Saturday, January 19, 2008

Elis (Pimentinha) Regina, 26 anos depois... e 3 cantigas


ATRÁS DA PORTA

Quando olhastes bem nos olhos meus
E teu olhar era de adeus, juro que não acreditei
Eu te estranhei, me debrucei
Sobre o teu corpo e duvidei
E me arrastei, e te arranhei
E me agarrei nos teus cabelos
Nos teus pêlos, teu pijama
Nos teus pés, ao pé da cama
Sem carinho, sem coberta
No tapete atrás da porta
Reclamei baixinho
Dei prá maldizer o nosso lar
Pra sujar teu nome, te humilhar
E me vingar a qualquer preço
Te adorando pelo avesso
Prá te mostrar que ainda sou tua
Até provar que ainda sou tua.


ROMARIA

É de sonho e de pó
O destino de um só
Feito eu perdido
Em pensamentos
Sobre o meu cavalo...

É de laço e de nó
De jibeira o jiló
Dessa vida
Cumprida a só...

Sou caipira, pirapora, Nossa
Senhora de Aparecida
Ilumina a mina escura e funda
O trem da minha vida...

O meu pai foi peão
Minha mãe solidão
Meus irmãos
Perderam-se na vida
À custa de aventuras...

Descasei, joguei
Investi, desisti
Se há sorte
Eu não sei, nunca vi...

Sou caipira, Pirapora, Nossa
Senhora de Aparecida
Ilumina a mina escura e funda
O trem da minha vida...

Me disseram, porém
Que eu viesse aqui
Prá pedir de
Romaria e prece
Paz nos desaventos...

Como eu não sei rezar
Só queria mostrar
Meu olhar, meu olhar
Meu olhar...

Sou caipira, Pirapora, Nossa
Senhora de Aparecida
Ilumina a mina escura e funda
O trem da minha vida...

Sou caipira, Pirapora, Nossa
Senhora de Aparecida...


ÁGUAS DE MARÇO

É pau é pedra
É o fim do caminho
É um resto de toco
É um pouco sozinho...

É um caco de vidro
É a vida é o sol
É a noite é a morte
É um laço é o anzol...

É peroba do campo
É o nó da madeira
Caingá, Candeia
É o matita-pereira...

É madeira de vento
Tombo da ribanceira
É um mistério profundo
É o queira ou não queira...

É o vento ventando
É o fim da ladeira
É a viga é o vão
Festa da Cumeeira...

É a chuva chovendo
É conversa ribeira
Das águas de março
É o fim da canseira...

É o pé é o chão
É a marcha estradeira
Passarinho na mão
Pedra de atiradeira...

É uma ave no céu
É uma ave no chão
É um regato é uma fonte
É um pedaço de pão...

É o fundo do poço
É o fim do caminho
No rosto um desgosto
É um pouco sozinho...

É um estrepe é um prego
É uma ponta é um ponto
É um pingo pingando
É uma conta é um conto...

É um peixe é um gesto
É uma prata brilhando
É a luz da manhã
É o tijolo chegando...

É a lenha é o dia
É o fim da picada
É a garrafa de cana
Estilhaço na estrada...

É o projeto da casa
É o corpo na cama
É o carro enguiçado
É a lama é a lama...

É um passo é uma ponte
É um sapo é uma rã
É um resto de mato
Na luz da manhã...

São as águas de março
Fechando o verão
E a promessa de vida
No teu coração...

É uma cobra é um pau
É João é José
É um espinho na mão
É um corte no pé...

São as águas de março
Fechando o verão
É a promessa de vida
No teu coração...

É pau é pedra
É o fim do caminho
É um resto de toco
É um pouco sozinho...

É um passo é uma ponte
É um sapo é uma rã
É um belo horizonte
É uma febre terçã...

São as águas de março
Fechando o verão
É a promessa de vida
No teu coração...

-Pau, -Edra, -Im, -Inho
-Esto, -Oco, -Ouco, -Inho
-Acro, -Idro, -Ida, -Ol
-Oite, -Orte, -Aço, -Zol...

São as águas de março
Fechando o verão
É a promessa de vida
No teu coração...

36 comments:

Agulheta said...

Querida Amiga. Lindo simplesmente,a Elis Regina,dispensa comentários,pois ela leva todos em sua volta,adorei
Beijinho de amizade
Bom fim semana Lisa

Pitanga said...

Atrás da Porta!

Ah, o que eu já reclamei baixinho só pra dizer que era dele.
(em tempos ido)

LOURO said...

Olá Maria, linda postagem!
A Elis Regina dispensa comentários!
Beijinhos e bom fim de semana.

Lourenço

MiE said...

Elis, a grande Elis.

Um beijo

bom fim de semana

Carminda Pinho said...

A Elis Regina é daquelas intérpretes que nunca "morrem".
Deixou-nos canções lindas.

Bjs

Um Momento said...

Ena
Belisimo!
( Não conhecia:)))

Obrigada pela partilha minha Querida Maria

Beijo grande e Bom Fim De Semana desejo:))))


(*)

Sophiamar said...

Elis Regina, a imperdível caipira. Jamais cairá no esquecimento.

Tens prémio no meu blogue, querida amiga. Vai lá, retira-o, é teu. Esta amizade prosseguirá.

Beijinhosssss


Bom fim de semana!

FERNANDA & POEMAS said...

Olá Querida Maria, bela postagem!
Amiga, que lindo os poemas das canções da Elis, nunca os tinha fixado.
Obrigada, pela oferta!
Maria, quanto a não estares de acordo comigo, sobre o AMOR! é salutar...
Assim, é a amizade!
Os amigos verdadeiros não tem que estar de acordo, dizem o que sentem e pronto!
Beijinhos de carinho e amizade.
(Se ainda estás a dormir, está um belo dia de Sol, para passear á beira-mar
É o que eu vou fazer agora!
Fernandinha

rui said...

Olá Maria

Sempre adorei as letras e o modo como a Elis cantava as suas canções.
Foi bom recordar!

Beijinho, amiga

samuel said...

Muito já cantei eu a Romaria!
Sobre a Elis... não me lembro de a ter ouvido cantar alguma coisa sem ser muito bem. Cantou de tudo. E para cantar até o que não cantou, deixou-nos a filha, com aquele timbre de voz inquietante...

Anonymous said...

A Avelaneira Florida precisa da vossa ajuda.....alguem conhece quem tenha um grande martelo para ver se cala a louca.

Deixem a vossa informação em www.cantaresdeamigo.blogspot.com

tufa tau said...

olá maria
devias ter ouvido a cantoria que para aqui foi... eheheh

beijos

Gerlane said...

Ah! Elis! Exclusivíssima! Saudades eternas!

Abraços!

MIMO-TE said...

Hum, é festa é alegria e o blog da Maria... :)Estou a cantar, certo?:)))
Conheço as letras de cor e canto-as muitas vezes. Elis Regina é um exemplo para todas nós. :)))

Bjo
Mimo-te

O Sibarita said...

Oi dona Maria! Missão comprida viu fia? kkkkkk

Ei, não se precipite que não cheguei em casa ainda, é como eu disse só na terça, a Negona vai arrepiar e necomigo não! kkkkk Você tá orando por mim? Não! Oxente... kkkk Que Maria é essa meu Deus? Ah você tá doida que a Negona mê uma tijolada, é? kkk (Aqui é assim a mulherada dá é tijolada, ai Deus, minhas costas! kkk)

Me ajude ai Maria! Faz o favor sua menina! kkkkk

Oi a missão comprida que digo foi colocar uma fitinha do Senhor do Bonfim amarrada no Adro da Igreja (Grade de entrada da Igreja) pedindo a ele proteção para você, joguei água de cheiro em seu nome também viu dona Ogan?! Agora você pode pintar o sete nada lhe pega! kkk

Na próxima quinta feira é lavagem de Jauá, venha! kkkk Se a Negona não me espulsar de casa estarei lá! kkkkk

Ah no dia 02 de fevereiro em pleno carnaval (nunca aconteceu antes) na festa de Iemanjá você quer que coloque o que no barco? Perfume? Fça fé que vou colar, você é lusa-baiana e como tal tem a cabeça feita, então, vai ter que cumprir a orbigação, fia? Tá pensando que é assim a migué, é? kkkkk

Sobre Elis Regina eu como fã incondicional só tenho a lhe agradecer por essa singela e importante homenagem.

Já ouviu a filha dela Maria Rita? Se não, tem que ouvir é a mesma voz!

E o almoço com minha Cumadi e ai? Tá tudo as mil maravilhas, né fia? Que bom que continue assim!

Painho, vai no mesmo, levando um dia bem e outro mais ou menos. Oi fias Obrigado pela preocupação é por isso que vc mora de graça no meu coração.

bjs
O Sibarita

nanda said...

São algumas das minhas canções preferidas.
Bom fim de semana.
Abraço

Rain said...

Poemas lindos, música que adoro também.
Beijinho

Justine said...

Deu para cantarolar, enquanto ia lendo... e recordar sempre a cantora perfeita que foi a Elys.
Boa prenda de fim-de-semana! Obrigada

Alice Matos said...

Sempre lindo... sem tempo... sem moda...

Beijos...

Fernando Vasconcelos said...

A Elis é uma das minhas interpretes preferidas. É juntamente com Brel e Piaf uma das que tenho genuinamente pena de não ter nunca visto "ao vivo".
Os poemas são claro fantásticos ... O primeiro é do Vinicius certo? Os outros não sei alguém pode ajudar?

Luis Eme said...

Boa lembrança e boas escolhas.

abraço Maria

Maria P. said...

Gosto muito!

Beijinho*

Anonymous said...

Boa homenagem ...

Beijos
BF

avelaneiraflorida said...

Amiga Maria,

esta homenagem a Elis Regina é simplesmente linda!
Como as canções com que ela nos encantou!!!
Bjkas!!!

Sininho said...

Daqui vou direitinha à procura dos meus CDs da Elis.
Ver as letras é bom mas melhor é ouvi-la.
Nem me parecia que ela tivesse desaparecido já há tanto tempo.
Lá está: Virtualmente, continua vivíssima.
E conseguiu deixar a marca do seu timbre, na voz duma filha.

Linda homenagem, Maria.

Beijinho

Tozé Franco said...

Grande voz. Felizmente podemos continuar a escutá-la.
Um abraço.

Maria Simplesmente said...

Ainda hoje a Elis Regina canta muito para mim.
É sempre tão bom ouvi-la!...
Bj
Maria

Oris said...

Hoje, tenho a Elis a cantar para mim....

Beijitos, Maria.

Kalinka said...

Gosto de Elis Regina e de suas canções. Obrigado.

Eu, peço desculpa pela minha ausência, mas a minha vida tem estado complicada, tenho uma familiar muito querida com apenas 25 anos e está a sofrer há 8 meses, problemas graves, neste momento aguarda um transplante de coração.
No último dia do ano de 2007 dediquei-lhe o meu post de fecho do ano.
Nem sei como ainda tenho cabeça para andar por aqui...venho vindo aos poucos, mas...não com a mesma assiduidade de antes.
Sinto-me bem na blogoesfera, é aqui que muitas vezes venho buscar forças.

Bom fim de semana.
Um abraço.
Ai como eu preciso de um Abraço!!!

Blue Velvet said...

Grande presente Maria.
O que eu gosto desta mulher!
Já ouviste a filha?
Beijinhos

marias said...

A primeira não conheço mas gostei muito da letra. As outras sei cantarolá-las. É sempre bom lembrar grandes canções e a grande artista que foi Elis Regina.


Beijinhos, até amanhã.

Maria said...

Muito obrigada a todos que passaram por aqui e que, de alguma forma, se lembraram da Elis Regina.
Permitam-me deixar apenas duas informações, solicitadas nos comentários:


samuel

Espero ouvir-te cantar mais vezes a Romaria...
A Maria Rita tem, também, uma voz de excepção (voz inquieta, como dizes).




o sibarita

No dia 2 de fevereiro, na festa de Iemanjá, coloque no barco um pente e um espelho por mim, porque o perfume vai vosmecê lhe dar, não é mesmo? Eu vou estar aí de alma e coração, de hoje a 15 dias, mesmo....
Não se avexe que eu lhe ajudo... kkkkkk

.... e quem não conhece Maria Rita?
Tá tudo bem com sua Cumadi. Obrigada por morar de graça no seu coração. Vc tá aqui, no meu...

Beijo




fernando vasconcelos

Que eu saiba, a canção “atrás da porta” é de Francis Hime, a “romaria” de Renato Teixeira e as “águas de Março” de Tom Jobim.
Espero ter ajudado.



kalinka

Já te vou visitar. Entretanto tens aqui o meu abraço....




Mais uma vez muito obrigada. Beijos.

Cris Caetano said...

Eu sou fã de Elis. A homenagem é linda, Maria. Essas músicas têm uma interpretação especial na voz da pimentinha. Tive a sorte de assistir a um show de Elis.
Ainda me lembro da notícia de sua morte: ouvi pelo rádio do carro, minha mãe dirigia e estávamos ali na Lagoa, na altura do Parque da Catacumba (no Rio de Janeiro). Impressionante como me marcou.

Beijinhos

Maria said...

cris caetano

Creio que a morte dela nos marcou a todos, até pela razão que foi e pela idade que tinha....

Beijos

bettips said...

...o trem da sua vida...
Nunca ouço esta cançaão sem que me venha uma lágrima e uma pena infinita.
Por todos os jovens que ficaram pelo caminho das esperanças.
Bjs

Maria said...

bettips

Caminhos onde se apanha o trem errado....

Beijos