Tuesday, June 02, 2009

Porque me apetece um "martelo" e uma "canção"...



If I had a hammer
I'd hammer in the morning
I'd hammer in the evening
All over this land
I'd hammer out danger
I'd hammer out a warning
I'd hammer out love between
my brothers and my sisters
All over this land

If I had a bell
I'd ring it in the morning
I'd ring it in the evening
All over this land
I'd ring out danger
I'd ring out a warning
I'd ring out love between
my brothers and my sisters
All over this land

If I had a song
I'd sing it in the morning
I'd sing it in the evening
All over this land
I'd sing out danger
I'd sing out a warning
I'd sing out love between
my brothers and my sisters
All over this land

Well I've got a hammer
And I've got a bell
And I've got a song to sing
All over this land
It's the hammer of justice
It's the bell of freedom
It's the song about love between
my brothers and my sisters
All over this land

29 comments:

DelfimPeixoto said...

O quanto eu gosto disto!!!
Xiiii na "mosca"
Jnhs " à S. João" de Braga, claro!

samuel said...

Vai! Martelada e sino... a ver se acordam!

Abreijo.

Ana said...

A força da música e das palavras!

Um beijo, Maria.

salvo said...

Dava-me jeito um martelo, garanto-te que nesto momento lhe dava bom uso. É o que hoje fiz no meu canto, uma martelada em quem a merece. Estou farto de independências. Só conheço uma, a independências dos países e o direito à sua soberania.

Abreijos

anamar said...

Boa noite, Maria!!!
Só uma saudação...
:)))

Carminda Pinho said...

Martelada, precisavam todos estes cromos que nos andam a "lixar" a vida.

Beijos Maria

tulipa said...

Venho por este meio dar a conhecer um projecto da Escola 2/3 Prof. António Pereira Coutinho onde, felizmente, as pessoas (ainda) se "demoram" a SER.
Pois é, com o intuito de ajudar o serviço de pediatria do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa, a professora de Música - Ana Rita Abraão - resolveu desafiar "em tempo de crise" tudo e todos, para esta causa investindo na formação de valores éticos e solidários dos nossos filhos...
Este grupo liderado por uma pessoa excepcional, integra cerca de uma centena de alunos de 5.º e 6.º ( com idades compreendidas entre os 10 e os 12 anos), está a ensaiar (noite e dia, sábados e domingos, férias e feriados) para levar à cena o musical:
Cats (com letras no nosso português, numa tradução e adaptação fantástica). Assim sendo, estão desde já todos convidados para dia 21 de Junho - Casino do Estoril - Salão Preto e Prata - 15 e/ou 18.30h. assistirem a este espectáculo com fins muito solidários.
Os bilhetes têm o preço simbólico de:
adultos (a partir dos 14 anos) - 5 Euros;
Crianças - 3 euros, até 3 anos - grátis
As verbas recolhidas com a bilheteira, a venda de rifas e os patrocínios das empresas revertem INTEGRALMENTE, para o IPO.
Aliás os pequenos utentes desta instituição bem como a equipa médica assistirão ao espectáculo, Um grupo de pais comprometeu-se com os pequenos/grandes artistas actores, bailarinos e cantores, a conseguir outros apoios que permitam montar este espectáculo, até porque, como compreenderão, a escola não dispõe de qualquer verba para custear o evento.
É nesse sentido que conto com o vosso apoio incondicional!
Colaboram com esta causa:
O Casino do Estoril ofereceu Salão Preto e Prata para acolher as duas sessões do espectáculo;
A Empresa Municipal de Ambiente de Cascais (EMAC) que assegurou a montagem do cenário;
Alguns pais que, de uma ou outra forma, já asseguraram alimentação para os actores, um ecrã gigante, a impressão de bilhetes e cartazes, técnicos de som de palco…
Mas ainda assim as despesas são muitas…e há ainda necessidade de tentar aumentar a verba que, de forma "especial" se quer entregar nesse dia às crianças vítimas de cancro...
Peço-vos que ousem abraçar esta causa de uma das muitas formas possíveis de o fazer:
- simplesmente reencaminhando este meu e-mail para alguns dos vossos contactos;
- simplesmente disponibilizando o dia 21 de Junho de 2009 para assistirem a um dos 2 espectáculos (15h ou 18h30) em causa;
- oferecendo um bem ou serviço para que possa ser sorteado;
- simplesmente aceitando patrocinar este evento, oferecendo donativos, patrocínios ou quiçá até alguma outra ajuda técnica para que o evento decorra de forma cada vez mais solidária e profissional (gravação de imagens em vídeo para subsequente venda de DVD; CD, reportagem fotográfica; brindes com gravação de foto do grupo de actores/cantores/dançarinos; hipótese de divulgação em revistas, jornais, televisões, etc...)
É preciso conhecerem empresas com seres humanos cheios de um verbo, cada vez mais, em vias de extinção" "DAR"!

Beijinhos.

A CONCORRÊNCIA said...

E a cantiga pode e deve ser realmente uma arma ...

Beijos grandes

AnaMar (pseudónimo) said...

Pete Seeger...
Maria fazes-me recuar no tempo em doces lembranças de mim.
Obrigada e um beijo terno.
De saudade.
(Volta depressa)

escarlate.due said...

xxxiii o que me fizeste recordar... :)

Emigrante said...

Ui...
Que bom começo de dia, com este som...
Um beijo Maria


Teresa

utopia das palavras said...

Demais...Maria! Sabes que ontem estive a escrever sobre Pete Seeger e a canção We Shall Overcome, a propósito de um trabalho para a escola sobre o Festival "Dêem uma Oportunidade à Paz" em 1983, no Carvalhal (será que estiveste lá também?).
E hoje Pete Seeger novamente, não me canso de o ouvir!

Beijo

anamarta said...

Excelente escolha!
Precisamos mesmo de uns bons martelos para correr com esta gentinha que nos desgoverna à martelada!
um beijo

Baila sem peso said...

É uma melodia bem martelada :)

E com sinos a tocar
sobre a terra a cantar!
Sobre um amor a unir
o que se pretende libertar!

Apeteceu-te muito bem, pois então!
Paz, Maria...e muito pão!!

Beijinho e boa semana

Rosa dos Ventos said...

Há que séculos que não ouvia esta canção!
Obrigada!
Dava mesmo jeito um martelo, em certas ocasiões...

Abraço

Cris Caetano said...

Agora ando mais calminha, mas há dias, um martelo me dava um jeitão. :)

Beijinhos

Agulheta said...

Maria. Disseste martelada? Eu dava com boa vontade,nas cabeças duras e nem diziam ai?deixa estar calada,quem lê pensa que sou mulher da força,mas não, gosto de paz e liberdade em todos os sentidos.
Beijinho amigo da Lisa

asas said...

faço coro Maria :)

O Sibarita said...

É isso a força das palavras casando com a música, beleza de creusa! kkkkk

Essa Maria é demais, sabe sempre das boas coisas!

É por isso, só pode ser... kkkkkkkkk

bjs
O Sibarita

Fernando Samuel said...

E a verdade é que, para o efeito, não podias escolher melhor.

Um beijo grande.

Leticia Gabian said...

Mais uma viagem no tempo!!!!!

Beijo enorme, AICeT

Manuela Fonseca said...

Adoro isto! Possa, que se há coisas que me fazem vibrar são coisas assim!

Obrigado Maria!

Beijinhos

Pitanga Doce said...

Quando li o título pensei: a Maria esta em terras das Beiras. Porque por lá "um martelo" é um copo. hehe

Conheço a música cantada pela Rita Pavone, quando eu tinha dois anos. hehehehehe

Maria P. said...

Hoje era mesmo só o martelo!Dias...

:)Beijinho, minha Maria*

A.S. said...

Maria... Fizeste-me recuar no tempo!
Mas um martelo fazia um grande jeito!!!


Beijos...

Maria said...

Obrigada a todos por terem passado aqui.

Beijos

pedras contra canhões said...

peter, paul an mary. bem giro!

Joao P. said...

Maria:

Excelente escolha! Aos anos que não ouvia e continua muito actual!

Vai uma martelada a 7 de Junho?

beijo

João

Ana said...

Ora empresta aí o martelinho para eu dar nos penteados da A.G. e do P.P., hehehehe.

A foice deixo para ti:)))))

Beijinho