Thursday, May 15, 2008

Recado para Chico


Estou cá na festa
A Primavera de que falas já foi Verão
O cravo que tu querias
A flor do meu jardim
Já passa sem se ver de mão em mão

Há tanto mar mas pouco tempo p'rá chegada pá
Traz o cheirinho de alecrim que te mandaram
E se ele não fizer falta
Tu sabes bem que a malta
Devolve é porque os tempos já

Tanto mar nós aqui
Esperando você
O cravo à espera
Mas tanto mar
Milhões de abraços
P'ra navegar

Não temos morro temos lata é o mesmo pá
Não temos samba mas temos fado e futebol
Cuica e tamborim
Viola mais guitarra é bom
Mas não se vive só com o sol

Quando vieres eu estarei cá com a nossa gente pá
Já não vens cedo mas eu sei que há tanto mar
É dura a festa aqui
É tal e qual o samba ai
Vem cá pois é preciso navegar

(Paulo de Carvalho)

35 comments:

Maria said...

A colocação deste post vem no seguimento da canção “Tanto mar”, do Chico Buarque, e que originou troca de informação em comentários.
Encontrei nos meus discos esta canção que o Paulo de Carvalho dedicou ao Chico, tentei encontrá-la no Youtube mas não existe por lá.
Não conseguindo colocar aqui a música, fica o poema... ☺
Obrigada.

samuel said...

E assim, palco a palco, estandarte a estandarte, rua a rua, casa a casa, se foi sistematicamente e subterraneamente estragando a festa... mas algo me diz que a "comissão liquidatária" não primou pela competência, a julgar pelos sons de velhas e novas cantigas cantadas por velhas e novas vozes, que me vão chegando aos ouvidos, hoje aqui na rua, ontem ali numa pequena sala, e noutra e outra e amanhã...

Abreijo

Ana said...

Não me lembro de ter ouvido este recado para Chico. Obrigada por divulgares, Maria.

Samba ou fado, duas faces da mesma música...
Um beijo.

isabel said...

eu lembro-me!

era dura a festa. e continua...

valem os amigos. a liberdade (que deve andar por aí)

avelaneiraflorida said...

Que bom recordar esta canção!!!!
brigados!!!!

bjkas!!

O Profeta said...

Paulo de Carvalho, um grande amigo...


Solta nota de uma flauta
Um retrato preso à mão
Um tambor fora do compasso
Segue o bater de coração


Convido-te a partilhar as emoções
Deixadas pelos ponteiros de um relógio…


Doce beijo

Lúcia said...

Oh, Maria - então é esta a famosa resposta do "Sérgio", que eu tanto procurei?! Afinal é do Paulo? Bem,estou curiosíssima para ouvir a música.

Obrigado por, num post, me dares o que ando há procura há alguns anos...
Só por isto envio-te um repenicado e sonorento Beijo na Testa!

pin gente said...

maria
obrigada pela prenda que me deixaste (é uma das minhas favoritas). adorei e hoje soube tão melhor... adivinhas-me o coração!

vim dizer-te que tenho um desafio para ti

beijo grande de mil obrigadas
luísa

Justine said...

É um excelente "poema-cuco", como lhe chama o Anónimo!
Já não me lembrava desta "resposta", obrigada pela recordação

Anonymous said...

bela prenda para o Paulo, lembrares-te de "postar" esta letra ! é que le hoje faz anos :)!
beijocasssssss
vovó Maria

Maria P. said...

E a festa continua, Abril em Maio...

Beijinho Maria*

Moacy Cirne said...

Gostaria de ouvir a música... mas valeu pela letra. A canção de Chico fez enorme sucesso no Brasil, e até hoje a escuto com emoção. Um abraço.

Carla said...

continua a ser um sonho passar por aqui
beijos

Carla said...

continua a ser um sonho passar por aqui
beijos

Teresa Durães said...

Conheço a música do Chico Buarque mas esta é para mim uma novidade

bj

andorinha said...

Tanto mar a separar. Tanto mar a unir. Navegando nas mesmas ondas. Cá como do lado de lá.

Maria Clarinda said...

Excelente Maria. Conhecia o do Chico e agora conhecer este do Paulo de Carvalho foi delicioso. Jinhos grandes

Besnico di Roma said...

Passei para te deixar um cravo, modesto, envergonhado, cheio de interrogações, mas sincero.
Passa nos comentários que fizeste no meu blog, tenho lá, com carinho uma provocaçãozinha para ti. eh eh eh !

BlueVelvet said...

Lembro-me bem desta canção.
Aliás tenho o disco ou Cd já nem sei.
Tenho que procurar numa das minhas muitas caixas...
Beijinhos e veludinhos azuis

poesianopopular said...

Maria
Isto é que é, solidariedade...Pá!
Bjos
Manangão

Agulheta said...

Olá Maria.Esta continuação de Maio continua a estar bem alerta de quem não esqueçe,esta beleza de canção está no coração de muitos,no meu. Maria por aqui está de chuva,mas se te apetecer tomar um café e falar de tudo isto e muito mais eu vou?
Beijinho Lisa

bettips said...

O diálogo da alegria de cantar livre! Obrigada.
(já uma vez te respondi: que acho que nós não errámos, era impossível fazer mais: e tanto!
Fica atenta ao filme da Inês de Medeiros sobre as "Cartas da Ditadura", porque tantas forças de moviam, tantas antes, tantas depois!)

Anonymous said...

passei para te deixar um abraço amiga.
te aguardo no meu blog.
lindo o poema , Recado para Chico.
um boa semana com muita paz e amor em seu coração.
Regina Coeli


deusaodoya.

elvira carvalho said...

Lindo o poema. Recordo-me de ver o Paulo de Carvalho cantando este recado na TV.
Um abraço




P.S. E a sua vista, está melhor?
Deus queira que sim.

mundo azul said...

Chico Buarque é realmente inspirador! Um dos melhores compositores brasileiros...A resposta faz jus à belíssima música de Chico!!! Gostei de conhecê-la...
Beijos e muita luz!

Oris said...

Não conhecia esta resposta de Paulo Carvalho.
É pena não conseguir encontrar a música. Gostava de a ouvir.

Beijitos, Maria.

(Obrigada pela partilha).

MiE said...

beijo

grande

as velas ardem ate ao fim said...

Uma musica com uma letra espectacular!

bjinho

Filoxera said...

É verdade. É preciso navegar, comunicar, inovar, dedicar, amar, educar, plantar, criticar, partilhar...
Beijos.

João JR said...

adorei Maria....como sempre aliás!
Tu és uma pessoa mto especial sabias?:)
beijo grande amiga

herético said...

"poema-cuco" lhe vi chamar algures. estou tentado a concordar. para além das "boas intenções"...

beijos

Ana Patudos said...

E pronto Maria,o Paulo deu o recado ao Chico. Agora será que o povo português abre os olhos e ouvidos e não esquece o Abril e a Festa da Liberdade que foi feita em sua honra??
Aqui por Alpiarça está tudo políticamente muito complicado...
bjos
Ana Paula

Sal said...

Beijinho, Maria.

Traz o disco dia 22.
Quero ouvir. não conhecia...

:-)um sorriso para ti

Maria said...

Muito obrigada a todos que por aqui passaram.
Beijos

O Sibarita said...

Belo poema recado ao chico. Demais!

Maria vc descobre é coisa, né fia? Hummmmmmm kkkk

bjs
O Sibarita