Tuesday, September 04, 2007

Sempre que eu quiser


Foi como se tivesse amado pela primeira vez em toda a vida
foi dor alegria ternura amor foi quase alucinação o que senti
não é possível que um amor como este seja repartido no tempo
e espaçado no longe
vou estar sempre contigo vou amar-te em cada momento
que nós quisermos vou ter-te nos braços sempre que eu quiser
vou estar contigo aqui, onde os lençóis frios ainda me cheiram a ti
sempre que eu quiser todos os dias a cada momento
vou ter-te dentro de mim sempre que quisermos em
pensamento diário e constante
És ar que respiro e mar onde mergulho os sentidos à flor da pele
que ainda estremeço só de pensar
Um amor como este vai perdurar para além da distância que nos desune
mas eu sei que todos os dias tu acordas comigo
e que à noite quando te deitas, te deitas comigo e me amas
sem saberes bem como foi que tudo isto aconteceu
E quando espreitares a lua sou eu que te sorrio e embalo
num suave abraço de corpos cansados, até tu adormeceres
na minha inquietação...

54 comments:

AnaG. said...

Coisas lindas, as que escreves...

A fotografia está espantosa!!

Beijitos e boa semana

Fernando Pinto said...

Gosto muito desta tua moldura natural... Está espectacular! O azul, do céu, dá um encanto especial à fotografia repleta de nuvens...

Abraço

LB said...

Lindo. As palavras, a imagem. Tudo!

Beijinho

veritas said...

Como é bom sentir assim...agarras o melhor da vida...

Bjs. É sempre um prazer sentir contigo.

Kalinka said...

Amiga

Eu espreitei a LUA e seguindo o conselho da LUA vim espreitar o teu cantinho.
É sempre saudável ler-TE.
BELO O TEXTO.
Parabéns.

Vou na letra C:
CEGONHAS - sempre que viajo pelo Alentejo, delicio-me a ver as cegonhas nos seus ninhos...observar certos casais de cegonhas vivendo o ano inteiro nessa região. Podendo observar-se por todo o distrito de Portalegre e Évora. Os casais permanecem unidos por longos anos.

Vou-me, deixo um grande beijo de B.

Porque Te Amo said...

olá! amei este teu texto... está soberbo... sinto o que escreveste... palavra por palavra

1beijo... assim... entre pianos

O Profeta said...

Sublime é a tua forma de amar...intensos sentires...tanta cor...


Doce beijo

Pedro Pan said...

, inquietações adormecidas e sonhos iguais...
, beijos meus.

albertokorda said...

É cada Hino ao Amor, o que escreves

Maria said...

anag.

É o que sai, às vezes.....
A foto foi tirada numa gruta, na Berlenga...

Beijos

Maria said...

fernando pinto

O teu comentário é para mim um elogio enorme... e sabes porquê....

Abraço

Maria said...

lb

Resta-me agradecer as tuas palavras....

Beijinho

Maria said...

veritas

É o que nos resta, agarrar o melhor da vida. Só assim podemos sorrir....

Beijo

Maria said...

kalinka

Muito obrigada.
Já passei pela tua letra C... o urso é lindo...

Beijos

Maria said...

porque te amo

Entendo que o tenhas sentido, palavra por palavra...
Quando voltas?

Um beijo, assim.....

Maria said...

o profeta

É a única forma que sei... de amar....

Um beijo

Maria said...

pedro pan

será... serão....

Beijo

Maria said...

albertokorda

Obrigada...

samaria said...

oi

Sininho said...

Só um amor alimentado pela ausência será capaz de resistir durante uma vida inteira.
Os que se consumam com facilidade, mais cedo ou mais tarde, acabam desfeitos.
A natureza tem destes caprichos...

Beijinho

Maria said...

samaria

que bom já teres acesso....
fico à espera, e deixo quatro beijos vezes infinitos....

Maria said...

sininho

A natureza e o nosso querer... tanto...

Beijinhos

joão oliveira said...

"foi como se tivesse amado pela primeira vez..." - lindo

cheguei, entrei e deixei-me ficar...

margusta said...

Querida Maria,
...que bom regressar á tua Ilha e ler-te com mais atenção...Lindíssimo este texto que acabei de ler...tocou-me vá lá saber-se porquê?...Hoje é uma data muito especial para mim...

E esta inquietação...

Beijinhos minha amiga!

maria carvalhosa said...

Querida Maria,

Há muito que não vinha aqui. Já tinha saudades: das tuas fotos, dos teus poemas, da mulher que pressinto que tu és. Voltei e espero poder retornar às minhas visitas de eleição, como é o caso do teu "O cheiro da ilha".

Agora, vou ver o que perdi do que fizeste enquanto andei ausente.

Beijos sentidos.

MiE said...

Ai o amor...


Um beijo
Fica bem

rui said...

Olá Maria

Tens aqui uma foto lindíssima!
Quanto ao texto, tem a tua marca..., aquela grande força e vontade que te caracteriza, sem esquecer a infindável sensibilidade romântica que habita em ti.
Adorei o texto e a imagem.

Grande abraço, Maria
Beijinho

De Amor e de Terra said...

E tem de ser assim o Amor, quando é distância...
para que não acabe, para que não arrefeça, para que nunca deixe de ser urgência!

Beijo Maria


Maria Mamede

Pitanga said...

Amor assim resiste ao tempo e faz bem à pele.

beijos

multiolhares said...

O amor é imutável, vive para lá dos quereres dos sentires, por isso sempre que o amor quiser esta lá,
beijinhos

Maria said...

joão oliveira

Muito obrigada...
Vem e fica sempre que quiseres...

antónio gonçalves said...

olá maria
parabéns pelo prémio caneta de ouro.
è fantástica a tua energia.
fica bem.
antónio gonçalves

Maria said...

Querida Margusta

É bom ver-te por aqui. É tão bom teres voltado...
Este dia é também um dia importante para mim... e para um amigo meu....
... E esta inquietação...

Beijinhos, minha Amiga

Maria said...

maria carvalhosa
Querida Maria

É bom ver-te por aqui, de novo....
É bom saber-TE aqui...
A Ilha também é tua, não te esqueças, e espero que te sintas aqui quase tão bem como nos sentimos lá....

Beijinhos, Amiga

Maria said...

mie

Diz-me que não tenho emenda, diz!

Beijos

Maria said...

rui

Consegues fazer-me a "fotografia" tão bem.... até fico "encabulada" de responder.... mas essas são as minhas características, sim...

Muito obrigada, Rui.

Beijinho

Maria said...

de amor e de terra

É verdade o que dizes. Quando o amor deixa de ser urgente deixa de ser amor....

Um beijo, Maria Mamede

Maria said...

pitanga

O amor faz bem à pele, sempre....
Imaginas como está agora a pela da nossa amiga? Até brilha... hehehe

Beijinhos

Maria said...

multiolhares

Assim é, o amor está sempre que quisermos...

Beijinhos, Luna

Maria said...

antónio gonçalves

Olá...
Muito obrigada pelas tuas palavras...

Boa semana pra ti...

E.Adriano said...

Como sempre, sentimentos profundos.


Muito bem...

Cumprimentos...

C Valente said...

Bonita prosa , coisas de encantar
sauda�es amigas

Maria said...

e.adriano

Muito obrigada

Fica bem

Maria said...

c valente

"cosas de viejos" diria Patxi Andión...
Um abraço

Anonymous said...

"Talvez num tempo da delicadeza Onde não diremos nada. Nada aconteceu Apenas seguirei Como encantado ao lado seu"

Para um grande AMOR

bettips said...

Fica bem, o amor na poesia, em letras e desejos corridos... lindo, Maria!

Maria said...

anonymous

.... ??
:)

Maria said...

bettips

Ainda acordada?
Obrigada, Bettips, beijinhos

Desassossego said...

Oh minha querida Maria, estes espaços, horas e momentos distantes consomem a alma, despertam sentidos e fazem crescer o Amor... suspiro... mas acredito que um dia destes chegará e tudo não será mais do que uma pequena saudade comparado com o acordar, finalmente acompanhada e bem, todos os dias e não só quando o tempo o permitir...
Um beijo doce...

Maria said...

desassossego

É tão bom ver-te por aqui...
Um dia, o dia chegará..... com certeza.
(é só um estado de alma...)

Beijinhos, querida

CNS said...

Como é bom (re)visitar este teu embalo feito de espuma, marés e poemas...

bjs

Maria said...

cns

E como é bom ver-te por aqui, pode ser que voltes ao teu espaço.....

Beijo

Leticia Gabian said...

Chovi muito enquanto te lia, amiga.
Como entendo esse teu amor!

Beijo enorme

Maria said...

leticia gabian

É bom chovermos, às vezes....
E como eu sei que entendes....

Beijo grandão