Tuesday, March 06, 2012

No 91º aniversário do meu Partido!


MEU GLORIOSO PARTIDO


Meu glorioso Partido
Comunista Português,
ao dares-me à vida sentido,
deste-me a vida outra vez.

Na multidão já fui só.
Hoje, em mim, sou multidão.
Basta-me aceitar que sou
como os demais homens são.

O olhar antes estreito
em redor passou-me a ver.
Meu coração no meu peito,
oiço-te noutros bater.

A voz que isolada era
fundia-a numa maior.
Fez-se-me a dor primavera
e a desconfiança amor.

A própria pátria que eu tinha,
idêntica a não ter nada,
de alheia voltou a minha,
pelo teu dom reconquistada.

Meu glorioso Partido
Comunista Português,
ao dares-me à vida sentido,
deste-me a vida outra vez.


Armindo Rodrigues

5 comments:

Mar Arável said...

Bjs tantos

mfc said...

Todos temos que sentir um sentimento de pertença!
E esta é uma forma linda de como esse sentimento se pode expressar.
Parabéns e um beijo enorme.

Nilson Barcelli said...

Não tenho partido (sou do SLB), mas gostei muito do poema.
O Armindo não é apenas comunista, também é poeta.
Beijos, minha querida.

Rogério Pereira said...

"A própria pátria que eu tinha,
idêntica a não ter nada,
de alheia voltou a minha,
pelo teu dom reconquistada."

heretico said...

beijos e beijos.

grato