Sunday, December 03, 2006

Anonimo

Quero escrever-te e não quero
Penso em ti e não sei quem és
São risos que passam
À minha frente
Nesta tarde de Agosto
Cinzenta
Como cinzenta foi a tarde
A noite
Em que nos vimos e nos
Dissemos até amanhã

Não sei quem és
Vejo-te ao longe, distante,
Os olhos sorriem
E a tua boca
Atira-me um beijo
Que apanho
Com estrelas nas mãos

41 comments:

Moura said...

Tomei a liberdade de te linkar!! Podia? Posso?
Assim é mais fácil para mim vir aqui...
Abraço

antimelga said...

Quem é esta Maria da Praia???
Carcavelos. Forum Lisboa. Av. Roma.
O meu Cinema. Anos 60.
Eu ali pertinho. Na, Travessa H. Cerdoso.
Continuo enrolado no mar de noite
Sem radar, sem GPS, e sem sonda, cainda incalhe em seque.
Quem esta Maria, lê o Cunhal, o Saramago. Canta o Zeca.
Em terras
Em todas as fronteiras
Seja benvindo quem vier por bem
Se ouver alguem que não queira.
Trá-lo contigo, Tambem.
O Adriano (Serra da Boa Viagem.Recordas, A.C.O.. Olha um Lobo.Não é Aquilino, exclamas-te.
E o Sublime.
Havemos de chegar ao fim da estrada.
Ao som desta canção.
E aqueles que ficaram p'lo caminho...
Maria, dá uma dica.
Para um Calhandreiro, como eu.
É uma angustia.
Uma tarde cinzenta. Em Agosto.
Sóssera do fumo dássár, Sardinhas.
Quem te deixou, assim, Maria.
Envolvida em estrelas.
Ainda queres um beijo "dum Paleco"
Não, que a minha Gaivota não deixa.
Apanha-o no ar e já era.
Que ansiedade, ansiosa, de ansiar.
Vou descobrir. Nem que seja no dia S.Braz.
antimelga

___________________________________________________________________

poetaeusou said...

Querer ou não Querer.
O, Desconhecido.
O, Aceitar. sem Conhecer.
poetaeusou(vaiaoblogdozé)

Maria said...

moura
Amigo, à vontade. Eu ainda não linkei ninguém porque ainda não vi como se linka...
Não estou a brincar, é a sério, aparecem-me tantas palavras e tantos html que eu volto pra trás...
Estou à espera que passe por aqui um amigo meu "craque" destes coisas para linkar o pessoal!
Abraço e bom domingo

Maria said...

antimelga

Mas qual é o interesse em saberes quem eu sou?
Eu sou o que tu lês. Ponto final.
Leio esses nomes todos e ainda outros. Oiço essas músicas e ainda outras.
E sou do SLB.
O que importa saber o nome, a morada, o nº de telefone? Pra quê?
Sou Maria.
O meu é O cheiro da Ilha.
Gosto do mar, amo o mar.
Já te deve chegar, não?
Vejo Palecos quando estou na Nazaré e quando estou em Peniche...
E não percas mais tempo a tentar descobrir pessoas quando tu próprio assinas/podes assinar com mais de mil nomes...
Bom domingo

Maria said...

Olá poeta
Vou a correr...
Mas olha que já lá andei ontem à noite...

Anonymous said...

Por favor não mudes o nome ...porque também não sabes se eu sou o Anónimo.
Ainda bem que existem ilhas ...que abrigam estrelas.
Vim ...para voltar.
Até breve.
Experimenta ler o que escreveste ao som da música do meu canto e diz-me onde estão as memórias.

farinho said...

Lindo...
O importante é amar, mesmo que não se conheça, ou que viva na imaginação. Ter o dom de amar é indescutivelmente meio caminho andado para ser mais feliz neste mundo tão negro.

Beijocas.

Abelhão said...

Junto a ti.
Anónimo continuaria.
Procurando.
Não quebrar o encanto.
Das tuas indecisões.
E do teu manto.
Que cobre, as estrelas.
E o virtual beijo.
Que te mando.
Maria.
»»»»»»Abelhão«««««

Maria said...

luís duverge

Fica descansado, o meu nome é Maria!
Para mim a ilha funciona sempre como um refúgio, um carregar de baterias, um certo distanciamento do resto do mundo...
As memorias estão e estarão sempre connosco, fazem parte de nós.
Bom domingo

Maria said...

farinho

Mais uma vez estás cheia de razão...
É isso mesmo
Um beijo

Maria said...

abelhão

Obrigada pelas palavras e pelo beijo virtual

(Ai se eu fosse mazinha)...

Anonymous said...

Eu sou o que podes descobrir...

Belo blog.

david santos said...

OLÁ, MARIA.
Bom poema. Mas as imagens cá mais abaixo são espectaculares.
Espero que sejas mais uma a contribuir para a elevação da poesia portuguesa.
Um abraço.

blog "SÓ VERDADES"

Até sempre.

Anonymous said...

Oi Maria ... eu ia comentar, mas com estes comentarios e tuas respostas, deu-me uma vontade se rir, que perdi o norte à ilha.
Entao vou voltar atras e já digo s/ o poema. té ja*

Anonymous said...

Gostei muito muito deste poema, mas ... mesmo esse sorriso que consegues ver ao longe, nao dá para esbater mais o "cinzento desse dia" ..?
Agora, cinzento mm ou diria preto, está hoje o meu dia, mas espero deitar-me e amanha acordar com um "outro dia"...:(((
Grande beijoca daqui desta cidade, hoje tao cinzenta como a minha alma.
BEIJO*

contradicoes said...

Poeta não sou
mas gostava de ser
por isso aqui estou
para lhe agradecer

A visita que fez
ao meu blog
pela 1ª. vez
mas espero que volte

Maria said...

pedro branco

Já vou descobrindo... já lá fui... ao teu blog.

Tem uma boa semana

Maria said...

david santos

Percebi há uns dias, visitando outros blogs, que tinhas deixado o pianinho a tocar sozinho...
Vim de lá agora. Não voltas mesmo?
Fica bem

pensamentos_vagabundos said...

maria...lindo...
beijo vagabundo

Maria said...

a cor do mar

Nem queiras saber, cor do mar, nem queiras saber.
Isto de ter um blog dá quase para escrever um livro...
Ele é o poetaeusou, ele é o antimelga, ele é o resto que sabemos, e eu acho que todos eles deviam ter blogs...

Bom, ainda bem que sorriste, espero que tenhas aliviado o cinzento quase preto do teu dia. O meu já está aliviado...

Numa beijoca uma rosa para te colorir a noite!

Maria said...

contradições

Voltarei, com certeza

Maria said...

pensamentos vagabundos

Muito obrigada. Um beijo pra ti

greentea said...

as brumas são boas /úteis para não nos dispersarmos na paisagem e concentrarmos a mente num pensamento : como sair dali, como ultrapassar a questão, como fazerdespontar o sol de novo - um beijo

greentea said...

parabéns pelo teu sobrinho neto !

wolfhunter said...

Ola Maria,

Cheguei aqui atraves da Farinho...

Gostei mto do teu espaco...

Voltarei para te ler e reler...

Um Beijo de longe...

W.

acordomar said...

Ainda passei para ver as novidades...
Amanda logo outro poema Maria para amanha quando me levantar ler, assim a dar energia positiva, tá?
Beijocas e b noite*

Anonymous said...

gostei do teu blog... um beijão

delfim peixoto said...

Aí vai.... chuaaaak.... ( podia, não podia?)

Anonymous said...

também te atiro um beijo , com estrelas nas mãos.

Assim o pudéssemos atirar a todos os que estão ao nosso lado e distantes

Besnico di Roma said...

Um beijito por estes deliciosos momentos.

Maria said...

greentea

Já te tinha lido ontem, e foi com a tua mensagem que me fui deitar.
Agradeço-ta, tens sempre pensamentos positivos, tal como positivo é o teu blog.
Um beijo
E obrigada – ele é lindo, como todos os bebés....

Maria said...

wolfhunter

Chegaste bem e és bem vindo.
Espero que continues a gostar.
É também para ti que o escrevo...
Um beijo de perto...

Maria said...

acordomar

Às vezes bem gostaria, mas a imaginação, musa, ou lá o que lhe queiram chamar também tem dias...
A energia positiva vai já daqui a bocadinho, com mais... mar!
O dia hoje tem sol!
Um beijo

Maria said...

eu

Muito obrigada

Maria said...

Oi Delfim,

O que eu te procurei ontem...
Desapareces, foges, não dizes nada...
Mas já te encontrei! E já lá fui!
Podes sempre
Um beijo

Maria said...

wicky

Se pudéssemos fazer o que dizes, o mundo seria com certeza muito mais feliz
Uma estrela, num beijo

Maria said...

besnico di roma

Obrigada, o teu blog continua delicioso...
Tem uma boa tarde e uma beijoca

Besnico di Roma said...

Vou atirar-te um beijo
Apanha-lo ás, ou não
Se não o apanhares no ar
Vai cair no meio do chão
(eu já tinha idade para ter juízo... não achas?)

Maria said...

besnico

sacaste-me uma quase gargalhada com essa do beijo cair no chão...
achas que não tens juízo? que bom é não termos juízo (no conceito dos outros)...

Anonymous said...

Esse Besnico anda-me a descair…
Maria não vás na conversa dele, marinheiros são piratas! O que ele quer é apoderar-se da ilha, depois olha…