natal (eu também não) não podia deixar de te vir desejar (de coração) que passes esta quadra com saúde, paz e amor!...

Beijinhos

antónio paiva said...

.......

Amiga,

Beijo!
......................

Maçã de Junho said...

Os Amigos

Quem faz das tristezas forças
E das forças alegrias
Constrói à força de Amor
Um Natal todos os dias.

"Os Operários do Natal"


Feliz Natal
Maçã de Junho

José Gomes said...

Maria,
Concordo plenamente com o teu ponto de vista, mas - penso! - que ser NATAL é uma forma de combater as guerras, a fome, a exploração, as doenças... mas tem que ser um Natal partilhado, um Natal de luta, um Natal de militância...

Deixo-te, com Amizade, com esta mensagem:

Esta mensagem não é para aqueles de quem me lembrei, mas para aqueles que pretendo NUNCA esquecer!
Um NATAL cheio de PAZ e muita SAÚDE!


Boas Festas e um abraço muito especial.

José Gomes

Isabel said...

Por aqui, amiga, é que nós vemos que afinal o Natal não é todos os dias; se o fosse, talvez, as coisas estivessem melhorzinhas.
É por várias razões, incluindo esta, que o Natal me diz pouco.
Muita Paz e Amor para ti e para quem amas.

Bjt

josé manangão said...

Maria
Junto a minha à tua voz!É vergonhosa a caridadezinha que fazem nestas alturas,que serve apenas para limpar a consciência dos canalhas.
É preciso haver gente corajosa, para denunciar este faz de conta!
Um abraço do tamanho do mundo.
josé manangão

inês miguéis said...

Enquanto o Homem não for Homem, não pode haver Natal. Gostei de encontrar este blogue. Felicidades.

FM said...

Nem que seja apenas um pretexto... Mas, faz-te um pequeno favor, usa o NATAL para fazer alguém FELIZ. Acredita que HOJE há alguém que sentirá de Especial forma o teu gesto, a tua palavra, o teu olhar... Natal também é olhar para o outro e não apenas para as montras...
FELIZ NATAL para TI, para os TEUS e para aquele a quem hoje também estenderás a tua ATENÇÃO...

Blue Velvet said...

Querida Maria,
há realidades que se tornam mais insuportáveis quando as metem pelos nossos olhos dentro, porque senão, sempre que podemos, desviamos o olhar.
Mesmo sabendo que existem.
Lamentavelmente, enquanto as diferenças se fizerem pelo dinheiro, haverá sempre os pobres e os ricos, e por alguma razão que desconheço, os ricos ignoram que há pobres.
Para não falar da célebre teoria que nos ensinaram: nós até nascemos bonzinhos, mas a sociedade estragou-nos.
Pois, mas estragou mais uns que outros!
Olha querida, em qualquer caso, na companhia da tua família, decerto terás o Natal que mereces: Santo e Feliz.
Beijinhos e volta logo

Presença said...

Estou com dores de estomago...
e calam-se bocas e maos estendem-se vazias de nada...

Bom natal e feliz ano novo...

bjo doce

isabel mendes ferreira said...

contigo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



beijo.



terno.

AJO said...

S8im tens todoa razão... faz doer o coração...
bem mas passei pra desejar um Feliz Natal... Beijinhos

Manuela said...

Maria vim até aqui... hoje são 24 de dezembro, é hoje... quer queiramos ou não...
faz como eu fecha os olhos e pensa que é uma tradição e enche o teu coração de amor, bem não precisas tu já tens tanto amor dentro de Ti e distribui por quem fores encontrando durante o dia, á noite quando estiveres a comer o bacalhau pensa apenas em como és feliz por estares viva e teres tanta gente que te ama.
Hoje esquece um pouco as misérias e pensa apenas em Ti. isto não é ser egoísta isto é uma atitude para que a noite de Natal seja um momento bom para Ti.
ah! e eu vou pensar em Ti é claro!
Beijinhos sempre meus.
Agora vou ás rabanadas... aos sonhos.... e por aí fora ;)
Goto muit de Ti Maria.

Valsa Lenta said...

Obrigada por este momento de reflexão... finalmente, sinto que alguém entende o que sinto no mais íntimo de mim mesma.

Saibamos, então, dar valor a cada momento da nossa vida.

Um Feliz Natal para si e para quem ama.

Maria

Maria P. said...

Beijinho Maria*

pin gente said...

claro que não, maria... fazêmo-lo com um nó na garganta ao ler as tuas palvars e ao ver estas imagens...

beijo
luísa

PAULO SANTOS said...

passei breve para te deixar um beijo e votos de feliz Natal! obrigada por Tudo!

Paulo!

Maria said...

Muito obrigada a todos.
Dói-me o peito.

Beijos..........

APC said...

E eu vou meter-te na minha lista, que não sei como é que não estás lá, depois de tanta coisa bonita já trocada. É da minha distracção, está bom de ver. Somos, efectivamente, muito "distraídos". Mas hoje, dia 25 de Dezembro, é um dia bonito para isso, não é? Bom seria, se fosse o dia de mudar o mundo. Está bem que não se mudaria em poucos dias, mas facto é que os vários dias dos vários anos, das várias décadas, dos séculos, não estão a ser usados com a vontade e o esforço humanos, não estão.
E é verdade que assim não há Natal.

Um grande abraço para ti, e uma vida cheia de felicidade,

APC

Maria said...

apc

É um dia lindo. Até gosto do número 25...
(um outro natal, um outro mês...)

:)
Beijo

Memórias de um Feto said...

Que o Natal se torne os dias inteiros dos anos seguintes.

Beijinhos***

Manuela Fonseca

MIMO-TE said...

Maria,

Vou comentar o teu texto sem ler qualquer outro comentário, assim sei que nada condicionará o que penso. :) Amiga, entendo-te e não creio que alguém possa dizer o contrario. Eu propria já senti muita revolta e também muitas dúvidas. Nunca fui religiosa e hoje sei que nunca o serei, mas sou cristã, nasci cristã, senti durande toda a minha vida necessidade de conhecer as respostas para as questões que levantas e não só. Já te conheço o suficiente para saber que não ficas só pelos lamentos, pela raiva, que também estás sempre pronta para actuar.

Eu senti que tinha que ter respostas para todas as minhas dúvidas, um dia decidi fazer formação numa área pouco conhecida para grande parte das pessoas. Bati à porta de um Centro Biblico e quiz saber, conhecer, estudar o que é o cristianismo, não o que é ser religioso, mas o que é viver com o espirito de Deus. Fiz formação e nota Maria provenho de uma familia completamente agnóstica. Apresndi e entendi o que é amar, dar, fazer, sentir e viver com um espirito livre disponivel para o outro a conhecer o espirito de Deus, a encarar a vida com outros olhos. Não parei, conheci a essência de várias religiões e hoje sinto que ainda tenho muito que precorrer, mas que sou capaz de dar sem me questionar, porque se todos o fizessem não haveria fome, nem guerra, etc.

Natal é uma oportunidade para sentirmos amor; claro que deveria ser sentido diariamente, é oportunidade para estar com a familia; claro que deveriamos de alguma forma estar juntos diariamente, é uma oportunidade para sentirmos o amor de Deus; claro que deveria ser diário é uma oportunidade para voltarmos a nascer como nasceu Jesus.

Deus é amor, mas está dentro de nós, somos nós amiga, que temos que lutar por mostrar e dar esse amor.

Sim há crianças a morrer de fome, mas também há gente que deixa uma vida de conforto para estar a ajudar e a salvar vidas. Depende de nós querida Maria, de todos!

Ocupei muito espaço, mas apeteceu-me deixar o meu testemunho, embora que nada vale pelo que se diz, mas por aquilo que fazemos.

Aproveito para te dizer que senti profundamente o comentário que deixas-te no meu blog no dia 24, não tenho dúvida que o deixas-te cheia de alegria e as tuas palavras tocaram fundo no meu coração e permaneceram! :))) Obrigada Maria, és muito especial.:)

Besnico di Roma said...

Eu sei que há outros Natais e é por isso que o meu sempre teve um amargo sabor.

Maria said...

memórias de um feto

besnico di roma


Obrigada pela vossa passagem por aqui.

Beijos

Maria said...

mimo-te

Percebo perfeitamente o que dizes no teu comentário.
O meu percurso foi exactamente ao contrário do teu. Venho de uma família muito religiosa, terços durante o mês de Maio, comunhões todas, profissão de fé, etc. e... catequista. Com 12 anos. E se calhar começa logo aqui. Como é que uma miúda de 12 anos pode ser catequista?
À primeira pergunta complicada que os meus "alunos" da catequese me puseram, comecei eu a interrogar-me.... e começou o processo de afastamento da igreja católica...
Depois cresci. Em tudo, e a todos os níveis.
Não te vou maçar com esta estória, apenas te digo que o facto de haver crianças com fome não é uma questão de nós podermos ou não dar isto ou aquilo, a questão é de fundo, e é política!
É claro que podemos minorar aqui ou ali a fome, pontualmente, de meia dúzia de crianças, de velhos, mas são os donos do mundo que têm que a resolver. Só eles o podem fazer. E eles não querem fazê-lo... é isto que é obsceno!.

Beijinhos