Thursday, May 07, 2009

Belo é o amor

Pode o amor ser apenas um momento

intensamente vivido sofrido chorado

Pode o caminho ser íngreme e duro

o difícil é fácil se a dois caminhado

Pode o rio mudar o rumo e nascer na foz

percorrer os montes e no silêncio desaguado

Podemos dar-nos as mãos e assim abraçados

Caminhar para o futuro sem esquecer o passado...

Belo é "o amor feito caminho em nós, no silêncio"...




39 comments:

Diogo said...

Uma paixão é uma das coisas que dá sabor à vida.

mfc said...

Pode... pode sempre!

Oris said...

Belo é o amor e as palavras aqui deixadas...

Beijitos

salvoconduto said...

Quem caminhar para o futuro esquecendo o passado por certo não chegará a bom porto.

Abreijos.

Eduardo Aleixo said...

Lindo o teu poema de amor redondinho.
Bj

Sal said...

Lindíssimo, mais uma vez.

Como o Amor...
bj

samuel said...

Pode...

Joao P. said...

Também acho que pode.
E também acho que deve ser infinito enquanto dure, pois imortal não é, porque é chama

Beijo

João P.

Ana said...

O imenso poder do amor.
Belas são as palavras com que o cantas.
Um beijo, Maria.

Zé dos Anzóis said...

Pode, não fosse o amor o objectivo último de quase toda a preocupação humana; é por isso que ele influencia nos assuntos mais relevantes, interrompe as tarefas mais sérias e por vezes desorienta as cabeças mais geniais.Até mesmo as nossas.
Beijo
Za

A CONCORRÊNCIA said...

Tudo pode o AMOR ... e todos nós o merecemos conhecer. Tristes as vidas que começam e acabam sem nunca o terem sentido ...

Beijo grande

clic said...

Belo foi, é e será!... :)

Vanda Paz said...

Aposta sempre nos momentos de amor, pequenos que sejam, são eles que nos mostram o caminho...em silêncio.

Beijos

utopia das palavras said...

O amor pode tudo...não há futuro sem amor!

Beijo

Arabica said...

Na grandiosidade do sentimento, que gigantes fortes, nós somos!

Beijos, Maria, bom dia :)

Pedrasnuas said...

PODE SIM, SER APENAS UM MOMENTO INTENSO ETERNIZADO NA MEMÓRIA DE QUEM O VIVEU...SOFRIDO...ÍNGREME OU FEITO PARA ARROJADOS...
UM CAMINHO DE SURPRESAS...DE SILÊNCIOS ...DE SÍLABAS TROCADAS...DE RISOS E ENCANTOS...DE GARGALHADAS SONORAS E DE SÓIS PUROS DENTRO DE NÓS...
NO AMOR ESPALMAM-SE OS CORPOS...NA ÂNSIA DE SENTIR, A FOME DE PELE, DA TERNURA E DO CARINHO...O AMOR É TANTA COISA QUE FICA POR DIZER...

ABRAÇO SENTIDO

Adriana said...

5 letras poderosas,talves a mais poderosa de todas...

nanda said...

O amor é belo. Verdade!
Por vezes, faz doer...

bjs

Maria P. said...

E belas as tuas palavras, sempre!
Maio Materno, sim!:))

Beijinho, minha Maria*

Teresa Durães said...

é um caminho difícil... se é...

A.S. said...

Maria...

Viver um grande amor, torna o passado ainda mais distante! A vida... é amanhã!

Ternos beijos...

as velas ardem ate ao fim said...

é belo pena ser sempre tao sofrido...

bjo

(estas a espera de que para vires ter cmg?)

Delfim Peixoto said...

Belo... Amor... Arte... Tudo... Nada... assim é o Amor!

Ana said...

Não há (quase) nada que o Amor não possa...

Beijinho, Maria.

Ludo Rex said...

Haja Amor, Haja...
Kiss

pedras contra canhões said...

Bom dia, maria.
fechei o open. abri o
http://letrasigneas.blogspot.com

passa lá

Ana said...

Realmente devemos caminhar para o futuro sem esquecer o passado, mas o que importa mesmo é agarrar o presente e vivê-lo aproveitando intensamente cada segundo.
A Maria escreve muito bem. Gosto muito de a ler.

Pedro Branco said...

Não sei do caminho que os meus pés pisam inquietantes...
Talvez uma revolta, um sonho,
Um acorde apenas que cobrisse todos os amantes...
Que encantasse as correntes dos rios,
Os pedaços de vida, os arrepios...
Que eu sou pobre vagabundo entre cada olhar de mim.
Que sou vaga suave, tempestade enfim...
Que sou novo, velho, talvez moribundo...
Que transporto dentro a força do mundo...
Que sei da flor, das marés e do amor.
Da janela aberta das tuas mãos...
Das lágrimas de alegria do teu rosto...
Sem dono nem entreposto...
Só com o poder de ser.
Como agora, como dantes.
Não sei do caminho que os meus pés pisam inquietantes...

Maria said...

Obrigada a todos por terem passado aqui.

Beijos

Fernando Samuel said...

Pode - aliás, pode tudo...

Um beijo grande.

ลndreia said...

E nos olhares, e nos gestos... *

Mukanda said...

Bela, também és tu Maria!
Porque só uma mulher muito bela, consegue escrever isto...de uma sensibilidade atroz!
Beij em ti
Mukanda

De Amor e de Terra said...

É minha linda Maria, na verdade o Amor pode tudo!...

Beijos


Maria Mamede

Apenas eu said...

"Podemos dar-nos as mãos e assim abraçados

Caminhar para o futuro sem esquecer o passado..."

Era exactamente isto que eu gostava, não de esquecer. mas de caminhar de mãos dadas, guardar o bom e continuar sempre de mãos dadas com o lado bom que eu conheço.

Beijos muitos Maria.

Papoila said...

Belas são as palavras que escreves.

Um Beijo Maria
BF

Sunshine said...

Eu acredito num amor assim: "feito caminho em nós, no silêncio"; neste amor que tem o poder de fazer o rio mudar de rumo...
beijinhos com raios de sol

Lúcia said...

Eh lá, Maria.
Está uma pérola!
'Podemos dar-nos as mãos e assim abraçados

Caminhar para o futuro sem esquecer o passado...'
E às vezes não é fácil. É preciso sabedoria e sensibilidade para olhar em frente, sem esquecer o passado, mas sem mágoa, também...
Beijinhos grandes

Clotilde S. said...

E belo é o poema!

Beijo

O Sibarita said...

Apaixonada é fia? Hummm...

Delicia de poema, você sabe das coisas!

bjs
O Sibarita