Saturday, February 04, 2012

Música para o fim-de-semana




TODA UNA VIDA

Toda una vida me estaría contigo,
no me importa en qué forma,
ni dónde, ni cómo, pero junto a tí.

Toda una vida te estaría mimando,
te estaría cuidando como cuido mi vida,
que la vivo por tí.

No me cansaría de decirte siempre,
pero siempre, siempre,
que eres en mi vida ansiedad,
angustia, desesperación.

Toda una vida me estaría contigo,
no me importa en qué forma,
ni dónde, ni cómo, pero junto a tí.

No me cansaría de decirte siempre,
pero siempre, siempre,
que eres en mi vida ansiedad,
angustia, desesperación.

Toda una vida me estaría contigo,
no me importa en qué forma,
ni dónde, ni cómo, pero junto a tí.



Saudades deste som!!!

13 comments:

Rogério Pereira said...

Saudade é palavra forte demais
Lembranças sim... É curioso, dou-lhe mais sentido agora

Maria said...

Rogério Pereira

Mas o que eu sinto é SAUDADE, mesmo!
Lembrança é outra coisa...

C Valente said...

Vale a pena ver e ouvir é com agrado
que revivemos certos tempos
Saudações amigas

Era uma vez um Girassol said...

Pois, Maria...
Lindos, o som e as palavras!
Beijinhos

trepadeira said...

Um miminho.

Um abraço,
mário

Parapeito said...

sempre excelente as sauas escolhas
Adorei
brisas quentinhas que está muito frio****

Rosa dos Ventos said...

Para ouvir e dançar...mesmo sem par! :-))

Abraço

mfc said...

Até me arrepio ouvi-lo!
Toca-nos bem cá dentro.

Agulheta said...

Querida amiga.Que saudade me deu esta canção,me lembro de ouvir em casa e ver os meus pais a dançar a mesma.Bolero lindo e uma poesia maravilhosa.Obrigada querida pelas palavras e amizade.
Beijinho fica bem bfs

Justine said...

Estamos então numa de bolero! Que bem sabe ouvir Machin...e dançá-lo:))))

Paula Barros said...

Linda a letra desta música. Gostei do ritmo, aqui sentada, trabalhando e os pés querendo dançar.

E uma belíssima declaração de amor.

beijo

Sérgio Ribeiro said...

Esta é demais!
Ouvio António Machin numa revista no ABC, no Parque Mayer, cantar a chorar os Angelitos Negros!
Tu fazes-me cada uma.

Beijos

Duarte said...

Uno de los interpretes que siempre me encantó. Bellos termas y una voz melodiosa...
Besos