Friday, July 08, 2011

Viagem a Cuba III


O belíssimo interior de uma farmácia



Carros antigos, a par com carros modernos, biciletas e 'cocos' fazem o transporte dos turistas, para quem não quer andar de autocarro (ou a pé).
Para quem conhece Havana de outros tempos, já não circulam os famosos 'camelos'...



O Capitólio e uma temperatura de trinta e muitos graus :(



A casa de José Martí, pai da pátria cubana.



O almoço que nos espera, acompanhado de salada e... 'moros y cristianos' ou 'frigoles'...



Uma discoteca, ao ar livre, onde ao domingo este povo não pára de dançar durante a tarde e parte da noite.
E como dançam...



Uma festa no Castillo del Morro, de onde podemos ver a cidade de noite...



... assim...

21 comments:

samuel said...

Adorei a farmácia!
Será por deformação "profissional" de consumidor crónico? :-)))

Abreijo.

Maria said...

Samuel

Se eu pudesse colocar aqui as fotografias todas.... O tecto desta farmácia é fantástico!

Abreijo.

redonda said...

Deve ter sido uma viagem incrível...

anamar said...

Ah Maria... estás-me a convencer , falta o principal...
Belas fotos.
Abracinho

salvoconduto said...

Obrigado pelo calorzinho e "cheirinho da Ilha".

Abreijos.

trepadeira said...

Viver com alegria,amizade,solidariedade,sabendo o que é importante na vida.

Um abraço,
mário

Sérgio Ribeiro said...

Ah! Maria... e nem falámos sobre esta viagem... para me poupar a muita coisa, sobretudo á enorme vontade de voltar, e estar, e ser o que se é e sente em Cuba.
Sentiria a falta dos "camelos", uma das muitas impressões fundas recolhidas e trazidas da última vez.
Olha... obrigado.

Beijos

Fernando Samuel said...

Lindo, lindo!
Vá, manda mais... incluindo o tecto da farmácia.


Um beijo grande

Manuela Freitas said...

Aiiiiiii Maria, não hei-de morrer sem ir a Cuba...
Gostei muito!
Bom fim-de-semana!
Bjs,
Manú

Justine said...

Ai saudades, saudades, saudades, saudades, saudades...
Bjinhos pra ti - apesar das saudades:))))

Memória de Elefante said...

Maria!

Com o incentivo a mais investimentos estrangeiros e a mudanças estruturais para que o país possa produzir mais alimentos e reduzir a dependência das importações está evoluindo para melhorar a qualidade de vida de seu povo.
Gostei das fotos,em especial a do povo dançando assemelha-se ao povo brasileiro este gostar, ritmo e sonoridade .

Um beijo

mfc said...

Vi uma farmácia assim... no Hotel Dieu, em Beaune!
Era lindíssima!

Duarte said...

... o branco e o vermelho naqueles corpos que não se cansam de dançar...

Conhecer um Pais assim das tuas mãos é um privilegio. Obrigado.

Abraços

Baila sem peso said...

Muito obrigada pela tua partilha!
Que bom Cheirinho da Ilha! :)

Um abraço e tem um bom fim-de-semana no teu passo!:)

Mar Arável said...

Memórias belas dos perfumes

João P. said...

;-)

Fantástico!
para quem nunca lá esteve é uma reportagem excelente

beijo

João

Paula Barros said...

Mas uma voltinha por Cuba. Gostei da farmácia, gostaria de olhar a foto do teto.

E o povo dançando na rua, queria estar lá.

beijo

Maria said...

Muito obrigada por terem passado aqui.
Fernando Samuel, vou colocar o tecto da farmácia, na segunda feira :)))

Beijos a todos.

Filoxera said...

Gostei tanto desta reportagem de Havana...
Beijos.

BRANCAMAR said...

Deslumbrante. Gostava de ir.
Obrigada pela partilha.
Branca

Leticia Gabian said...

Lindíssimo o interior desta farmácia! O teto, no post acima, é maravilhoso.
E o povo cubano, com sua alegria e musicalidade, me faz lembrar o meu povo.

Beijão