Friday, October 09, 2009

Música para o fim-de-semana



De chrysanthèmes en chrysanthèmes
Nos amitiés sont en partance
De chrysanthèmes en chrysanthèmes
La mort potence nos dulcinées
De chrysanthèmes en chrysanthèmes
Les autres fleurs font ce qu'elles peuvent
De chrysanthèmes en chrysanthèmes
Les hommes pleurent les femmes pleuvent

J'arrive j'arrive
Mais qu'est-ce que j'aurais bien aimé
Encore une fois traîner mes os
Jusqu'au soleil jusqu'à l'été
Jusqu'à demain jusqu'au printemps
J'arrive, j'arrive
Mais qu'est-ce que j'aurais bien aimé
Encore une fois voir si le fleuve
Est encore fleuve voir si le port
Est encore port m'y voir encore
J'arrive j'arrive
Mais pourquoi moi pourquoi maintenant
Pourquoi déjà et où aller
J'arrive bien sûr, j'arrive
N'ai-je jamais rien fait d'autre qu'arriver

De chrysanthèmes en chrysanthèmes
A chaque fois plus solitaire
De chrysanthèmes en chrysanthèmes
A chaque fois surnuméraire
J'arrive j'arrive
Mais qu'est-ce que j'aurais bien aimé
Encore une fois prendre un amour
Comme on prend le train pour plus être seul
Pour être ailleurs pour être bien
J'arrive j'arrive
Mais qu'est-ce que j'aurais bien aimé
Encore une fois remplir d'étoiles
Un corps qui tremble et tomber mort
Brûlé d'amour le cœur en cendres
J'arrive j'arrive
C'est même pas toi qui est en avance
C'est déjà moi qui suis en retard
J'arrive, bien sûr j'arrive
N'ai-je jamais rien fait d'autre qu'arriver

(especialmente para os Amigos que gostam de Brel tanto quanto eu)

26 comments:

Maria said...

É muito gratificante fazer o trabalho que estou a fazer onde o estou a fazer. Hoje é o último dia. Depois volto.

Bom fim-de-semana a todos.

Beijos

salvoconduto said...

Vê lá não te distraias, volta e vota.

PS - Fizeste alterações na caixa de comentários? Agora é obrigatório ter uma conta no Google? Não estás a discriminar outras contas?

Abreijos.

Cris Caetano said...

Não demores, passei a semana toda achando que o blogspot nao atualizava os teus posts hehe e vinha aqui dar uma espiadinha. :)

Brel é estupendo!

E ri do comentário do nosso amigo. :)

Beijinhos

Meg said...

Maria,

Ainda guardo os recortes dos jornais do dia em que nos deixou... já lá vão mais de 20 anos...
Ainda guardo todos os discos de vinil, long-playings, lembras-te?

Boa sorte para as tuas tarefas, que o fim de semana seja como desejas.

Um beijo deste nosso lado

Meg said...

Ah... já estás actualizada lá em casa...
Beijo

anamar said...

estou no grupo dos fãs...
Bom fim de trabalho...
que regreses satisfeita!
Abracinho!
:))

Maria said...

salvoconduto

Já alterei. Mas o que eu queria mesmo era que os 'chineses' ou lá quem é não viesse práqui escrever coisas.. ora bolas...
Por isso fechei a anónimos. Agora tens também ID.

Abreijos

lua prateada said...

Obrigada por nos deixares esta maravilha entre nós para o FDS.
Obrigada...
Beijinho prateado
SOL

GR said...

Só falta 1 dia e depois, viva a blogosfera.

Um enorme bj,
GR

A CONCORRÊNCIA said...

Quem pode não gostar de Jacques Brel, quem pode não gostar de ouvir quem acima de tudo canta com a alma ?

Beijo e até já ...

Sérgio Ribeiro said...

Não podias ter escolhido melhor para o fim de semana. Obrigado, Maria.
Até para a semana!

Beijos

Ana said...

Moi, j'arrive encore sans chrysanthèmes...

Tudo muito murcho por estas bandas.
Vou recomeçar as visitas, a pouco e pouco, deixando os postes para quando a disposição o permitir.

Um beijo grande para ti, Maria.

PS- Brel, sempre inesquecível.

mfc said...

...e escolheste logo uma daquelas minhas preferidas!
Mas de que é que não se gosta de Brel?!

rascunhos said...

há quanto tempo não ouvia ...

bjs

Fernando Samuel said...

O Brel é assim como que de outra galáxia...

Um beijo grande.

Justine said...

À chaque fois plus solitaire...

Esta é sempre um murro no estômago, por mais vezes que se ouça...

Rosa dos Ventos said...

Eu gosto!
Merci!

Abraço

Violeta said...

que saudades...
obrigada!

Filoxera said...

... et je part.
Beijos.

Agulheta said...

Maria. Grande Jacques Brel,jamais será esquecido.Bom trabalho onde estejas?
Beijinho bfs
Lisa

margusta said...

Querida Maria,

...é tão bom quando nos sentimos realizados naquilo que estamos a fazer!

Gostei da tua musica para o fim de semana...gosto de todos os géneros de música.

Obrigada pelo teu carinho e conselhos...o tempo tudo suaviza...mas tem dias....

Um Abraço bem apertadinho,
Margusta

Nanda said...

Vi o Brel, aqui na ilha, numa estada no seu iate.

tulipa said...

HOJE faço uma homenagem à minha sobrinha Tânia do Bookcrossing, falecida em Março passado:

Minha querida, um “grande amigo” recente, também da blogosfera, mas já real, em Abril passado, já depois da tua partida para sempre da minha vida, fez o percurso “Caminhos de Santiago” ( conheceu-te através de mim, do meu sofrimento, da partilha de emoções) e, juntamente com os seus companheiros de caminhada rezaram por ti e fizeram uma oferta pela tua alma, deixando no local um símbolo e umas florzinhas do campo.
LINDO, não é?
Aqui estão duas imagens desse “momento”.
Faço-te homenagem nos meus dois blogues, neste "teu dia".

Parapeito said...

Gosto sempre de te ver no Parapeito :)
e tambem gosto sempre de escutar Brel...Obrigada
Um fim de semana cheio de brisas doces para ti****

Maria said...

Brel é eterno.
Obrigada por terem passado aqui.

Beijos e bom domingo

Joao P. said...

Maria:

Foi a primeira vez que li o texto assim (só ouvia a música)

É fabuloso de facto.

Faz-nos falta o Brel!

beijo

João