Thursday, January 17, 2008

"Desacinzentando"....


Uns agem sobre os homens como a terra, soterrando-os e
abolindo-se, esses são os mandantes do mundo.

Uns agem sobre os homens como o ar, escondendo-se uns dos
outros, e esses são os mandantes do além-mundo.

Uns agem sobre os homens como a água, que os converte em sua
mesma substância, e esses são os ideológicos e os filósofos.

Uns agem sobre os homens como fogo, que queima nele todo o
acidental, e os deixa nus e reais, esses são os libertadores.

(Fernando Pessoa)

42 comments:

Sininho said...

Pela foto que escolheste, já vi onde te inseres, hehehe...

Como se eu não soubesse...

Beijinho

joão marinheiro said...

São os libertadores que redimem...
Abraço a olhar a ilha dai

FM said...

Que não faltem "libertadores"...

De Amor e de Terra said...

Quem me dera ser dos "Libertadores"!...
Que bom Amiga, trazeres até nós Fernando Pessoa; obrigada por isso!


Beijos

Maria Mamede

avelaneiraflorida said...

Querida Maria,

acho que estamos as duas a sentir o mesmo!!!!

não escolhi Fernando ...mas Joaquim Pessoa!!!!!!!

Bjkas, amiga!!!!

Justine said...

Olá conterrânea! A Ilha, ao longe, parece um grande animal em repouso.

Não sei se concordo com o texto do F.P., tenho de pensá-lo mais um bocadinho

rosa dourada/ondina azul said...

Dá que pensar este texto de Fernando Pessoa...

Muito bonita a foto com a Ilha ao fundo, salpicando de verde e castanho este quadro azul :)))

Dia Feliz te desejo,

e um beijinho te deixo,

MiE said...

O grande F.P.


Hoje , vim para te desejar bom dia.


Um beijo


Fica bemn

Suave Toque said...

O que dizer de um poema de Fernando Pessoa? Maravilhoso. Sua escolha? Perfeita.
Bjssss

Vera said...

Um belíssimo texto para reflectir. Muito bem escolhido!
A foto, linda, como sempre.

Beijo grande

O Sibarita said...

Dona moça que poemaço do Fernando Pessoa, hein?

Eu vou dizer o que? Só lhe agradecer por nos relembrar!

Oi, hoje, é a lavagem do Bonfim, viu fia?

Estou aqui todo de branco e já indo para a Igreja da Conceição (é de lá que sai o cortejo)o coro vai comer! kkkk

E cadê você vestida de baiana com jarro de flores na cabeça e o vidro de perfume de alfazemas?

Se ajoelhou tem que rezar viu nega?! kkk

Compareça fia! kkkkkkkkkkkkk

Fuiiiiiii, viu? kkkkkkkkkkkkkkkk Dei ninja na Negona Rastafari e agora só apareço na terça feira, porque, (a festa do Bonfim vai até domingo) na segunda é festa da Ribeira, ela que me espere... kkkkk Vou chegar em casa no bagaço, guenzo, tomando todas! kkkk

E ai?

bjs
O Sibarita

MIMO-TE said...

Como eu gostava de ser libertadora Maria!

Lindo!
bjo
mimo-te

Anonymous said...

o "alquímico e incontornável".



um beijo.


nu

.


________________.


.piano.

FERNANDA & POEMAS said...

Olá querida Maria, a foto está linda, o texto bem escolhido.
Tem uma boa tarde, apesar do tempo cinzento.
Beijinho de ternura.
Fernndinha

samuel said...

Os poetas, mais do que fingidores, são verdadeiros malabaristas...
Pegam em meia dúzia de palavras que sempre tivemos em casa, a que practicamente já nem ligávamos, atiram-nas ao ar... dão-lhes várias voltas... reescrevem-nas e... op-lá!!! aí ficamos nós maravilhados, tristes ou alegres...
Os poetas são "perigosos"!

JOSÉ NEVES said...

Uma imagem muito bonita com a ilha em fundo, quanto ao texto dá mesmo para reflectir em final de dia.

Beijo com Amizade.

O Sibarita said...

Alô Maria! kkkk Oi diretamente do Adro da Igreja do Bonfim lhe envio notícias.

A festa está sendo uma das melhores dos últimos tempos, Carlinhos Brow inovando mais uma vez troxe até a Colina Sagrada o grupo "Os Árabes" que saiu na frente do cortejo abrindo caminho para as 300 baianas, tocando clarins e percussão, todos devidamente paramentados de Árabes, coisa muito bonita mesmo!

Para nosso irmãos portuguêses aqui vai uma dica sobre a Igreja do Bonfim:

O culto a Senhor do Bonfim foi trazido para Salvador em 1740, pelo capitão de mar-e- guerra Teodósio Rodrigues de Faria, que em cumprimento a uma promessa feita quando ele retornava da Bahia para Portugal e o seu navio enfrentou uma tempestade e indo a pique ele prometeu caso fosse salvo juntamente com a tripulação trazer a imagem do santo da cidade de Setúbal, em Portugal. No início, o santo era venerado numa capelinha na Igreja da Penha. Em 1745, a Igreja do Senhor do Bonfim começou a ser construída na Colina do Monte Serrat, apelidada com o nome de Colina Sagrada. Nove anos depois ela ficou pronta e a festa anual em louvor a Senhor do Bonfim passou a acontecer no novo templo.

Fia, ô fia! kkk Tá demais o lado profano da coisa, viu? Hummm e eu leve, livre e solto, ai meu Senhor do Bonfim! kkkkkk

Ah pensei que você viesse vestida de baiana e cadê você? kkkk Xiii... Não ajoelhou e não rezou! kkkk Quem sabe para o ano, né fia? kkk

bjs
O Sibarita

Joaquim Amândio Santos said...

o que é o conhecimento?

visão directa do corpo e da atitude?
prolongado caminho nem que condutor à saturação encapotada?

Vivência superficial feita de fait-divers e não de curiosa partilha sem hora nem condicionalismos marcados?

Será assim tão impossível iniciar o conhecimento na distância? julgo que não e defendo tal desiderato.


EIS A MINHA HOMENAGEM AOS BLOGGERS, ESSES INCANSÁVEIS CRIADORES DE LAÇOS!

Olaio said...

Bom texto de Fernado Pessoa que desconhecia e por isso,obrigado por me o ter revelado.

multiolhares said...

Se nos encontramos acorrentados a nós
Como queremos ser libertadores de algo,
Só quando arrancarmos as grilhetas invisíveis

Beijinhos
luna

Vieira Calado said...

Sobre o Fernando Pessoa está tudo dito.
Mas essa formosa ilhota, onde é?

Gi said...

Podia dizer-te o que penso ser, outros te diriam o que pensam que sou e possivelmente uma 3ª hipótese coincidene ou não revelaria o que sou na realidade. Há alturas em que somos um pouco de tudo, só que um elemeto sobressai mais. Hoje , sou fogo !

Beijo

Manuela said...

Fernando Pessoa! e está tudo dito...
não conhecia este poema.
Nada como o nú da realidade e a liberdade que nos proporciona.
Beijo Maria

vsuzano said...

que nunca te falte o barco, não para saíres da ilha, mas para passeares à sua volta...

amigona avó e a neta princesa said...

Como diz o Samuel os poetas são perigosos!Fazem-nos ficar assim, a pensar!
Beijo, querida...

Cris Caetano said...

Não considero-me uma mulher sem esperança, mas não é por isso que deixo de ser realista; e no mundo que vivemos vejo tantos como os primeiros; que nasçam mais como os últimos.

Beijinho

Blue Velvet said...

Querida Maria,
e eu a pensar que conhecia Fernando Pessoa com as minhas mãos, e não conhecia este poema.
É o que dá sermos arrogantes!!!
Posso ser tudo o que ele diz, dependendo dos dias, excepto Terra.
Muitos beijinhos, linda.

PS: Tens um miminho no meu blog. Não é envenenado.

C Valente said...

Saudaões amigas com um beijo, e que tudo estaja a correr bem por essa ilha

Luís said...

Fazem tanta falta querida Maria... esses libertadores.

Jose Gonçalves said...

Fernando Pessoa faz-nos mesmo ficar a pensar...
Mas vou ter todo o fim de semana...
Um abraço
José Gonçalves

Sophiamar said...

Um poema para ler, reler e pensar. Excelente!

Que jamais se esqueça a Liberdade. Um bem a preservar.

Beijinhosss

FERNANDA & POEMAS said...

Olá Querida Maria, tens uma prendinha no, FOTOS-FERNANDA. Eu sei que andas por aí, mas eu vou para a caminha.
Muitos beijinhos, de carinho e amizade.
Fernandinha

LOURO said...

Maria, linda foto!
Sobre, Fernando Pessoa está tudo dito.....

Um xi coração,
Lourenço

Maria said...

Muito obrigada a todos que passaram por aqui.
Não sei se consigo visitar-vos a todos, o snr. blogger está muito lento. Mas se não for hoje será amanhã....

Beijinhos

Um Momento said...

E Pessoa... entre pessoas:)))

Beijo grande!!!

(*)

( e passa quando puderes, pois eu quase não tenho podido passar... desculpa)

Maria said...

um momento

São 6.40, mas já passei por todos.....
Agora não sei se durma um pouquinho se faça uma directa.....

Beijinhos, Mi
(e ao teu filhote)

p y b said...

Não conhecia este belo poema do nosso poeta maior e a combinação com a foto está magnífica!
Bonito blog.
Beta

pin gente said...

o que apetece dizer?!

não há bela sem senão...


abraço-te é como ajo
luísa

Maria said...

p y b

Pessoa era É Enorme!

Obrigada

Maria said...

pin gente

é mesmo...

Um abraço, Luísa

Luís Peixoto said...

Grande (de bom) imagem. Gostei bastante.

Maria said...

luís peixoto

obrigada....