Sunday, September 14, 2008

Pele


Foi no meu grito que te perdi. E de tantas lágrimas fiz-me rio e desaguei-me no mar que és. Para onde vou, sempre. À procura do teu abraço que já não tenho. O que me resta de ti é o teu cheiro nos lençóis onde me deito e a saudade do amor que não tivemos tempo para nos dar. A pele, a tua pele, continua colada à minha. De tanto te amar. Na espera suada da morte.

(comentado noutro blog)

43 comments:

Papoila said...

Palavras tão bonitas e sentidas Maria... quando o amor fica na pele até na ausência...é Amor.

Beijinhos
BF

elvira carvalho said...

Um amor assim, dificilmente se esquece. Um abraço e uma boa semana.

pin gente said...
This comment has been removed by the author.
salvoconduto said...

De regresso?

Tantas as coisas que nos colam à pele e nunca mais saiem, para a maior parte delas digo: estou bem com elas.

Abreijo

pin gente said...

já antes estas tuas palavras me tinham tocado... deve ser da pele, da minha com a tua. deve ser da vontade de amar assim, eternamente.
deve ser de também eu ainda sentir o cheiro. ver o olhar. deve ser das minhas lágrimas se juntarem às tuas. um caudal de rio em maré-cheia. uma força de rio na luta da foz. porque é na foz que se ouvem os lamentos do mar e os gemidos do rio. é na foz que eles se entregam um ao outro. braços de rio abraçados com o mar. é na foz que me sento a gritar. me revolto com o tempo a que não tenho direito.
olho as nuvens e suplico-lhes que me arrefeçam a fúria de te ter. e continuo a sentir a tua pele. a ver o brilho dos teus olhos nos grãos de areia que me embrulham e humedecem as pernas... o corpo... a alma! é na foz que te vou procurar! sem nunca te encontrar...


um abraço com a força da foz
luísa

tufa tau said...

de saudade pode morrer-se, maria


vim deixar um beijo e, depois de ler, deixo também um abraço pele com pele.
tens um mimo comigo... (com condições que não gostas - mas sabes que foi por tua causa que as postei? acreditas que o faço com amor? achas que é para brincar?! claro que sim! mas não deixam de ser condições... eheheh).

BEIJO E ABRAÇO

poesianopopular said...

Maria
Que bonita foto, e que belas palavras, doces apetitosas sensuais , ...chega!
Agora diz-me lá, na axas, que tavas demorando muito?
Bjos amiga!
"Cheira a Revolução" vai lá, e diz dá a tua opinião!
àh...podes participar se for teu desejo!Exactamente é um convite!

Leticia Gabian said...

É... Fica na pele... Entranhado, arraigado... Tão dentro que já é mesmo um pouco da gente... Um pedaço na carne... Um fio de pelo... Uma gota em um poro... Fica mesmo na pele... Pra sempre!

Como te entendo, miga-irmã...!

Beijo enorme!

samuel said...

Voltaste!!!

Fica com esta "antiga" Julie London na melhor versão de todas (que eu conheça), desta cantiga.

Abreijos

http://br.youtube.com/watch?v=ByUOFV5TusE

lisse said...

Longas são as noites sem dormir,
na humidade ainda quente dos lençóis.
Na pele o cheiro e o sal. O abraço que ficou e já se foi...
A saudade e a espera, sem as quais a vida não tem côr nem sentido.
Abraço forte
e noite feliz com outros regressos

lisse said...

Parabéns pela sensibilidade das palavras e da fotografia (aqui tão perto...)
Feliz reencontro.

amigona avó e a neta princesa said...

Voltaste querida! Hoje é dia de Flávia mas passei para te dar um abraço...

Destinos Cruzados said...

Maria... :)

Ainda bem que já estás por aqui... fazes-me falta!

... As tuas palavras, essas falam por si.

Beijinho

Fernando Samuel said...

Bonito, mas... o melhor de tudo é o teu regresso.

Um beijo do tamanho da ilha...

dona tela said...

Amoroso, amoroso é o post que acabei de fazer.

Muitos cumprimentos.

em azul said...

(o texto é para quem gostar de o ler, maria. fico contente que me acompanhes)

o teu grito, transformado em procura... vai e vem, como as águas salgadas do mar.
deixo um abraço
em azul

Carla said...

nada mais forte do que as marcas da pele...na nossa pele
boa semana
beijos

Eduardo Aleixo said...

Espera serena
a tua ...onda
do mar imenso
com espuma
que salpica sempre
a tua pele...

Beijo

EA

Justine said...

Poema de amor e foto de amor, sempre em ligação íntima e harmoniosa.

E saudades de te ter por cá...:))
Beijo

mfc said...

A vida é na verdade uma espera!
Só não sabemos bem de quê!

zmsantos said...

Bom regresso!

Beijoca.

Ana said...

Quanta amargura, quanta saudade, quanto Amor...

Bom, muito bom ter-te de volta.
Assim como és.

Beijinho

BlueVelvet said...

Algo me diz que entendi este post de forma diferente.
Se assim foi, entendo que as tuas lágrimas tenham formado um rio que foi desaguar no mar.
E que a pele desse grande amor continue colada à tua.
Muitos beijinhos cheios de saudades

Lúcia said...

Poça, Maria. Isto tocou-me. Tantos amores por viver. Plenamente. Livremente. Que palavras as tuas.
Beijinhos

Rosa said...

Palavras bonitas, sentidas.
O que significa "comentado noutro blog"? - posso perguntar?
Um abraço,
Rosa

AnaMar said...

Pele na pele. A memória dos aromas é muito forte e faz com que permaneça o que pensas ter perdido. Perdeste mesmo?

Com tanto amor essa espera ainda tem um regresso.
Bj

Só Eu said...

Pele.
Já explorei este tema mas, francamente, nada que se compare ao teu texto. Lindissimo.
Beijinhos

Apenas eu said...

sempre o tempo... que nos separa, não nos dando tempo... deixando lugar á saudade que nos inunda como o mar, quando está na maré cheia...

Beijos Maria
de qtgm

Teresa Durães said...

um amor assim não se devia perder

tempoparaamar said...

Linda Maria!!!
Beijinhos Maria

Agulheta said...

Maria. Como fica o cheiro e aromas da pele de quem se ama! Se fica.
Beijinho doce

Maria P. said...

O toque da pele na pele, na pele fica, sempre...

Beijinho*

Cris Caetano said...

Um amor pra vida toda... acho que é o que esperamos nessa vida.

Beijinhos

CNS said...

A tua pele de sal... Lindo.

um beijo

Maria said...

rosa

"comentado noutro blog" significa que foi um comentário que eu deixei por aí, algures, num outro blog...

beijo

Maria said...

Muito obrigada a todos que passaram por aqui.

Beijos

maria carvalhosa said...

Minha querida Maria,
A Nau dos Corvos, esse mar, a nossa ilha, que não avistamos na foto mas que sabemos estar lá ao fundo... à nossa espera. As tuas palavras de amor... esse amor inacabado, talvez não consumado, mas relembrado, sempre, com a mesma intensidade... e que nos faz estremecer por dentro e perguntar :"algum dia serei capaz de amar assim?"

Um beijo com muito afecto.

Carlos Ramos said...

Além da beleza da composição, a foto é da "minha" Nau Dos Corvos...
lugar onde praticamente nasci e retorno muitas e muitas vezes. Parabens pela tocante literatura com que brindas a blogosfera.

Bj

O Sibarita said...

Vixeeeeeeeeee Nossa Senhora do Perpétuo Socorro! kkkk Valhei-me! kkkkk

Dona moça a paixão não é fácil... Mas, isso faz parte, o importante que no cheiro da pele impregnada possamos relembrar os bons momentos vividos.

Dona moça gosto de vê-la sorrindo, o seu poema é por demais bonito e revelador... Será? Ai Deus do céu kkkkk

Epa! Que morte o que fia? Tá cedo viu neguinha? kkkk Não se alerte não fique ai!kkkkk

bjs
O Sibarita

Iveta said...

tanto (a)mar!!!
neste lugar onde o vento nos abraça, os corvos gritao chegadas e partidas, e o mar murmura segredos e (re)voltas. neste lugar de amor e mar, onde lágrimas e sorrisos se confundem no meu rosto, e o vento que nao pára leva com ele os cabelos que voam como os pensamentos... este lugar palco previlegiado de (a)mar! este mar que amo!

obrigada por te-lo trazido até mim... bj

lisse said...

O meu jardim não é mais o mesmo...
Rego alguns canteiros na esperança de ver desabrochar alguma flor.
Até lá o silêncio pesa e sufoca.
Mas venho aqui porque gosto e me identifico.
Gostava de ser menos formal e de me sentir mais "da casa..."
abraço forte

Claudia said...

E depois de tanto tempo sem te ler, tinha que encontrar algo assim. Claro que vindo de ti, nem sei porque ainda me espanto!

Beijo a tocar na tua pele

lisse said...

...será que fiz alguma coisa errada no ultimo comentário?
beijo e uma noite boa