Wednesday, March 09, 2011

Sempre


Ainda que me faça ao mar sabes que fico. Sempre. Na água dos teus olhos.
Ainda que me faça ao mar sabes que canto. Sempre. A tua eterna canção.
Ainda que me faça ao mar sabes que chovo. Sempre. No amor que é dor.
Faço-me ao mar e navego em ti. Em cada centímetro da tua pele. No teu corpo feito espuma. Faço-me ao mar que me devolve ao areal. Aí te espero. E volto ao mar. E regresso-me. No vai e vem das nossas marés. Sempre. Sangue meu.

18 comments:

Paula Barros said...

O mar, sempre o mar, belo e intenso, feito o amar, que você compõe e canta tão bem.

beijo.

samuel said...

Este mar existe para que não paremos nunca...

Abreijo.

Fernando Samuel said...

O mar, sempre...

Um beijo grande.

mfc said...

E eu vou contigo por esse mar adentro!
Sinto-me companheiro deste rteu sentir.

Alice said...

Que linda imagem... Simples... como tudo o que é belo assim...
Fica bem...

joão l.henrique said...

O mar... que nos leva e nos traz na profundidade dos sentimentos.

Cumprimentos.

Vanda Paz said...

Uau.... sem palavras

Muitos beijos

Bolota said...

Que belo mar.

Quando for grande quero ter um mar assim.

viajantes said...

muito belo Maria.
beijo

João P. said...

faço-me ao mar!

é um bom ideal de vida, seja esse mar o Outro ou o nosso sonho

Gostei muito

João

Ana Paula Fumian said...

O mar e o pôr-do-sol são duas coisas que realmente me encantam. Se eu pudesse eu contemplaria todos os dias o sol se deitando sobre o mar... Parabéns pelo seu blog. Ana www.manuscritus.com

Papoila said...

A tua eterna paixão, esse mar em que sentes.

beijos

A.S. said...

No mar navegas,
no mar amas,
no mar naufragas,
no mar és onda,
vento,
maré,
no mar te afundas... com prazer!


Beijos, Maria!
AL

Duarte said...

Esta prosa tua que brota como verso, languidez ao sabor da maré.
E, inspirou-me assim...

Estrondo!...

que provoca 

a explosão branca, 

feita espuma,

ao lamber a praia...

Um grande abraço

Agulheta said...

Amiga Maria. O mar sempre nos leva a sonhar e fazer poemas,como nos lava as memórias de coisas que pensamos diáriamente.
Beijinho e tudo de bom bfs

Ana said...

Sempre o (a)mar ! Fica sim, Maria, que as tuas palavras são marés de poesia !
Beijinho a gostar de te ter visto hoje *

Apenas eu said...

Não consigo comentar o que sinto. não há palavras. por isso guardo tudo isto em mim.

beijos Maria.

Maria said...

Muito obrigda por terem passado aqui.

Beijos a todos.