Thursday, February 25, 2010

Tragédia anunciada?



Este video é de 2008. Foi-me enviado por mail, pedindo a sua divulgação. Para quem quiser ver...

24 comments:

C Valente said...

A nossa solidariedade pelos atingidos, e pelas perdas de vidas
Saudações amigas

Patudos do Paúl said...

Sabes amiga, o povo madeirense está a pagar caro infelismente, a má gestão do político Alberto João .
Faz-me muita impressão a sua frieza a lidar com a situação.
O video diz tudo.
Mas os bens materiais ficaram em primeiro lugar infelizmente

Ana Paula

Filoxera said...

Pois, os interesses falam mais alto...
:-(

GR said...

Para A. J. Jardim,
Mais importante que as pessoas, é o dinheiro.
Mais importante que a mágoa dos que morreram, é a festa das flores.
Mais importante que prevenir para minorar catástrofes, é fazer obras a qualquer custo, mesmo pondo a população em risco.
Até quando este povo vai continuar a votar Jardim?

Bjs,

GR

Manuela Freitas said...

Olá Maria,
Agora é tempo de resolver problemas, mas depois seria bom rectificar erros cometidos, o mal é o Jardim ser um grande «casmurro»!...Tem sido um parvalhão, não quer considerar a situação como uma calamidade, mas depois em entrevista fala em calamidade!...
Beijos,
Manuela

Memória de Elefante said...

Minha solidariedade.
Lembrei da tragédia no final do ano aqui no Brasil em Angra dos Reis.

Sempre nos faz pensar!

Um beijo

Teresa Durães said...

e pensando no teu Label "Ordenamento do território". Alguma vez foi feito neste país desorganizado?

Cris Caetano said...

Acho que sim e dou o exemplo do que aconteceu por anos no Rio. No verão, as favelas se desbarrancavam morros abaixo, até que resolveram fazer trabalhos de contenção de encostas e freiaram um bocado as construções. A terra fica saturada de água e há as derrocadas.

É impressionante como ficou a Madeira depois desse desastre. O que diz o vídeo impressiona porque todo mundo sabe o que pode acontecer mas como não acontecia deixava-se prá lá até que um dia deu-se uma catástrofe como foi a última na Madeira.

Não se pode construir indiscriminadamente, o Ordenamento de Território e o Planemento Urbano não são palavras bonitas apenas, são pra serem seguidos. E meus colegas (arquitetos/urbanistas) que trabalham na Câmara sabem disso.

Beijinhos, Maria e bom fim de semana.

amigona avó e a neta princesa said...

TAL E QUAL AMIGA, TAL E QUAL!!!
e agora - responsabilidades? Não há! - dizem eles! Só a mãe Natureza!

Fernando Samuel said...

As negociatas estão sempre acima dos interesses e dos direitos do povo.

Um beijo grande.

Licínia Quitério said...

Por vezes parece que a natureza se encoleriza com os erros dos homens.

Ana said...

Será que a tragédia pode levar a que se tente evitar nova calamidade? Ou serão todos os responsáveis por este país surdos e cegos?

Obrigada, Maria, pela divulgação!
Um beijinho.

Justine said...

Já o vi em vários blogs - e porque será que isto não me admira?

OUTONO said...

A natureza...manifestou-se. Infelizmente ...com danos humanos.
Há responsáveis!!!!

Maria said...

Este video, feito há dois anos, vai martelar na cabeça de muita gente...

Bom fim-de-semana a todos
Beijos.

Agulheta said...

Maria. Sabes uma coisa,"quanto mais me bates,mais gosto de ti"é isso que fez o povo da Madeira até agora! Daqui pra diante veremos,como será.Pobre de quem ficou sem nada e seus familiares.
Beijinho e bfs Lisa

heretico said...

video bem oportuno

beijos

soggyscheme said...

passei e gostei. tens um espaço bastante informativo e completo. uma abordagem à cultura literária muito cuidadosa e agradável de se ler e a tudo o que se faz de bom em Portugal.

Joao P. said...

Maria:

É verdadeiramente impressionante e profético!

Irra! Quanto vale uma vida humana?
Quanto vale a iressponsabilidade?

Beijo
João

Rosa dos Ventos said...

Que pelo menos agora abram os olhos para verem onde leva a ganância e a ignorância!
O pior foi ser à custa de vidas e bens...

Abraço, Maria

paula barros said...

Infelizmente, assim feito em Angra - Rio de Janeiro em janeiro, também aconteceu uma catastrófe, já anunciada, o ruim é que sempre há mortes.

E pior ainda, não há mudança nas mentalidades, nas atitudes, nas políticas públicas.

abraço

Duarte said...

Que tragédia! Que terá passado no Curral das Freiras?!
Casa roubada trinco na porta...

Beijinhos

duarte said...

e agora?
como vai esse governo regional pensar o futuro?
será que vamos ter fogo de artificio na passagem de ano?
nada! será sempre a mesma porcaria de sempre!
e do povo, virá sempre a mesma cega e amorfa atitude.
é pena?
pois, que se pode fazer quando o povo assim quer?
agora foi esta tragédia. mas , e Lisboa? será que está bem preparada?
fico triste, pelos que perdem tudo, pelos que perderam a vida.
mas fico enraiveçido pelos que permitem que se transgrida, pelos arranjinhos e tachinhos, pelos desrespeitos constantes, etc
abraço do vale

Cláudio J. Gontijo said...

Maria.

É muito triste nos depararmos com duras respostas da natureza.
Estancadas em um primeiro momento e, agora, preparadas na lente de aumento pelo descaso do homem.
Que a luz plena da criação possa nos proteger.

Felicidades em sua jornada!