Tuesday, January 27, 2009

Liberdade


No verde dos campos te semeio
e de mim nasces como um rio
nas ruas te festejo e te premeio
no vermelho dos cravos te sorrio

No amarelo do sol que nos aquece
desenho um malmequer que não desfolho
e ao branco da lua que te esconde
atiro beijos que chegam aos teus olhos

No azul do mar em que me deito
oiço cantos de sereias sem idade
descanso-me na rocha, e é já refeito
que em todas as cores te conquisto, Liberdade!

42 comments:

Maçã com Canela said...

Eu não sabia que esta tinha o nome de furado...
Bem, estamos sempre a aprender!

Quanto à ilha, quero lá voltar quando a época abrir e quero lá ficar de noite de novo, pois gostei da experiencia..
E claro a minha voltinha às grutas naquele barquinho azul, com aquele pescador tão mas tão característico ( e que me faz rir de cada vez que vamos na volta!) é típica lol
Tenho de ver se apanho o azul bem azul!

Beijos!

salvoconduto said...

É como dizes, a liberdade conquista-se, tanto assim que há que pague um preço enorme por ela.

Como o outro poeta diz, ela deve andar por aí...

Abreijos

Joao P. said...

que em todas as cores te conquisto, Liberdade!

Assim seja Maria

Beijo

João

samuel said...

Que "música" boa...

mfc said...

O teu Poema é um hino lindíssimo ao acreditar...

Rosa dos Ventos said...

Que Liberdade tão bonita e colorida!

Abraço, Maria

Philip Rangel said...

Liberdade....nenhum ser humano vive sem ela ne....so liberdade...

Carminda Pinho said...

Cheira bem por aqui...

Beijos, Maria.

o que me vier à real gana said...

Olá, boa noite!

Bom aqui. Blog k vale a pena!

Delfim Peixoto said...

Lembraste-me alguém... Natália Correia? Ary?... Não sei mas tvz daqui a pouco cenha comentar outra vez

Goldfinger said...

É em Liberdade que te venho deixar um beijinho de boa semana.

Tudo a correr bem.

GOLDFINGER

FGV said...

Obrigado pela visita, de facto este Blogue cheira a liberdade e a mar, por sinal duas das coisas mais importantes para mim.

Foi um prazer.

FGV

Teresa Durães said...

a liberdade sempre tão ansiada e em pequenos gestos, conquistada

utopia das palavras said...

Um sonho realizado
uma conquista diária
ardua...!

Linda... a tua Liberdade!

Beijinho, Maria

MPereira said...
This comment has been removed by the author.
Carla said...

grandiosas estas palavras em tons de liberdade
beijos

BlueVelvet said...

A liberdade pode sentir-se em todos os lugares, mas é no mar que consigo tocá-la.
Beijinhos

JOSÉ NEVES said...

Um hino fantástico à LIBERDADE, que belo poema que aqui nos apresentas.

Parabéns, uma beijoca.

Eduardo Aleixo said...

Liberdade conquistada, com suor e lágrimas.
Mantê-la, é preciso.
Liberdade social e individual ( esta é outra luta, que não se esgota na outra, colectiva.)
Bonito poema. Sinfonia sempre incompleta, dadas as razões indicadas.
Beijo. Eduardo

mdsol said...

Muito bem!

:)))

Agulheta said...

Duas coisas que se conjungam? Mar e liberdade,um belo poema e gruta muito bonita.

Beijinho

Luis Eme said...

sim, a liberdade veste-se de todas as cores...

bjs Maria

antónio paiva said...

...

um belo poema,
onde a liberdade não tem cor,
por serem dela todas as cores.

beijo

Ana said...

Obrigada, Maria, por tão lindas palavras.

Todas elas estão a precisar dum livro onde caibam e não se percam.

Beijinho

vendaval com poesias said...

Olá Maria,
que lindas suas palavras!
o tema liberdade é algo instigante.
parabéns,
abraço da aniga do Brasil

vendaval com poesias said...

*amiga - desculpe!!!

Apenas eu said...

E assim é a Liberdade, ainda mais bonita dita por Ti.
Um mundo de mares e rios :) onde me perco e posso Gritar SOU LIVRE!!!

beijos sempre meus
aslepecqq

paula barros said...

Um poema que faz sentir a liberdade tamanha a beleza poética.

abraços mil.

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA said...

Oi, Maria!
Estava lá na nossa amiga Salomé e resolvi dar uma passadinha por aqui...estou embevecida com tanta Beleza e Liberdade. Parabéns!!!Bjs

Cris Caetano said...

¨Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós! E que a voz da igualdade. Seja sempre a nossa voz!¨
Parte da música de um samba-enredo antigo que nunca mais me esqueci. A liberdade é sempre colorida como a tua porque nos traz felicidade.

Beijinhos

Miguel Barroso said...

Gostei bastante



Abraços d´ASSIMETRIA

DO PERFEITO

nanda said...

Esta ilha cheira bem! cheira a Liberdade!

bjs

Fernando Santos (Chana) said...

Olá Maria...belo poema...bela Liberdade...
Beijos

Fátima said...

Olá Maria!
Desde já o meu enorme obrigada por nao te esqueceres de mim, é sempre reconfortante receber os parabens,nem que sejam atrasados e a verdade é que todos os anos 3 e 4 dias depois ainda ando a receber os parabens:)!
Como sempre a Maria perto do mar.....nem sabes as saudades que sinto do cheiro da maresia da Ericeira....

Deixo-te uma beijoca com muito carinho e a continuaçao de uma excelente semana!

Filoxera said...

Lindo. Liberdade e poema de arrepiar.
Parabéns!

marias said...

Lindo poema à liberdade!
Lê-se e...relê-se porque se gostou de a saborear.

"em todas as cores te conquisto ,Liberdade!"

A Liberdade só podia ser multicor.

Bjs

FERNANDA & POEMAS said...

OLÁ QUERIDA MARIA, LINDO HINO Á LIBERDADE... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

mariam said...

gostei tanto, maria.

grande abraço e o meu sorriso :)
mariam

Anonymous said...

Deixo aqui as palavras que me ensinaste, Maria:
Liberdade,
Igualdade,
Fraternidade! Seguindo-as, nunca mais me vou esquecer de ti. OBRIGADA. Beijo e abraço.
Alexandra

Fernando Samuel said...

Não páras de fazer boa poesia?...
Bom, mesmo bom, este poema!



Um beijo grande.

Maria said...

Obrigada a todos que passaram aqui.

Beijos

mié said...

eu venho atrasada,

mas não podia deixar de te dizer que és maravilhosa.

Além de seres cada vez mais poeta, cantas sempre o amor e liberdade.

Obrigada por seres quem és.

Sempre um farol a indicar o caminho.

beijo

enorme

terno muito.