Thursday, March 18, 2010

**

pouso no teu olhar
como ave migratória
chegada de longa viagem

no silêncio da noite
afago os teus dedos
de onde fluem as palavras

aquieto-me quando
te moves em direcção a mim

é tão lento o teu passo
tão distante o teu abraço
que nem o cio se abre em mim!

31 comments:

quicas said...

Poema cheio de sensualidade e encanto, apesar da distância que, aparentemente, separa os amantes!
Beijocas

Leticia Gabian said...

Êita!
As tuas palavras, Maroca, sempre tão tão tão tão TUDO!

Beijão, AICeT

Agulheta said...

Maria. Lindo este sentido das palavras aqui escritas.
Beijinho
Lisa

Memória de Elefante said...

Maria!
Que lindo!

É no reino do silêncio,mais do que o das palavras onde tudo pode ser dito e desinventado:as entrelinhas transbordam dos teus contornos...


Um beijo

anamar said...

Maria, maria, maria...
Beijinho
;):))

salvoconduto said...

São porventura aqueles a quem chamo "Pepes Rápidos", tão rápidos, tão rápidos que correm o risco de antes o serem já o eram que ningué por isso mesmo dá por eles.

Abreijos.

Ava Santos said...

Simplesmente adorável Maria!

Um beijo Ava

Delfim Peixoto said...

O sentido das palavras sentidas...
Bjnhs....

Justine said...

Nostálgico, Maria, muito nostálgico e muito belo...

A.S. said...

Maria...

Que beleza de poema!!!
Como são curtos os braços para um abraço tão longo...

Beijos
AL

samuel said...

Muito bonito. Que final!...

Abreijo.

Alien8 said...

Belas palavras, as tuas.

Baila sem peso said...

Palavras tuas sentidas
belas gotas por alguém bebidas...
e em taça vermelha, servidas!!

Beijos

margusta said...

Querida Maria,

...Gostei tanto, mas tanto deste teu poema!!!

Beijinhos amiga!

Meg said...

Maria,

Palavras intensas que não me atrevo a comentar.
Lindo, Maria!

Um beijo, de cá!

Maria P. said...

Que lindo...

Beijinho, minha Maria*

Filoxera said...

Há um passo que falta dar, uma distância que é preciso quebrar...
Beijos.

Joao P. said...

!?

Que bonito Maria

beijo

João

Carminda Pinho said...

Vim ler-te ao romper do dia, Maria.
Gostei, muito.
:)
Beijos

mdsol said...

Muito bem, Maria

:))

Duarte said...

... dedos que falam, que transmitem emoções, que dão vida.

Sensibilidade na palavra, beleza no perceber...

Beijinhos

Apenas eu said...

muito lindo este teu poema.
como tantos outros teus.
afinal são as Tuas palavras!

beijos Maria gaivota.

heretico said...

cio cioso de si!...

muito bem, Maria!

beijos

Fernando Samuel said...

É bonito - e mais não digo.

Um beijo grande.

Maria said...

Muito obrigada por terem passado aqui.


Beijos a todos.

Só Eu (Ricardo) said...

É tão lindo o teu passo,
tão perto o teu abraço
que as palavras se abrem em mim!

Maria, Maria! POETISA!
Beijinhos
Ricardo

Cris Caetano said...

Isso é lindo, Maria!

Beijinhos

Ana said...

Tão belo este voo!
Um abraço bem perto e amigo.

duarte said...

belo.
são muitas as distancias que podem separar sentimentos.
abraço do vale

arabica said...

Maria, ainda que lamentando o pouco tempo que estivemos juntas, gostei tanto tanto de te conhecer!

E nunca mais cantaremos no mesmo sitio sem nos reconhecermos! :))

Um abraço feliz!

Vanda Paz said...

está lindo de+

beijo enorme