Friday, December 01, 2006

Fernando Lopes Graça


Acabadinha de chegar de um concerto de homenagem ao Fernando Lopes Graça... aqui fica o poema do José Gomes Ferreira que fechou o concerto...

Acordai
acordai
homens que dormis
a embalar a dor
dos silêncios vis
vinde no clamor
das almas viris
arrancar a flor
que dorme na raíz

Acordai
acordai
raios e tufões
que dormis no ar
e nas multidões
vinde incendiar
de astros e canções
as pedras do mar
o mundo e os corações

Acordai
acendei
de almas e de sóis
este mar sem cais
nem luz de faróis
e acordai depois
das lutas finais
os nossos heróis
que dormem nos covais
Acordai!

16 comments:

chuvamiuda said...

..................
bonito o poema

quanto ao maestro, embora não conheça muito da obra dele, o que conheço gosto
.................


Bom fim-de-semana

poetaeusou said...

MARIINHA...
Hino Fantástico de L. Graça.
Letra Linda de: José Gomes Ferreira
Envio-te com Amizade, outra de
J.G. Ferreira. Musica de: FAUSTO
OH PASTOR QUE CHORAS.
Oh pastor que choras
o teu rebanho onde está?
Deita as mágoas fora,
carneiros é o que mais há
uns de finos modos
outros vis por desprazer...
Mas carneiros todos
com carne de obedecer.
Quem te pôs na orelha
essas cerejas, pastor?
São de cor vermelha,
vai pintá-las de outra cor.
Vai pintar os frutos,
as amoras, os rosais...
Vai pintar de luto,
as papoilas dos trigais.
poetaeusou(emmmtimaria)

Leticia Gabian said...

Tão lindo, Maria!
"Acordai
acordai
homens que dormis
a embalar a dor
dos silêncios vis
vinde no clamor
das almas viris
arrancar a flor
que dorme na raíz..."

Muito lindo. Adorei.
Grande beijo, pra ti

Maria said...

chuva miuda
Lopes Graça é um Nome Maior da cultura portuguesa.
Se quiseres saber mais, pesquisa no google e vais surpreender-te...
Tem um bom fim de semana

Maria said...

poetaeusou
Muito obrigada pelo poema, que também conheço.
Agora essa de me chamares mariiinha não tou a perceber...
Comentaste no blog errado?
Tem uma boa tarde

Maria said...

leticia
As canções heroicas do Lopes Graças, como toda a sua obra, são lindíssimas.
O concerto ontem foi de arrepiar...
Beijo pra ti

antimelga said...

Pensei em Mariazinha.
Mas era para ti.
Olha a Mariazinha Leticia Marribou!
Tá aí uma Calma Podre!!!
Só sé da Isca....
Vai ao Blog Dela
Não sejas má para Mim ho´ho´ho´ho´h
Antimelga.

Luis Eme said...

Bela homenagem aos grandes Lopes Graça e Zé Gomes.

pb said...

Olá Maria, vim retribuir a visita e conhecer o seu cantinho, gostei !!beijinho e bom fim semana

Maria said...

antimelga

Sempre a surpreender-me....
Vais ver a calma podre que estará por aí no domingo...
Bom fim de semana

Maria said...

luís milheiro
pb

Obrigada pela visita e bom fim de semana

Um Poema said...

Simplesmente, lindo.
Um abraço

Ana Patudos said...

Maria
Fizeste-me relembrar quando eu era um elemento do Orfeão de Alpiarça e tantas vezes cantei este poema LINDO E CHEIO DE SIGNIFICADO. Quando o começava a cantar, as minhas pernas tremãm, tal era a emoção.
Aqui também ouve uma homenagem ao grange maestro. Ele esteve exilado em Alpiarça antes do 25 de Abril.
Conheci-o pessoalmente quando ele depois voltou, já sem ser clandestino e a dirigir a sua Academias dos Amadores de Música que agora é dirigida pelo maestro José Robert. Foi inesquecível.
beijinho
Ana Paula

AS said...

Nada melhor para fechar um concerto a tão ilustre talento que este poema de José Gomes Ferreira!


Um terno beijo!

AnaG. said...

Ouvi-o, pela primeira vez,num concerto numa Igreja, por um "grande" coro. Foi simplesmente arrepiante...
Ainda tenho nos ouvidos "Acordai".

Maria said...

um poema

ana patudos

frog

anag.

Obrigada pela vossa visita.
Foi de facto uma homenagem memorável.

Um abraço, ao som das Heróicas!