Friday, March 04, 2011

6 de Março - 90º Aniversário do PCP

Deste-me a fraternidade para com o que não conheço.
Acrescentaste à minha a força de todos os que vivem.
Deste-me outra vez a pátria como se nascesse de novo.
Deste-me a liberdade que o solitário não tem.
Ensinaste-me a acender a bondade, como um fogo.
Deste-me a rectidão de que a árvore necessita.
Ensinaste-me a ver a unidade e a diversidade dos homens.
Mostraste-me como a dor de um indivíduo morre com a vitória de todos.
Ensinaste-me a dormir nas camas duras dos meus irmãos.
Fizeste-me edificar sobre a realidade como uma rocha.
Tornaste-me adversário do malvado e muro contra o frenético.
Fizeste-me ver a claridade do mundo e a possibilidade da alegria.
Tornaste-me indestrutível porque, graças a ti, não termino em mim mesmo.

Pablo Neruda

(90 anos de existência do meu Partido, 35 anos de militância!)

12 comments:

anamar said...

Idade linda...
:))
Beijoca

zmsantos said...

Beijos, cor de fogo...

Rosa dos Ventos said...

Parabéns ao Partido e à militante!
Eu também nasci em Março! :-)

Abraço

svasconcelos said...

Lindo poema, adoro-o!:)) Estaremos (já estamos! ) em festa. Um beijo,

Oliva verde said...

Parabéns1
Felizmente ainda há com quem contar, neste País!

mfc said...

Um abraço de parabéns... e de respeito!

Fernando Samuel said...

Olha!: então não é que tivemos a mesma lembrança!...

Um beijo grande.

Justine said...

Duplos Parabéns, Maria! E o poema não podia ser mais adequado...

João P. said...

Maria:

Parabéns pela tua militância
Parabéns pelo papel que o PCP tem desempenhado na construção de um país mais justo

Beijo

João

Maria said...

Muito obrigada a todos que passaram por aqui.
Ser militante do Partido Comunista Português é uma enorme Alegria!

Boa semana a todos.
Beijos.

Bipede Implume said...

Maria
Parabéns, primeiro.
E um Obrigada do tamanho do mundo pela informação tão completa que teve a gentileza de deixar no Com Calma.
Perguntei junto de habitantes das Caldas e que moravam perto, mas nada sabiam. Perguntei a pessoas ligadas ao ensino nas Caldas, responderam-me vagamente que era um senhor que tinha feito "aquilo".
Finalmente.
Estou de acordo que devia ser divulgado e existir perto uma placa com, pelo menos essa
informação.
Muito obrigada e um grande abraço.
Isabel

clickit said...

Porque nos acrescentou.
Por existir e saber duma humanidade inteira à espera de justiça.
Bjinhos Maria
B.