Monday, June 02, 2008

Castelo


O meu corpo é um castelo onde entraste um dia de mansinho
ocupaste cada canto e cada janela sem eu me dar conta
hoje habitas-me neste corpo nosso, único, para sempre.
... e eu, inquieta, vou deixando que permaneças, porque te amo...

62 comments:

samuel said...

E o rio, sábio como quase todos os rios, serenamente, lentamente, passando a caminho do mar, sempre pronto a dar boleia a um, ao outro, ou aos dois...

Abreijo

Eduardo Aleixo said...

Bonito.

Eduardo Aleixo

( À Beira de Água )

O Profeta said...

Bonito texto...a ternura em flor...


Doce beijo

BlueVelvet said...

E apetites são apetites, embora nem todos sejam tão lindos como os teus:)
Muitos beijinhos, amiga

lá,lá,lá

FERNANDA & POEMAS said...

Olá querida Maria, que belo texto e foto... Belíssimo Amiga!
Beijinhos do coração,
Fernandinha

isabel said...

inquieta, porquê? relax, mámen!

beijo grande, relaxed, de quem dormiu 10h seguidas

elvira said...

E não é o amor a única razão que nos deixa ser "ocupadas"?
Um abraço e uma boa semana

amigona avó e a neta princesa said...

E que bela "ocupação" minha querida! Beijos...

Bento Abreu said...

Quem não quer ser ocupado assim de mansinho.... :D
Simples e original texto...

Beijo


Bento

zmsantos said...

Pois é. Quando menos se espera temos "O cheiro da Ilha" entranhado na alma.
Lindo este corpo-muralha de permanências consentidas...

Beijinho.

pin gente said...

permanecer em ti, ficou um desejo ternurento

abraço

zambujal said...

Cada corpo é um castelo.
Alguns são objecto de longos sitiamentos, tomados contra sua vontade e ocupados sem que o tivessem querido.
Outros, são-no assim, de mansinho, canto a recanto ocupados, habitados como se sempre o tivessem sido por quem, de mansinho, os encheu de vida.
Estes se inquietam porque sabem que ficariam vazios, desertos se o amor deixasse de neles viver.

Teresa Durães said...

o amor que invade todos os poros

Lúcia said...

Quem assim escreve... diz muito.

Só Eu said...

Texto muito bonito!
Voltarei

Filoxera said...

E é tão bom, assim...
Beijinhos.

dona tela said...

Haja alegria por aqui também.

Fernando Samuel said...

Bonito! Tudo: como é teu hábito...
Beijo amigo.

Pitanga Doce said...

"Se chegou tão sorrateiro
E antes que eu dissesse não
Se instalou feito um posseiro
Dentro do meu coração". (Chico)


beijos, Maria

Luís Galego said...

ainda assim inquieta...este texto poético merece continuidade...

Maria said...

samuel

O rio que nos lava e nos leva....

Abreijo

Maria said...

eduardo aleixo

Obrigada pela sua visita.

Maria said...

o profeta

... sempre na corrente de um rio...

beijo

Maria said...

bluevelvet

E eu estou tão feliz por ti.......
Só não canto...

Beijos

Maria said...

fernanda & poemas

Muito obrigada, Fernanda...
Beijos

Maria said...

isabel

no dia em que eu dormir 10h seguidas fico assim, como tu, relaxed......

beijo

Maria said...

elvira

É, sempre, seja qual for o amor...
Boa semana

Um abraço

Maria said...

amigona avó e a neta princesa

Sorrio-te. Sabes porquê...
Na 5ª feira levo o CD. Pode ser que a gente se veja...

Beijos

Maria said...

bento abreu


Obrigada

Beijo

Maria said...

zmsantos

Quem não consentiria uma permanência assim?
Obrigada, Zé Manel.

Beijinho

Maria said...

pin gente

gosto dessa palavra, ternurento....

abraço-te

Maria said...

zambujal

Fiquei sem palavras...
Gostava de um dia saber Ler assim, como tu...
... vazia ficaria, sim...

Maria said...

teresa durães

o amor que nos veste e se torna pele...

Maria said...

lúcia

... e sente muito, também...

Maria said...

só eu

Obrigada...
Volta sempre que quiseres

Maria said...

filoxera

pois é.. ☺
beijinhos

Maria said...

dona tela

Aqui há sempre alegria...

Maria said...

fernando samuel

O nosso alentejo é sempre bonito.
O resto são palavras...

Um beijo

Maria said...

pitanga doce

... ópera do malandro...

beijos, Pitanga

Maria said...

luís galego

talvez, quem sabe...

Oris said...

As palavras ... da inquietação.

Beijitos, Maria

Agulheta said...

Maria.
como sempre lindo em palavras e imagem neste rio de águas serenas,onde o amor é o rei
Beijinho Lisa

Maçã com Canela said...

Fizeste-me chorar...
Hoje estou assim po sensivel...

Um grande beijo...

Acho mesmo que nos vamos ver amiga ;)

Vb said...

O poder das palavras cada vez me espanta mais.
Com tão poucas consegue-se dizer tanto por vezes.
Consegues, neste caso!

Beijinho para ti

VB

nanda said...

Vim espreitar o perfume da tua ilha. Deparei-me com este lindo castelo altaneiro e um texto de amor... encantador!
Boa semana

anamarta said...

Lindo texto e imagem!
beijos

Catarina Alves said...

Maria... esta vinda aqui foi uma necessidade. :)

Sabia que aqui ia encontrar algo que me fizesse sorrir... precisava de ler algo sentido...precisava ler-te.

Comentário ao que escreveste? Não tenho essa capacidade...o que escreves é belo de mais, e fala por si só.

Beijinho

Nani

Maria said...

oris

Esta inquietação todos os dias...

Beijinhos, Oris

Maria said...

agulheta

Obrigada pelas tuas palavras, querida Lisa.
É verdade, o amor é rei nas minhas águas...

Beijinho, Lisa

Maria said...

maçã com canela

Não queria nada que chorasses...
Um beijo especial pra ti, hoje.

E um enorme abraço
(que bom que o vamos dar ao vivo...)

Maria said...

vb

Obrigada, Vítor. São dias, são estados de alma...

Beijinho pra ti

Maria said...

nanda

Obrigada...
☺)

Boa semana pra ti também

Maria said...

anamarta

Muito obrigada...
Beijos

Maria said...

catarina alves

Um abraço, tenho um abraço para ti...
Bom ter-te feito sorrir.... assim, rio abaixo... ☺
Muito obrigada, Nani. És uma linda.

Beijinho

poesianopopular said...

Maria
Deta vez estravasas-te,vamos ter maré-cheia,de amouuuuuuuur!
Bjos

Cris Caetano said...

E esse, amanhã, porque hoje não vou ter tempo de encontrar uma imagem que o ilustre, vai parar, se me permites, no meu Nuvens. :)
Adorei!

Beijinhos

Maria said...

poesianopopular

Temos maré cheia duas vezes cada 24 horas.....
:))))

Beijos

Maria said...

cris caetano

Claro que podes publicar lá, depois eu vou comentar....
:))))

Beijos

Vanda Paz said...

O meu corpo era o castelo
que dasabitaste de mansinho
deixando o teu cheiro
nas paredes da minha alma
ocupando o vazio do meu sil�ncio
... e eu inquieta, vou beijando o espa�o desocupado... porque ainda te amo...

Desculpa, mas tocou-me tanto...

Beijos

O Sibarita said...

Ai meu Senhor do Bonfim! kkk Não sou Olodum, mas, Pirei de vez... kkkkkkkk

Que Maria é essa? kkk

bjs
O Sibarita

Maria said...

vanda paz

... e agora fico eu tocada... e com um brilhozinho nos olhos...

Beijos, Vanda

Maria said...

o sibarita

sou a Maria, Sibarita.... euzinha, mesmo...

Beijos