Friday, August 19, 2011

Memória de Federico García Lorca




Gacela del Niño Muerto


Todas las tardes en Granada,
todas las tardes se muere un niño.
Todas las tardes el agua se sienta
a conversar con sus amigos.

Los muertos llevan alas de musgo.
El viento nublado y el viento limpio
son dos faisanes que vuelan por las torres
y el día es un muchacho herido.

No quedaba en el aire ni una brizna de alondra
cuando yo te encontré por las grutas del vino.
No quedaba en la tierra ni una miga de nube
cuando te ahogabas por el río.

Un gigante de agua cayó sobre los montes
y el valle fue rodando con perros y con lirios.
Tu cuerpo, con la sombra violeta de mis manos,
era, muerto en la orilla, un arcángel de frío.


Federico García Lorca
(assassinado há 75 anos, pelos do costume)
(Fuente Vaqueros, 5 de junho de 1898 — Granada, 19 de agosto de 1936)

16 comments:

samuel said...

É bom ver que há quem se lembre.

Por aqui, o "blogger" não permitiu mensagens novas praticamente até à noite... e passou o "timing" para colocar o que queria, com a canção que queria.
Felizmente, dia de Lorca é sempre!
Será então um destes dias...

Abreijos.

anamar said...

Falámos disso cá em casa , no sul, de tudo e muito mais de Frederico... mas apeteceu-me outra coisa e ainda bem que gostaste.
Beijocas

salvoconduto said...

Repousa algures numa vala comum, ao lado de muitos outros cujos corpos até hoje não foram encontrados.

Abreijos.

BlueShell said...

Muito bem: bela homenagem. Obrigada por lembrares. Bi Grande
BShell

Fernando Samuel said...

«Pelos mesmos do costume» - lembras bem...


Um beijo grande.

trepadeira said...

E os mesmos do costume parece estarem a reproduzir-se.

Estava a preparar algo para lembrar LORCA,os meus queridos amigos fazem-no melhor do que eu.

Gritar até que os assassinos acabem.

Um abraço,
mário

Filoxera said...

"Morreu ao amanhecer"...
Beijos.

Luis Eme said...

bela homenagem a um Homem-simbolo da Resistência contra a guerra e a repressão.

beijinho Maria

Sérgio Ribeiro said...

Obrigado, Maria

Um beijo

AnaMar (pseudónimo) said...

Grande lembrança.
beijo...do costume :-)

Fernando Santos (Chana) said...

Olá Maria, bela homenagem...Espectacular....
Cumprimentos

elvira carvalho said...

Gostei da homenagem. É necessário que não esqueçamos.
Um abraço e bom fim de semana

Maria said...

Bom fim-de-semana para todos os que passaram por aqui.

Beijos.

Sofá Amarelo said...

O Fernando Pessoa do outro lado da fronteira...

GR said...

Continuará sempre vivo!

Bjs,

GR

C Valente said...

Saudações amigas