Sunday, December 24, 2006

CANTATA DA PAZ


Vemos, ouvimos e lemos
Não podemos ignorar
Vemos, ouvimos e lemos
Não podemos ignorar

Vemos, ouvimos e lemos
Relatórios da fome
O caminho da injustiça
A linguagem do terror

A bomba de Hiroshima
Vergonha de nós todos
Reduziu a cinzas
A carne das crianças

D’África e Vietname
Sobe a lamentação
Dos povos destruídos
Dos povos destroçados

Nada pode apagar
O concerto dos gritos
O nosso tempo é
Pecado organizado

(Sophia de Mello Breyner)

32 comments:

poetaeusou said...

QUE SE LEMBREM...
OS QUEM TEM A MESA FARTA...
poetaeusou(sempreaovossoladoirmãos)

Olha o sol que vai nascendo
Anda ver o mar
Os meninos vão correndo
Ver o sol chegar
Menino sem condição
Irmão de todos os nus
Tira os olhos do chão
Vem ver a luz
Menino do mal trajar
Um novo dia lá vem
Só quem souber cantar
Vira também
Negro bairro negro
Bairro negro
Onde não há pão
Não há sossego
Menino pobre o teu lar
Queira ou não queira o papão
Há-de um dia cantar
Esta canção
Negro bairro negro
Bairro negro
Onde não há pão
Não há sossssssssssssssssego
Negro bairro negro
Bairro negro
Onde não há pão
Não há sosssssssssssssssego.
in) Zeca Afonso.

Abelhão said...

E no Iraque e na Palestina.
e, e, e, e, e, e,
e em Portugal, e em Portugal.
e, e, e, .................
Abelhão, BBeeeeeeeezzzzzzzz...

Anonymous said...

Parece que estamos em sintonia!
Um Beijo com odor a mar

O Beco said...

o anonimo sou eu
Bjs

rouxinol de Bernardim said...

UM VOTO SINCERO DE FELIZ NATAL!!!
Parabéns pela opção!

Linda, linda, linda. GOSTEI.

samaria said...

que eu tenha sorte e que possa usar-me para vir a ajudar os mais fracos e excluídos do mundo... que aqui entre os ricos, onde tudo está feito, não me faz sentido viver.
Bjs e bom natal para todos os humanos.
e para os bichinhos também.

A COR DO MAR said...

Sim Maria ......
Sim Poetaeusou.......
Sim, porque entendo.........
Ah Natais......!!!
Ate amanha e fiquem em Paz.
Eu fico por aqui
Beijocas ;****

Pedro Branco said...

Há palavras e sons que me acompanham o ano todo. Os meus dedos não se cansam de os fazer ecoar.

Beijo e boas festas.

Paulo Sempre said...

Mal morre a noite, ainda não nasceu o dia...
Ai Maria, Ai Maria, Ai Maria....
Beijos
Paulo

Paulo Sempre said...

Mal morre a noite..ainda não nasceu o dia. Ai Maria, ai Maria, ai Maria...
Beijos
Paulo

»zé do mar« said...

PARA MULHERES COMO TU. Maria.
Quando a pátria que temos não a temos.
Perdida por silêncio e por renúncia.
Até a voz do mar se torna exílio.
E a luz que nos rodeia é como grades.
in) Sofia de Mello Breyner
»zé do mar«

O Sibarita said...

Olá Maria! É isso... Se todos fizessem sua parte teriamos um mundo mais justo, menos cruel e sem fome!

Belo poema que diz, sim diz...

Feliz Natal para você e familia com mesa farta de paz, esperança, bondade, harmonia e perdão!

Obrigado pelas palavras no nosso blogue, volte sempre...

abraços,
O Sibarita

Maria P. said...

Excelente escolha!

Um Feliz 2007.

Bjos:)

sinais said...

Às vezes sem nenhuma razão plausível que não seja a minha estupidez ou a dos outros lembro-me muitas vezes da primeira estrofe, não conhecia o poema. Adorei a revelação e estou a ficar fã de poetas, nomeadamente de Sofia, graças a muitos blogs. Não me digam que não é um excelente vicio!?

Kalinka said...

Maria, muito obrigada pelas tuas palavras sobre o tal texto tão lúcido, como o definiste.
Dizes que jamais te atreverias a escrevê-lo no blog...
Sabes? há pessoas que me recriminam por isso...mas, que fazer? estou a dizer alguma mentira? quem poderá me castigar por isso? terei poucas pessoas a comentar?...enfim, só sei que aquilo que eu tinha para dizer está dito. Logo que o escrevi pensei proibir a recepção de comentários, mas...curiosamente deixei ficar aberto às pessoas para se manifestarem, vou aguardar.
ADORO CRIANÇAS - trabalhei com crianças durante 12 anos e NÃO ADMITO QUE NÃO SEJAM RESPEITADAS.
só isso!!!

Ainda bem que pensas exactamente como eu. Fico Feliz.

Também te desejo um bom ano de 2007...Para ti um abraço amigo!

Maria said...

Quando postei esta Cantata da Paz assumi que seria apenas um texto de reflexão e, portanto, só agradeceria eventuais comentários no fim.

No entanto, o conteúdo de alguns deles não me permite que os deixe passar sem os referir.

Assim, à


samaria
Pela consciência que tens de que é preciso ajudar a tornar o Mundo melhor e pela tua dádiva, o meu muito obrigada


a cor do mar
Porque me entendes e estamos em sintonia nesta época, a minha solidariedade


pedro branco
Nunca deixes que os teus dedos párem.


sibarita
Nunca te demitas de fazer a tua parte, o meu abraço


kalinka
Por tudo, pelo que me dás a ler no teu blog, por seres como és, por… por… outras coisas, muito obrigada

Luna said...

venho agradecer a tua visita ao meu cantinho.

vemos, ouvimos e lemos, mas continuamos a ignorar por sermos tão egocentricos
beijinhos natalicios

farinho said...

Infelizmente são as realidades do mundo.

Beijocas

Cadinho RoCo said...

Para o pecado o perdão capaz de elimina=lo.
http://cadinhoroco.blogspot.com/

al cardoso said...

"vemos, ouvimos, lemos"

Mais muitas vezes esquecemos!!!

Um abraco serrano.

Leticia Gabian said...

"...Nada pode apagar
O concerto dos gritos
O nosso tempo é
Pecado organizado"

Nem a crueza da verdade consegue romper os tímpanos dos ouvidos mais surdos. Infelizmente.

É said...

Éh.
Só... Os Inteligentes.
É que sabem ser...
Hipócritas...

chuvamiuda said...

................

desejo-te:

Fantástico 2007


Beijinhos e noite serena

Paulo Sempre said...

Do silêncio faço um grito. E o seu eco,aflito, incendeia-me a voz embargada de pranto...mas, por vezes, a liberdade pode estar ao alcance duma mão....
Beijos
Paulo

PS: Obrigado pelo comentário.

https://www.filhosdeumdeusmenor.com

Um Canto de Nome Isabel said...

Cantemos a Paz. Cantemos o Amor.

Maria said...

luna

farinho

al cardoso


Infelizmente assim continua a ser...

Maria said...

cadinho roco

Oxalá assim fosse...

Maria said...

leticia

Infelizmente eles não querem ouvir...

Maria said...

antonio

Absolutamente verdadeiro... e necessário...

Um beijo

Maria said...

A todos quantos comentaram este post sobre a PAZ o meu Muito Obrigada

Luís said...

"O nosso tempo é
Pecado organizado"

Infelizmente... assim é tantas vezes

Maria said...

luís

Este poema tem tantos anos e continua tão actual...
Infelizmente...