Wednesday, December 13, 2006

Frio...

Sinto-te no meu peito
Nos braços, nas pernas,
Sinto-te em mim.

Nos lençóis, o cheiro do amor
E um frio
No espaço que é teu
Que me envolve,
Mas que me gela
Já de saudade
Pela tua ausência...

16 comments:

Anonymous said...

... a saudade mata ...
Beijo;*

Anonymous said...

A saudade é uma gravidez em permanente sobressalto. E se pensarmos bem, são tão bons e diferentes os momentos: a fecundação, a gradidez, o parto...

Não haver saudade é não haver.

Maria said...

a cor do mar

A saudade vai matando... devagarinho...
Mas nós vamos aprendendo a sobreviver e, mais tarde, a viver com a saudade, e com outros amores, e outras saudades, e outros amores.... como se a vida fosse uma roda....

Beijo

Maria said...

pedro branco

É isso, para haver saudade, tem que ter havido....

Maria P. said...

Palavras bonitas...e
...saudade soa como uma palavra doce, e faz sofrer tanto.


Beijinho.

Abelhão said...

Acontece tambem comigo...
Será epidémico, Maria ?
Abelhão (Beeeeezzzzzzzzz)

poetaeusou said...

Saudade.
Ausência Gelada.
Nem o Lençol.
Odorifico.
Com o Cheiro.
Do Amor.
Nos Compensa.
Da tua Falta.
poetaeusou(gelado)

dulce said...

Déjà vu!!
Beijosss

FSilva said...

Maria


Venho dizer-te que se sobrevive, há sempre objectivos a alcançar.

A tua ilha é linda! Só conheço da geologia, da geografia... Preciso de visitá-la.

Quanto ao Anónimo, ele acaba por desaparecer

Um bj

Fernanda

Maria said...

fsilva

Sim, acho que o anónimo desaparece com o tempo... como todos os anónimos...

Bjoca

Maria said...

dulce

et moi aussi...

bjs

Maria said...

poetaeusou

tapa-te bem que a noite tá fria...

Maria said...

abelhão

eu acho que pode ser endémico, não epidémico...

Maria said...

maria p.

saudade - sofrimento - amor - lamento - FADO!

um beijo

Desassossego said...

E que saudade, e que falta me faz...a tua presença.

beijo doce.

Maria said...

desassossego

Obrigada e beijo de boa noite