Saturday, September 25, 2010

Música para o fim-de-semana


Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu...

A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega o destino prá lá ...

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...

A gente vai contra a corrente
Até não poder resistir
Na volta do barco é que sente
O quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva
A mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a roseira prá lá...

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...

A roda da saia mulata
Não quer mais rodar não senhor
Não posso fazer serenata
A roda de samba acabou...

A gente toma a iniciativa
Viola na rua a cantar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a viola prá lá...

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...

O samba, a viola, a roseira
Que um dia a fogueira queimou
Foi tudo ilusão passageira
Que a brisa primeira levou...

No peito a saudade cativa
Faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a saudade prá lá ...

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...

(pedindo desculpa pela qualidade do video...)

20 comments:

João P. said...

Maria:

Por vezes é bem verdade sim.

(O vídeo é fabuloso)

Beijo

João

rui said...

Olá Maria,

Estive muito tempo afastado porque sofri um acidente muito grave.
A recuperação foi longa, mas agora estou muito melhor.
Fui a Fátima cumprir uma promessa e de caminho visitei alguns amigos que aí vivem um pouco por todo o lado.
Verifiquei que vinhas sempre deixar a marca da tua presença aqui. Obrigado.

Beijinho...Grande abraço!

Fernando Samuel said...

Grande Chico! - que, para além de fazer estas coisas bonitas, faz outras coisas bonitas, como exigir a libertação dos CINCO...

Um beijo grande.

tulipa said...

OLÁ Maria

Profundo sentir...o seu, Maria.
O vídeo é fabuloso.

Sigamos a caminhada com fé e esperança que um dia as coisas mudem.

Convido-a a ver o post que fiz sobre a minha participação no "5º Raid Fotográfico da Moita" no blog "Deabrilemdiante".

Abraços outonais.
Bom fim de semana.

O Guardião said...

Há muito que não ouvia esta. Obrigado.
Cumps

Memória de Elefante said...

Maria:
Esta letra sempre nos destina...

" gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega o destino prá lá" ...

Um beijo!

quicas (joaquim do carmo) said...

É uma óptima "companhia" para o fim-de-semana, o poema, a música, o vídeo.
beijinho

Carmo said...

Olá Maria, Óptima escolha.
Sou fã de Chico Buarque.

Beijinhos e boa semana

Duarte said...

A isto é ao que se deve chamar fazer historia.
Foi bom recordar.

Estas canções tinham letra, autênticos poemas.
Quão longe distam das de hoje.

Um grande abraço e bom fim de semana

samuel said...

Não peças desculpa... tomariam muitos vídeos ter esta "qualidade"! :-)))

Abreijo.

Cris Caetano said...

Chico faz parte da minha vida desde que me conheço por gente.

"No peito a saudade cativa
Faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a saudade prá lá ..."

Beijinhos, Maria. Bom domingo.

Papoila said...

Obrigada Maria pelas tuas palavras. Foi um ano muito difícil a todos os níveis. Precisei fugir de todos os lugares onde seria fácil me encontrar e sofrer um pouco mais. Acho que estou muito mais calma e aos pouco vou voltar a todas as coisas de que gosto e me fazem bem. Bom Fim de semana e um grande Beijo
BF

Justine said...

Ai, ai, que andas a pôr muitas vezes o meu Chico! Começo a ficar com ciumes...:))))

Sérgio Ribeiro said...

Mas que é isto?...

Bem... estás desculpada... mas só pela qualidade do video.

Quando ao resto, obrigado

e um beijo

arabica said...

Roda viva, Maria!

É a única que ainda faz andar para a frente!

Um abraço e vamos lá para a roda viva!

Braulio Pereira said...

algum dia
dou-te letras
com a minha mâo vazia
a ti eu canto poeta
e tu nem sabias
cheiro de rosas ao vento

sou nada!!

Pitanga Doce said...

Ah, Chico ainda menino! Tão lindo!

Swt said...

É uma das rubricas que aprecio no Cheiro da Ilha - Música para o fim de semana.
E depois, há as palavras que me deixam presa a esses textos...

Rini Luyks said...

Chico tão novinho, este vídeo vou levar emprestado.
Obrigado!

Maria said...

Muito obrigada por terem passado por aqui.
Boa semana a todos.
Beijos.