Friday, December 07, 2007

Às vezes sinto-te a fugir


Às vezes sinto-te a fugir e não sei que fazer
fico espantada perdida, com água nos olhos
Sou assim forte e frágil a um tempo e
não sei se o nosso amor tão grande tão bom
vai resistir à ausência e à distância.
Só sei que estou dentro do teu coração
de forma inteira e intensa e tu estás em mim,
todo, e em todo o meu corpo da cabeça aos pés.
Às vezes sinto-te a fugir mas não és tu que foges,
é a vida, a nossa vida, que teima em nos castigar.

64 comments:

marias said...

Lindo poema de amor!...

O amor resiste a tudo, à distância, ao tempo, até à vida "que teima em nos castigar", como dizes, ou não fosse ele o Amor!...

Beijinhos. Boa noite.

Maçã com Canela said...

Lágrimas...
Eu bem digo que aquilo que escreves diz muito mais do que as palavras que aqui colocas...
1 beijo Maria

Pitanga said...

Temores de quem ama. Só isso, Maria.

beijos e fica bem.

Ana said...

Se estás dentro do seu coração, como poderias estar mais perto?
Ninguém pode castigar quem ama, e quem o sabe dizer como tu.
Um beijo.

malukinha d'arroios said...

Maria,

A postagem � de setembro, mas eu alterei a data, porque n�o me apetecia escrever nada para este fim de semana...

al�m de que est� de acordo com o meu estado de espirito, estou triste, mas muito calminha, talvez um pouco, na lua, envolta nos meus pensamentos...

Quero vir ainda aqui, antes da tua postagem de natal...

beijos

despertando said...

Não temas, o amor transpõe qualquer barreira, é preciso é haver amor, e essa distancia não se vai transpor agora no Natal?

Beijinho

Sol da meia noite said...

Podes crer...
Sentimos tanta coisa menos boa que só nos confunde... E sofremos por não entender...

Tudo de bom.
Beijinho

rui said...

Olá Maria

O amor é assim, tem todas essas fases.
Tanto podemos sentir o mundo nas mãos ou vermo-nos no meio de uma grande tempestade.
O melhor remédio é confiar sempre no amor.

Fica bem
Beijinhos

Sininho said...

Não é a distância,
nem o vento,
nem o frio, nem o sol.
É a alma doente, sensível
a todas as penas,
a todas as ausências.

(Rosalía de Castro)

Beijinho

Berta Helena said...

Um amor tão forte como o teu resiste. Mesmo que por vezes pareça mais difícil.

Beijos.

MiE said...

Às vezes a vida é dura.

Dizem que o amor move montanhas;
Dizem que o amor se fortalece nas vicicitudes;

Que a chama do teu/vosso amor continue sempre acesa, mais e mais.


Um beijo

joão marinheiro said...

Há amores assim. Duram! Duram !Duram! E eu não sei...
Não me esqueci do teu desafio, um já resolvi, falta resolver outro mas está para breve.
Abraço em dia de inverno, bom para ler um livro a olhar o mar.

Leticia Gabian said...

E quando a vida teima em nos castigar....

Mas que o amor resiste à ausência e à distância, isso sim, resiste mesmo.

Tô na correria!
Beijo enorme, amiga

Lua said...

forte e frágil... quando se ama assim ficamos... como uma flor ao sabor do vento....
Já sei estás a pensar a Lua está doce... está a falar de sentimentos destes de uma forma doce... a Lua voltou a apaixonar-se... Bingo! Maria!
Foi apenas um beijo :)

Teresa Durães said...

como disse alguém que conheci: até para o amor é preciso tempo.

dei-lhe toda a razão e a distância não ajuda

beijo

elvira carvalho said...

Insegurança de uma apaixonada.
Um dia passa...
Bom fim de semana
Um abraço

Manuela Fonseca said...

O amor resiste ao tempo e à distância. Resiste a todos os castigos.
Gostei muito.

Um beijinho esperança*
Manuela Fonseca

Maria said...

marias

Eu sei que resiste a tudo, marias, eu sei….

Beijinho

Maria said...

maçã com canela

O que eu escrevo aqui é o que eu sinto…
… as pessoas são livres de interpretar como quiserem…
Um beijo

Maria said...

pitanga

Perfeitamente normais, não é pitanga?
Beijos

Sophiamar said...

O cansa�o tomou conta de mim mas vou aparecendo pelos amigos.
beijinhos

Maria said...

ana

Não há mais perto….
Beijo

Maria said...

malukinha d’arroios

Eu percebi que era um post repetido…
… vem sempre que quiseres.

Beijos

Maria said...

despertando

Claro que não temo, são apenas palavras……

Beijinho

Maria said...

sol da meia noite

São dias, Sol…
… ou noites…

Beijo

Maria said...

rui

É o que temos que fazer, confiar…
Beijinho, Rui

Maria said...

sininho

Como sabes que gosto da Rosalia de Castro?

Beijinhos

Maria said...

berta helena

Claro que resiste, a tudo…

Beijos

Maria said...

mie

Não moverá montanhas, apenas porque elas não se movem….
Obrigada.

Beijo

Maria said...

joão marinheiro

E eu também sei…. que duram…

Beijo, daqui

Maria said...

leticia gabian

Imagino-te na correria… e a ressistir, também.

Beijão

Maria said...

lua

Sacaste-me um sorriso daqueles….
Bingo! Eu sabia…

Beijo

Maria said...

teresa durães

E o problema maior é às vezes não haver tempo para o amor…
… já escrevi qualquer coisa sobre isso…

Beijo

Maria said...

elvira carvalho


Bom fim de semana
Um abraço

Maria said...

manuela fonseca

Sei que sim…

Beijinho, Manuela

Maria said...

sophiamar

Descansa durante o fim de semana….
Obrigada.

Beijinhos

Meg said...

Claro que vai resistir à ausência e à distancia, Maria!
E vai fortalecer ainda mais, tu sabes.
Sempre palavras tão sentidas, as tuas, Maria!

Um abraço

Sininho said...

Não sabia.
Mas eu gosto.
E sendo assim, lá tiveste que levar com mais uma nomeação...
Aguenta que é serviço.

Beijinho

Diannus do Nemi said...

.

Fugir, sim. A imensidão é tão grande...

Abraço!

.

PostScriptum said...

A vida é calvário quase intolerante. Loucra de Deus? Somos verdadeiramente palhaços de Deus?
Beijos

elvira carvalho said...

Conhece a história da Flávia? Não?
http://flaviavivendoemcoma.blogspot.com/
Blogagem colectiva a 17/12
Agradeço a solidariedade.
Um abraço e bom fim de semana

Cris Caetano said...

Maria, acho que algumas vezes nos sentimos impotentes com relação ao destino e aí a insegurança nos assombra. Mas acreditando que amamos e somos amadas conseguimos ultrapassar tudo.

Beijinhos e bom fim de semana.

Maria said...

meg

Sei que vai resistir…
Obrigada pelas tuas palavras, Meg.

Beijo, deste lado

Maria said...

sininho

… e fui nomeada tb pela Cris… como tu e a Gi… hehehe
Vou fazer daqui a uns dias.

Beijinho

Maria said...

diannus do nemi


Abraço

Maria said...

postscriptum

A vida é boa de ser viver…
Beijo

Maria said...

elvira carvalho

Conheço, Elvira. Com pena minha há estórias assim…
Bom fim-de-semana

Um abraço

Maria said...

cris caetano

Tens toda a razão, Cris. É assim mesmo.
Bom fim-de-semana

Beijinho

Rosa Maria said...

É verdade, a vida vai-nos fugindo
em cada dia que passa.
É o castigo mais certo que temos desde que nascemos...

Fiquei contente por teres reouvido os operários de natal.

Beijinho

C Valente said...

Uma prosa de encantar, com coragem e saudade, resistencia, muito bem
Bom fim de semana
Saudações amigas

rosa dourada/ondina azul said...

A vida tem altos e baixos, tanto nos "prenda" com nos "castiga".

Beijinho p ti,

AJO said...

Obrigada pela visita. Estive longe da net e do mundo dos blogs, mas acho que j� estou de regresso. J� deu para ver que tenho perdido bastante em n�o ter vindo por este lado, espero a partir de ter�a recuperar a leitura.
BJS e bom fim de semana

IDEAL COMUNISTA said...

" O amor � louco
n�o fa�am pouco
desta paix�o

O amor � louco
n�o fa�am pouco
da ilus�o"

Maria said...

rosa maria

Por isso há que vivê-la o melhor possível…

Beijinho

Maria said...

c valente

Obrigada….
Um abraço

Maria said...

rosa dourada/ondina azul

É verdade, assim é a vida…

Beijinho

Maria said...

ajo

Obrigada…
Bom fim-de-semana
Beijo

Maria said...

ideal comunista

:-x

Blue Velvet said...

Amor que é amor, como este que de... escreves aqui, resiste a tudo, e nem a vida o fará morrer.
Sorte de quem ama!
Beijinhos

Rain said...

Uma praia deserta na alma de cada olhar...

O Sibarita said...

Oi Dona Maria, o amor, sim, sempre ele...

Coração apaixonado esse seu em minha fia? kkkk Tá legal seu texto, muito bacana mesmo!

bjs
O Sibarita

Maria said...

blue velvet

Sorte de quem sabe o que é o amor....
Bom domingo.

Beijinho

Maria said...

rain

... e o mar cantando só pra mim....

Maria said...

o sibarita

Então cê diz que eu sou apaixonada, é? E você? Com os poemas que faz, heim?

Me conte como foi a festa de hoje, Sibarita....
Beijo