Tuesday, January 25, 2011

Esta música, porque sim!



María Landó

La madrugada estalla como una estatua
como una estatua de alas que se dispersan por la ciudad
Y el mediodía canta campana de agua
campana de agua de oro que nos prohíbe la soledad
Y la noche levanta su copa larga
su larga copa larga, luna temprana por sobre el mar

Pero para María no hay madrugada
Pero para María no hay mediodía
Pero para María ninguna luna
alza su copa roja sobre las aguas

María no tiene tiempo (María Landó)
de alzar los ojos
María de alzar los ojos (María Landó)
rotos de sueño
María rotos de sueño (María Landó)
de andar sufriendo
María de andar sufriendo (María Landó)
sólo trabaja

María sólo trabaja, sólo trabaja
sólo trabaja
María sólo trabaja
y su trabajo es ajeno
.

(vou ali. depois volto. logo.)

32 comments:

mixtu said...

não conhecia...
excelente

abrazo serrano

samuel said...

E porque sim muito, mas mesmo muito bem!!!

Abreijo.

Paula Barros said...

Muito bonita, gostei do ritmo, dos sons dos instrumentos.

Não conhecia.

E volta logo, e traz poemas, muitos.

Quando vou ler. Vou ali no Brasil, bem ali em Recife?

abraço

Mar Arável said...

Porque sim

um beijo

Cris Caetano said...

Adorei! :) Não conhecia.

Beijinhos, Maria

SILÊNCIO CULPADO said...

Maria

Linda canção. Não conhecia.

Abraço

João P. said...

Maria:

não conhecia embora adore a Mercedes sosa

Obrigado

João

Fernando Pinto said...

Obrigado por partilhares esta música, Maria... Beijinhos

salvoconduto said...

Vai e areja que estamos todos a precisar de arejar.

Abreijos.

viajante said...

Que é o Amor?

No TransAtlântico alguém escreveu, muito bem, sobre isso.

Abraço

De Amor e de Terra said...

Minha querida Maria, boa tarde.
Creio que sabemos da minha enorme admiração e do meu carinho por "La Negra"; agradeço-te, portanto, esta canção que eu não conhecia.
Obrigada Amiga pela partilha!
E quanto à "Maria Landó", que tão bem se encaixa em tantas Marias do mundo, que dizer? "no tenemos tiempo de alzer los ojos/del trabajo ajeno/ ni de ver la luna..."
"pero no nos pueden quitar la esperanza en un otro mundo mas justo y mas libre!"
Bjs.
Maria Mamede

Fernando Samuel said...

E porque é magnífica...

Um beijo grande.

svasconcelos said...

Linda! (parece que foi escrita para ti:)))
beijo,

Teresa Durães said...

espanhol não é o meu forte, na realidade, nenhuma lingua estrangeira o é. O que me lembrei de ti por um livro que estive a lwer (depois hei-de dizer o nome, agora não o tenho aqui)

Filoxera said...

Este ritmo, esta sonoridade, transportam-me para outras paragens...
Beijos.

A.S. said...

Não conhecia, mas adorei esta Maria Landó...


Beijos, Maria!
AL

AnaMar (pseudónimo) said...

Volta já!
(Eu já cá estou :-))
Linda descoberta...............

C Valente said...

Gostei do que não conhecia,sim
Saudações amigas

rui said...

Olá Maria

Adorei a letra...é linda!
Já tinha saudades de passar por aqui no teu cantinho!

Grande abraço amiga!
Beijinhos

mariam said...

Maria,
Não conhecia, gostei muito! Obrigada.

um sorriso :)
mariam

Carmo said...

Olá,

Não conhecia esta música, obrigada pela partilha.

Um abraço

Boa semana

Nilson Barcelli said...

"María sólo trabaja, sólo trabaja
sólo trabaja
María sólo trabaja"

É verdade?
Não fazes mais nada?
Só trabalhas...?

Não conhecia a canção. Mas gostei de ouvir.

Beijos (descansados), querida amiga Maria.

Fernando Santos (Chana) said...

Olá Maria, bela canção...Espectacular....
Cumprimentos

tulipa said...

Não conhecia a canção.
Gostei de ouvir.

Hoje pergunto à "Menina Maria" porque não me visita nos meus cantinhos?
Tenho saudades.

Beijos.

Justine said...

Claro que sim! Mercedes sempre:))
Beijo

Ana said...

É bom conhecer novas canções !
Volta logo, Maria !
Beijinho *

Rosa dos Ventos said...

Um excelente, poético e doloroso retrato da mulher trabalhadora, com um ritmo paradoxalmente alegre!
Não conhecia!
Obrigada...

Abraço

heretico said...

porque sim, claro!

beijo

Rosa dos Ventos said...

Roubei-to para o meu FB mas ainda ninguém deu por ele... :-((

Hanukká said...

Olá, um abraço de paz pra seu coração.

“O verdadeiro amor ferve, mas não derrama. O amor a Deus, assim como é sincero e sem hipocrisia, é constante e sem apostasia”.

Thomas Watson

Parapeito said...

sempre bom escutar a voz de alerta da Mercedes...
Un hino a todas as mulheres que só trabalham...trabalham...
brisas doces para ti Maria****

Duarte said...

Boa música. Que ritmo!
São modos de transmissão, sons que pretendem sair com força, que empurram uma mulher que se entrega dia a dia, que sobre, mas que não é reconhecida... belo, mas triste.

Gostei.

Besos