Wednesday, August 29, 2007

Desaguo-me



Dos meus olhos correm rios
e desaguo-me na saudade
de nos termos amado assim...

55 comments:

Márcia(clarinha) said...

doces águas derramadas...
beijos

Leticia Gabian said...

Maroca,
Um amor assim deixa uma fonte permanente a marejar os olhos.

Beijo grande

O Sibarita said...

Ai Jesus! kkk essa Maria não é brincadeira não! Ai o amor! kkk

Porreta sua poesia...

Oi dona moça vou voltar para comentar as fotos colocadas nos Posts abaixo, ok? Amanhã já faço isso!

Agora, me diga, você virou Mãe de Santo foi fia? kkk Já tá batendo os atabaques por ai? Tá é? kkkkk
Ô falando em ebó! kkk Oi ebó é fetiço viu fia? kkk Cuidado com o sapo da boca costurada e laragado ai em qualquem encruzilhada! kkk

Atô Tô meu Pai, Babaluaê! kkkk

bjs
O Sibarita

Papoila said...

E que belo desaguar...

Beijinho Maria

BF

zambujal said...

Que belo "folhetim-blog" farias com os teus pequenos poemas sentidos, vividos, sofridos, exultantes, saudosos, amargos, se assim os quisesses "arrumar" e sequenciar!
Seria uma história de amor e desamor, continuando o amor vivo e mordendo e moendo ("saudade de nos termos amado assim"!).
Pensa nisso. Também pode servir de catarse (e de partir para outra... ou outro... amor) se for caso disso.

rosa dourada/ondina azul said...

Esse amor deve ter sido muito belo, a avaliar pela foto.


Beijinho para ti, Maria,

Ana Patudos said...

querida Maria
antes de mais, obrigada pelo teu apoio incondicional, é bom ter amigos assim.
Quanto ao teu espaço, está liiiindo!
Fotos de encantar e penso que férias a condizer.
E para terminar em beleza, o AMOR sempre a condizer.
Grande beijinho
Ana Paula

Luis Eme said...

Que amor tão salgado...

Que poema tão amorável...

MiguelGomes said...

É bom desaguares... Chegas mais perto ao mar dos sonhos :)

Fica bem,
Miguel

Maria P. said...

E eu digo:
no silêncio fico.

Beijinho*

veritas said...

o melhor da saudade que nos toca, é quando a conseguimos também tocar...

Bjs.

isabel said...

tão bom amar assim!

beijos querida maria

jose quintela soares said...

Lágrimas...só de alegria.
Cantar...em vez de chorar.

Olhar para a frente.
Nunca para trás.

E ir.

Vanda Paz said...

As nossas lágrimas, a nossa saudade, os nossos rios... um mar de amor ausente...
Como te compreendo...

Beijos com saudade

Maria said...

márcia(clarinha)

Um bocado mais pró salgadas.....
Beijo

Maria said...

leticia gabian

É. Mas é bom um amor assim...

Beijão

Maria said...

o sibarita

Volta logo sim...
E brinca não, que Mãe de Santo é coisa séria...

Beijo, ainda cheia de Axê

Maria said...

papoila

e que suave.....

Beijo

Maria said...

zambujal

Na "mouche". A experiência ensina-nos a fazer leituras tantas vezes certas....
Gosto mais da última frase, é capaz de ser isso mesmo...

Um beijo

Maria said...

rosa dourada/ondina azul

A foto é do forte da ilha da Berlenga, que é linda.
Apesar de tudo, ol amor é mais.....

Beijinho para ti

Maria said...

ana patudos

É bom ver-te por aqui.
E saber-te por lá.....

Beijinhos, Ana Paula

Maria said...

luis eme

Não tenho remédio, mesmo....

Maria said...

miguelgomes

É lá que eu moro...
Obrigada pela visita.

Maria said...

maria p.

Como te percebo....

Beijinho, Maria

Maria said...

veritas

é exactamente o que dizes. e eu toco-a tantas vezes... tantas....

bjs

Maria said...

isabel

é só assim que sei amar.....

beijos pra ti, Isabel

Maria said...

jose quintela soares

E fui... e continuo a ir....
Muito obrigada

Maria said...

vanda paz

... a culpa é de termos tanto mar por aqui... em todo o lado....
(sorriso)

Beijinhos, querida

Fontez said...

blog simples.
palavras simples e no sitio certo.
parabens à autora.

Palavras ao vento said...
This comment has been removed by the author.
Koral said...

Em três versos, transmites tudo o que te vai na alma.

Como sempre... ador ler.te.

Beijinhos

NETMITO said...

DUAS ASAS AO SOL SÃO FOGO,DUAS SÃO AS VOZES AO CORPO,SOLIDIFICO A ALMA,E VIVO COMO POETA À LUZ...

BJS*)

Sophiamar said...

Quando se amou assim a saudade bate sempre com muita for�a.
Beijnhos

amigona avó e a neta princesa said...

Como consegues dizer tanto com tão poucas palavras?!!!! Beijo Maria

Pedro Pan said...

, desaguar em saudade só consegue, quem ama...
, beijos meus.

Sininho said...

Amor que não faz chorar não é amor que valha a pena...
Que bem sintetizaste a emoção!

Beijinho

Aprendiz de Viajante said...

lindo.

AnaG. said...

Lindo...
Tudo!!!

Beijitos

borrowing me said...

saudade

devíamos ter sempre oportunidade de a matar
nem que por 5 minutos

Tiago said...

calo-me,
no despoletar,
do verbo (a)mar,
tormentas quando o queremos navegar...

um beijo maria

Maria said...

fontez

Muito obrigada......

Maria said...

koral

Gosto de te ver aqui...
Obrigada!

Beijinhos

Maria said...

netmito

Eu também não........ hehehehehehe

Maria said...

sophiamar

Mais do que força, a saudade bate com saudade...

Beijinhos

Maria said...

amigona avó e a neta princesa

Dizem que consigo sinetizar bem...... será?

Beijinhos, dois à neta (que é a tua cara!!!!)

Maria said...

pedro pan

Acho que é o caso.....

fica bem...

Maria said...

sininho

Amor que não dói não é amor.... dizem....

Beijinhos

Maria said...

aprendiz de viajante

Que bom ver-te aqui.....

Beijo

Maria said...

anag.

Obrigada.... ;)

Beijos

Maria said...

borrowing me

e se a matássemos para sempre? não era bem melhor?

Beijinhos

Maria said...

tiago

navego contigo
num mar azul
de vagas calmas....

Um beijo, Tiago

joão marinheiro said...

Sei, ai pertinho, de uma fonte de água doce. Será fonte de saudade ou sede de amor verdadeiro.
Abraço a olhar mais uma foto da ilha...

Maria said...

joão marinheiro

Talvez as duas coisas, João...
... e subindo as escadas até ao farol há um "buraco" natural na rocha, em forma de coração....
Saberás decerto da estória do homem que, com desgosto de amor, foi para a ilha, onde viveu 17 ou 18 anos, na casa da palha...

Abraço, enquanto as recordações da ilha me povoam a cabeça

Teresa Duraes said...

as tuas fotografias...
esse teu amor!

(quando te leio fico a pensar se a dor da separação compensa... sei que sim. Já me aconteceu)

beijo

Maria said...

teresa duraes

Quantas vezes a separação é abrupta e não dependeu de nós, mas de algo que não estava previsto......
... por ser impossível prever certas coisas na vida....

Beijo, Teresa