Wednesday, October 28, 2009

Vôo

Mesmo de asas cortadas os pássaros podem voar. É uma questão de tempo e aprendizagem. Pássaro que é pássaro nunca deixa de saber voar. Mesmo que se perca. Mesmo que fique retido pelo cinzento da chuva. Os raios de sol hão-de surgir e o pássaro poderá secar as suas penas e sacudir as suas asas. E, sem espanto, tranquilamente, levantará vôo...

34 comments:

Cris Caetano said...

É verdade... e podem cortar nossas asas e elas podem custar a crescer, mas nunca esquecemos como é que se voa. :)

Beijinhos

heretico said...

sem nunca perder o norte e a razão do voo...

muito bonita a forma como dizes.

beijo

salvoconduto said...

Olha que há alguns, melros, que nunca mais os vi voar, mas estão pousados em galhos altos... Tenho que fazer uma fisga.

Abreijos.

Vanda Paz said...

é isso sim

beijos

AnaMar (pseudónimo) said...

Voar num pássaro, é como respirar.
Mas a alguns quebram-se-lhes as asas e há que os ajudar a recuperar. No entanto mantêm o instinto do voo.

(Sim, vou-me já deitar :-))
Abreijos

simplesmenteeu said...

Mesmo de asas cortadas. Mesmo que a chuva lhes torne as penas mais pesadas. Haverá sempre um raio de sol que os fará retomar o prazer e a necessidade de voar.

Beijo enorme e de Sempre

samuel said...

...como ordena a Natureza! Como aconselha a poesia!

Abraço.

zmsantos said...

Mesmo com as asas cortadas há sempre o voo das ideias, e a essas não há machado que corte!

Beijos, muitos!

Teresa Durães said...

eu levantei! demorou mas as asas lá tiveram vontade de voar. contudo, com esta chuva enganadora de um presente outono, nunca saberei quando preciso de pousar de novo

A CONCORRÊNCIA said...

É uma questão de tempo, é uma questão de esperança, é uma questão de força, é uma questão de nunca, mas nunca desistir ...

Um beijo

Fernando Samuel said...

E seguirá, pelo caminho das aves...

Um beijo grande.

viajantes said...

lindo, maria!!!!
gostei mesmo.
abraço!!

Leticia Gabian said...

Se temos as asas em condições, ótimo!
Mas, se não as temos, planamos e voamos igual com as asas sobressalentes... Aquelas que, por serem invisíveis, não podem ser cortadas por senhor ninguém.

Beijo enorme, AICeT

Meg said...

Maria,

E que a ti nunca sejam cortadas as asas do pensamento... voarias apesar de tudo e de todos.
Vertical como és.

Um beijo deste lado

Pico minha ilha said...

Mesmo com dias cizentos e um pouco perdidos, sempre encontramos o caminho e, novo vôo seguiremos.

Que não nos cortem as asas, nunca.

Um beijo Maria

Ana said...

É bom acreditar que se pode voar com asas renascidas!
Gostei muito, Maria!
Um beijo.

Apenas eu said...

olá Maria!
depois de te ler, acho que te posso dizer que tal como um pássaro eu vou voar :) gosto muito e sempre da tua forma de nas tuas outras palavras eu conseguir imaginar as minhas.

um grande beijinho.

Maria, se eu quiser voar ajudas-me?

clic said...

Aposto em ti!... :)

Agulheta said...

Maria. Jamais as assas devem ser cortadas,mesmo sendo conseguimos sempre voar em pensamento.
Beijinho fica bem.
Lisa

CNS said...

Mesmo de asas cortadas os pássaros TÊM que voar...

um beijo

Brancamar said...

Passo por este ensaio para um voo mais vasto. Voemos pois, sempre com sonhos de liberdade e paz.
Deixo beijinhos

Joao P. said...

Maria:

Mas é que concordo em absoluto. Este post é para afixar em todas as paredes da casa e para ler sempre quer seja antes ou depois das refeições.

Mas é que faz todo o sentido

Beijo

João P.

Filoxera said...

Todos temos de recuperar a capacidade de voar. Começa na cabeça e, depois, estende-se ao resto de nós.
Um xi!

Pitanga Doce said...

Sim! Pássaro que é pássaro nunca deixa de saber voar. Eu que o diga que hoje sinto-me uma gaivota!

boa noite Maria. Dormes?

amigona avó e a neta princesa said...

As tuas palavras falam de LIBERDADE!
Beijo-te Maria...

Rosa dos Ventos said...

"Não há machado que corte
A raíz ao pensamento..."

Abraço

Joao P. said...

Fora de contexto!

Que inveja! Espero que o concerto seja ainda melhor do que os de Lisboa (se é que isso é possível)

Beijo

João

ausenda said...

Sempre...sem espanto, o voo dos resistentes!

Beijo

GR said...

Pela Liberdade tudo é possível, haja vontade.

Bjs,

GR

margusta said...

Ainda tenho muito que aprender Maria... Não é que estejam cortadas, mas estão feridas...

LINDo este teu vôo!

Beijinhos e Abraço apertadinho em ti!

Maria said...

Muito obrigada por terem passado aqui.
Bom fim-de-semana

Beijos a todos

O Sibarita said...

Isso mesmo dona moça, cortar o que? Oxente, tem que voar e acaso se perca (kkkkk) será um parendizado que logo encontrará um novo caminho, ai Jauá! kkkkkkkkkkkk

bjs
O Sibarita

Parapeito said...

:) Que o Sonho nunca baixe as asas ****

caroline lopes said...

que lindo. e que deixem os pássaros voarem longe. assim como você.