Tuesday, March 11, 2008

Aos meus Amigos


UM DIA

Um dia a maioria de nós irá separar-se.
Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora,
das descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos,
dos tantos risos e momentos que partilhamos.
Saudades até dos momentos de lágrimas, da angústia, das
vésperas dos finais de semana, dos finais de ano, enfim...
do companheirismo vivido.

Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. 
Hoje não tenho mais tanta certeza disso.

Em breve cada um vai para seu lado, seja
pelo destino ou por algum
desentendimento, segue a sua vida.
Talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe... nas cartas
que trocaremos.

Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices...
Aí, os dias vão passar, meses... anos... até este contacto
se tornar cada vez mais raro.
Vamo-nos perder no tempo...

Um dia os nossos filhos verão as nossas fotografias e
perguntarão:
"Quem são aquelas pessoas?"

Diremos... que eram nossos amigos e... isso vai doer tanto!
-"Foram meus amigos, foi com eles que vivi tantos bons
anos da minha vida!"

A saudade vai apertar bem dentro do peito.
Vai dar vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente...

Quando o nosso grupo estiver incompleto...
reunir-nos-emos para um último adeus de um amigo.

E, entre lágrima abraçar-nos-emos.
Então faremos promessas de nos encontrar mais vezes
daquele dia em diante.
Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a
sua vida isolada do passado.

E perder-nos-emos no tempo...
Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não
deixes que a vida
passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de
grandes tempestades...

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem
morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem
todos os meus amigos!"

(Fernando Pessoa)

(eu vou ali e depois volto logo, logo...)

72 comments:

Carminda Pinho said...

Mas despacha-te, sem ti o grupo não estará completo...

Beijos

MiE said...

Eu também vou

e

deixo-te um beijo

abraçado

até lá.

Mar Arável said...

NUNCA DEIXAREMOS MORRER

OS NOSSOS MORTOS

ESTARÁS SEMPRE PRESENTE

ATÉ JÁ AMIGA

Um Momento said...

HUm...
A Vida é assim mesmo...
Por mais que tentemos modificá-la é-nos impossivel... mas... os nossos verdadeiros amigos estão sempre e para sempre no nosso coração, por mais longe que estejam...
Vai então Maria, mas volta:)... e ...leva contigo um beijo meu,abraçado em carinho e amizade... bem aí no teu coração:)))

Até já

(*)

FERNANDA & POEMAS said...

Olá minha querida Maria, a palavra AMIZADE, tem muito significado para mim... Jamais a digo, quando não a sinto do fundo do meu coração!!!
Assim, a minha amizade por ti é infinita... Beijos!
Fernandinha

samuel said...

Um beijo.

O Sibarita said...

Ô vamos é é? Não acredito! kkkk
Ô mulher danada meu Deus!

Dona moça vc da uma saudade retada viu?
O poema é belo!

bjs
O Sibarita

Ana said...

Volta, Maria, logo, logo. Sentiremos aqui a tua falta e estaremos aqui à espera que regresses. Os amigos são assim!
Um beijinho.

Ana Patudos said...

A viagem será curta , por isso : até já.
abracinho
Ana Paula

Justine said...

O fernando Pessoa pode estar enganado, não pode? Isso tudo não é inevitável, pois não?
Até já, Maria,~demora o que for preciso, nós esperamos por ti.

Carla said...

triste, mas real.
há sempre alturas em que um amigo se torna apenas uma recordação...e isso dói
beijinhos e parabéns pela escolha deste texto.
volta logo, logo

Maria P. said...

Também me apetece tanto ir!

mas volta depressa...beijinho Maria*

Luis Eme said...

Não conhecia esse Pessoa, tão real... tão este nosso tempo...

Beijos Maria

Catarina Alves said...

Olha, agora pira-se!!!! hihih

***

Era exactamente isto que procurava escrito... vou levar comigo...

Beijinho grande

Nani

rui said...

Olá Maria

Volta logo, porque eu tanbém volto sempre.

Beijinhos

Anonymous said...

Volta sim minha Maria, que fazes muita falta, mais se calhar do que a que imaginas.
Nem sempre comento porque é muito complicado com o pc pré-histórico que tenho no trabalho e em casa o tempo voa... mas passo sempre aqui e gosto sempre do momento que aqui passo.

Um beijo enorme

Vera

Manuela said...

Maria, este poema é inconfundível...
os amigos são tudo o que fica quando todo o resto se vai embora, por isso para mim têm um valor inestimável...
Por isso é que eu faço todos os esforços por não perder nenhum, embora nem sempre o seja possível... mas tanto quanto posso são meus para sempre...
Beijo Grande em Ti
Sabes o quanto Te Gosto.

Tó-Zé said...

lindo post =)
mas eu fico à espera que regresses..e espero mesmo que regresses para encher o meu coração com as tuas doces palavras

beijinhoo

T S said...

Oi amiga
adorei seu blog
convido vc para Lusitana Ilusao
espero que goste
bjs inocentes
ts

anad said...

Adorei o blog. Vou voltar.
Anad

multiolhares said...

cada uma das palavras do poema
contem uma verdade indestrutivel,
ainda que pensemos que é para sempre
ao olharmos para trás vamos contando as perdas

beijinhos
luna

Sophiamar said...

Eu espero, Maria. A tua presença é imprescindível. Amigo é para sempre.

Beijinhossss

estrelanomar said...

Olá!

Quero agora lhe dizer
Que vi o seu cantinho
Gostei de ler e ver
Está muito bonitinho!

Lindo!

Beijos de mar

Nilson Barcelli said...

Este teu post é terrivelmente verdadeiro.

Então vai e volta já...

Beijinhos












Já voltaste...?

joão marinheiro said...

Vai e aproveita para dar um abraço ao mar todo,e depois volta.

Oris said...

Gosto muito deste poema...

Beijito, Maria

Poderoso said...

Vai mas nos estaremos ai a espera.
Mas nao eskeça de nos,pq nos nao te eskecemos.
è lindo esse poema e ainda bem ke já voltou

Poderoso said...

Vai mas nos estaremos ai a espera.
Mas nao eskeça de nos,pq nos nao te eskecemos.
è lindo esse poema e ainda bem ke já voltou

mfc said...

Dói... mas é assim mesmo!

Meg said...

Maria, posso sentir como estás, e essa pressa se ir ali...
Mas cá te esperamos, sempre, deste lado da vida.

Um abraço

amigona avó e a neta princesa said...

Amigo é para toda a vida! Beijos e saudades...

Agulheta said...

Maria.
Adorei e adoro o texto! pois já o publiquei,quero acima de tudo entrar por este espaço e me acolher nesta amizade.
Beijinho Lisa

Sininho said...

Quantas palavras deste poema poderiam ser minhas...

Ando meio desligada da net, em pequenas ausências que me são impostas.

O meu beijinho, Maria.
Até já.

Vieira Calado said...

O Fernando Pessoa mete-nos em cada alhada!...
Cumprimentos

amigona avó e a neta princesa said...

Beijinho, amiga...

poesianopopular said...

Maria
Bem hajas camarada!
Beijo o teu sentimento de amizade!
josé manangão

Ana Luar said...

Não é À toa que a amizade é a mais bela forma de amar.


Neste momento desejo apenas que tu nunca te percas de nós... :)

Gosto-te

Teresa Durães said...

também morreria. até já

Um Momento said...

Passei para deixar um beijo a uma Amiga:)

(*)

Besnico di Roma said...

Se formos honestos teremos que admitir que o homem tinha razão e a vida é assim.
Mas tu Maria, com o exemplo deste texto, afigura-se-me que te estás a “baldar” de ires mostrar a tua Ilha ao Besnico… olha que já falta pouco!

FERNANDA & POEMAS said...

Olá querida Maria, passei por aqui e deixo-te; Muitos beijinhos de carinho.
Fernandinha

malukinha d'arroios said...

maria


há pouco tempo reli este texto e falei sobre amigos/as...

hj passei só para te deixar um abraço, um dia, um dia, talvez me apeteça falar de novo na amizade...

beijos

Entre linhas... said...

A vida n�o � do que uma simples passagem,com as mais variadas componentes...
Bjs Zita

as velas ardem ate ao fim said...

Fico à tua espera.

bjo

JOSÉ FARIA said...

Já cheguei!!!
Desculpem lá o atraso, não volta a acontecer.
Pronto, falta mais alguém ou podemos seguir em frente!
- Claro que podemos e devemos, e os que ainda estão atrasados que se aproximem.
Os amigos são mesmo assim!
Vamos em frente e contem comigo, para contarmos aos presentes os valores daqueles que vão partindo.
Abraços e beijos

Ana said...

Pensava que já cá estavas... e afinal :-(

Beijinhos.

Anonymous said...

Valha-me deus! Se não me livro da ministra da educação como posso vir aqui ver-te, escrever-te, mostrar-me, enfim...
(que chatice!!!)

Talinha

Papoila said...

É a vida....
especialmente a vida citadina. Somos afastados neste corre corre...ficam as memórias.

Beijos
BF

LB said...

... que seria de nós sem eles???

Beijinho

O Profeta said...

O Sol abandonou o céu
A Lua ironiza no celeste
Soltas perversas vontades
Cruzam a tua vida agreste


Convido-te a partilhar a minha visão da forma em
como a vida às vezes é perversa para algumas mulheres…


Doce beijo

Belzebu said...

Chega a ser intrigante a capacidade do Fernando Pessoa falar por todos nós, com uma actualidade e uma sensibilidade só ao alcance dos eleitos! Fico sempre com a sensação de que adoraria ter sido eu a escrever os seus textos e isto não é inveja, é a mais profunda admiração!

Volta quando assim o entenderes, pois sabes que o teu cheirinho a mar faz parte dos nossos dias!

Aquele abraço infernal!

Berta Helena said...

Grande beijinho para ti, Maria.
Fico à espera do teu regresso.

Spectrum said...

Bom repouso se for o caso Maria.
Até breve

tempoparaamar said...

Os amigos mesmo que vão ficam sempre aqui no sentimento e na lembrança, vai mas volta beijo meu até logo

Rosa dos Ventos said...

E pensava eu que conhecia Pessoa!
De facto é tudo tão relativo, até a amizade...

Abraço e não demores

MIMO-TE said...

Vim sentir o cheiro do mar que banha a tua ilha! Vim na altura certa Maria :)))

Deixo-te um abraço sentido e forte!

Beijos
Mimo-te

Tatá said...

Assim como Pessoa, eu também enlouqueceria.

Bjs

Cadinho RoCo said...

Por vezes os caminhos tornam-se um tanto distantes, mas é sempre bom voltar.
Cadinho RoCo

butterfly said...

( eu vou ali e depois volto logo, logo...)

Volta rápido.
Os amigos não partem, viajam e voltam logo, logo.

O Sussurrar do Corpo said...

Um beijo

Adriana said...

Grnde homenagens aos amigos.beijos

herético said...

voltas, claro. todos os teus amigos te esperam.

beijos

zambujal said...

... logo, logo?
mas tardas tanto...
fazes por aqui muita falta!

Filoxera said...

Até breve, então. E que a inspiração continue tão boa como até aqui.
Beijos.

Fernando Santos (Chana) said...

Cara amiga, belo texto...Sem palavras.
Beijos

Maria said...

Fizeram-me tanta falta, todos vós....
Já volto.

Beijos

Blue Velvet said...

Este poema sempre me faz chorar.
Que chatice! :)
Inda bem que só vim comentá-lo depois de etres voltados.
Beijinhos, veludinhos e abracinhos

tufa tau said...

e quando adivinhamos que o fim da "amizade" está por dias?

tufa tau said...

mas sabemos que estes abraços de klimt são eternos...

Maria said...

tufa tau

se o fim da "amizade" está por dias se calhar não há amizade...

fj said...

o FP é um mestre!
nada mais certo...tudo está aqui.
beijos Maria

Maria said...

fj

Ele sabia....
Beijos