Friday, June 19, 2009

Solidão


Reconheci-te no meio da multidão. De peito rasgado e sangrando. De dor.
A solidão tinha tomado conta de ti e a escarpa ali em frente.
O precipício. A vertigem. No meio do mar de gente.
Abracei-te no meio da travessia. De peito aberto, a cantar. De alegria.
A solidão ao lado, doce amante e bela, vestida de branco.
A força. A luta. No meio do mar de gente.

30 comments:

Luis Eme said...

o meio... da multidão,

também rima com solidão...

beijinho Maria

Delfim Peixoto said...

Eu sei o que isso é... e percebi bem o que escreveste... acho eu :(
jnhs

Cris Caetano said...

Engraçado... pensei em ideologia...

Beijinhos

anamar said...

DIFICIL COMENTAR...
ABRACINHO...
:))

Joao P. said...

Maria:

leio como o poema do encontro!

E é lindo

Este encontro no mar de gente

Beijo

João

salvoconduto said...

ma das formas de combater a solidão é não ficarmos para trás, oh companheira.

Abreijos.

Vieira Calado said...

Olá, amiga!
Achei o seu texto (poema) muito interessante.

Bjs

Violeta said...

São momentos dificeis mas que temos que tentar ultrapassar para que a solidão não tome conta de nós.

Eu said...

Estive ha pouco tempo no meio dum mar assim, e ainda doi...

Carminda Pinho said...

No meio da multidão ela, a solidão, é muito mais triste.

Upa, Maria!
:)
Beijos

simplesmenteeu said...

Mesmo no meio da multidão, os olhos se encontram e as vozes se reconhecem.

No meio da travessia, o abraço é, muitas vezes, um gesto de salvação.

Beijo grande.Sempre

Menina do Rio said...

Mesmo em meio a um mar de gente
a solidão está presente...

Um beijo

zmsantos said...

Solidão e dor, sempre de braço dado.

Lindas, as palavras, como sempre...

Beijos!

A CONCORRÊNCIA said...

E o desafio é vencê-la. Vencer a solidão. Desviar o nosso olhar para tantos que nos podem e querem ajudar. É só permitir-mos essa ajuda, se conseguirmos ...

Beijo ... grande !!!

Entre "linhas" said...

A solidão contraí e dilacera os músculos dos sentimentos,tornado-os inertes..."no vazio de ma de gente."

Bjs Zita

Pico minha ilha said...

Que essa força, essa luta, cante e vença no mar de tanta gente.Um beijo Maria

PreDatado said...

A alegria do encontro faz esquecer a dor e.. adeus solidão.

Arabica said...

Que hajam sempre abraços.


Beijos, bom fim de semana!

Fernando Samuel said...

«Não se pode fazer nada sem a solidão» (Picasso)

Um beijo grande.

Papoila said...

A força a Luta sempre ...
Não fosses tu uma Mulher de peito aberto :)

Beijinho
BF
Bom Fim de Semana

Princesa said...

"...Amigos são anjos que levantam nossos pés
quando nossas asas se esquecem como voar..."

Bom fim de semana
um beijo

Agulheta said...

Quantas vezes no meio de tantos,estamos mais tristes e só,adorei as palavras e como hoje estou com pressa! vou deixar aquele abraço e beijinho amigo,Bfs Lisa

A.S. said...

Querida Maria...

A vida é feita de contrastes!
A pior das solidões é aquela que sentimos, apesar de acompanhados!...


Beijos...

elvira carvalho said...

A solidão é a mãe de muitos suicídios.
A vida é uma corrida de obstáculos e há quem desista a meio.
Um abraço e bom fim de semana

Anonymous said...

Solidão, é mesmo isso:
"É estar só no meio da multidão"

Na luta, a solidão é preenchida por quem está nela, ao nosso lado.
Dizem que nas vitórias, o medo foi o companheiro de muitos heróis.

Quantas imagens podem acudir ao pensamento com sete linhas de palavras?
E se em vez de "Aleph" fosse "O Tempo"?.

Aten

Lúcia said...

Aquela força nas palavras, Maria. Arrebatador!
Beijinhos e bom fim de semana

Maria P. said...

Solidão|multidão, para pensar...

Beijinho, minha Maria*

mjf said...

Olá!
Um texto expectacular...
Que maneira horrivel...de nos sentirmos só, no meio de uma multidão...
Força, coragem, amor proprio e muita esperança, são precisos:=))

Beijocas
Bom fim de semana

AnaMar (pseudónimo) said...

Olha ali, nomeio da multidão, um pouco mais à esquerda...Não me vês? Sou eu!

Senti esse abraço, como se fosse para mim.
E fiquei mais forte, menos só e a regressar a mim.

1001 Bjs

(Desculpa se te roubei o abraço, mas estava mesmo a precisar)

Ana said...

Solidão, vertigens, alegrias tristezas... com tudo isto se tece a vida...

Beijinho