Friday, August 26, 2011

Viagem a Cuba XV



Esta visita ao Memorial onde se encontra Che Guevara é feita em silêncio.












Entrada para o local do Memorial onde se encontram as ossadas de Che Guevara e dos 38 guerrilheiros que o acompanhavam. Cá fora, o mesmo número de palmeiras ergue-se para o céu, misturando o verde dos ramos com o azul, dançando ao sabor do vento. Sempre o simbolismo. Sempre 'la palma'...
Este local, no interior, tem pouca luz. A um canto, muita vegetação, simbolizando a Sierra Maestra. As gavetas onde se encontram as ossadas dos guerrilheiros têm um foco de luz a incidir sobre as mesmas. É a única luz existente. O foco que incide sobre a gaveta de Che Guevara tem a forma de... uma estrela...





Santa Clara e Che Guevara misturam-se. Uma não existe sem o outro. É uma cidade acolhedora e muito bonita, que ficou no meu coração. Hei-de voltar, conforme te prometi, Nelson!





Estou a chegar ao fim da viagem. Depois de Santa Clara voltámos a Havana por mais quatro dias. Para matar saudades. Para ver amigos. Para o último gelado na Copélia. Para vermos o que não tinha sido visto ou saboreado. Para o último mojito no 26º andar do Hotel Habana Libre e vermos a cidade de noite. Imensa e luminosa! Para deixarmos lá tudo o que pudemos deixar. Que não nos faz falta e que aos cubanos amigos dá muito jeito... Para...

15 comments:

Cris Caetano said...

Que lindo!

Beijocas, Maria

João Paulo Proença said...
This comment has been removed by the author.
João P. said...

Maria:

É (foi) um relato fantástico a todos os níveis.

Para guardar na memória tua e de todos nós em relação aos lugares que viste.

Beijo

João

salvoconduto said...

Há mar e mar, por certo à Ilha has-de voltar.

Abreijos.

Luis Eme said...

Hasta siempre comandante!

beijinho Maria

trepadeira said...

Assassinaram-no,mas nunca o matarão.

Um abraço,
mário

samuel said...

Hasta siempre!

Beijo.

Paula Barros said...

quando voltar, me leva, me leva....

Você conseguiu falar de Cuba que me deixou com todos os sentidos aflorados, e com a vontade de passear por lá.

Obrigada! beijo

Baila sem peso said...

Obrigada...em silêncio passeio
pela "vida" deste teu "meio"...ou diria mais "tão cheio"!!!

Beijo

anamar said...

A que horas vais, Maria???
Só ou em companhia???
Bjs

Fernando Samuel said...

Para... o regresso um dia destes...

Um beijo grande.

mfc said...

Os mitos não morrem nunca!

vovó said...

para o ano há mais? :)...

a ver se nos encontramos na 6ª feira...
beijocassss
vovómaria

Filoxera said...

Mais uma reportagem fabulosa.
Beijos.

Maria said...

Muito obrigada por terem passado aqui.
Beijos a todos.