Friday, August 24, 2007

No Pelourinho

Uma Baiana mesmo do lado esquerdo...



Casa Fundação Jorge Amado. Ao lado o Museu da Cidade



Preparando uma "capoeira"...

Terreiro Tereza Batista

Foram dias verdadeiramente inesquecíveis, os que passei em Salvador da Bahia....


Em tempo: a ajuda do soteropolitano Nelson (O Sibarita) foi preciosa. Deixo aqui o comentário dele, identificando as fotos e as Igrejas, etc....

Primeira foto: O Terreiro de Jesus e ao fundo A Catedral Basílica – antiga Igreja dos Jesuítas - e as igrejas da Ordem Terceira de São Domingos e de São Pedro dos Clérigos são prédios que se destacam no Terreiro de Jesus, que tem no centro um belo Chafariz. No prédio da antiga Escola de Medicina, local ocupado originalmente pelo Colégio dos Jesuítas, estão os museus os museus Memorial da Medicina, de Arqueologia e Etnologia e o Afro-Brasileiro. Ao lado direito de quem entra na Catedral a primeira Faculdade de Medicina do Brasil

Segunda Foto: A Ladeira do Pelourinho. O Pelourinho é uma área que abrange um dos mais antigos bairros de Salvador e mostra a expansão da cidade nos séculos XVII e XVIII. Tombados pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e considerado pela UNESCO com Patrimônio Cultural da Humanidade, o Pelourinho é ocupado por antigos casarões de poderosas autoridades do Governo, ricos senhores-de-engenho e nos próprios comerciantes. Ao lado direito da foto a Igreja de Nossa Senhora dos Rosários dos Pretos reafirma na cidade a devoção iniciada pelos padres dominicanos na costa africana e compõe o cenário do Largo do Pelourinho, que remete o visitante a uma era de riquezas e ostentação. Alguns edifícios do Pelourinho, como o Solar do Ferrão, abrigam alguns dos mais importantes museus da cidade, como o Museu Abelardo Rodrigues, a Fundação Casa de Jorge Amado, o Museu da Cidade, o Museu das Portas do Carmo e o Museu tempostal.

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos que teve sua construção iniciada em 1704,
tendo sido edificada por escravos e negros livres. Decorando seu interior, na entrada, na nave e no altar existem inúmeros
Painéis de Azulejos confeccionados em Portugal nas cores azul, amarelo e roxo. A Igreja de Nossa Senhora dos Rosário dos Pretos – Iniciada em 1704 pela Irmandade dos Homens Pretos do Pelourinho, a construção do templo durou quase um século. A devoção dos negros à Nossa Senhora do Rosário é obra dos padres dominicanos da África e chegou a cidade com os escravos. Sua fachada apresenta torres com terminações em bulbo, revestidas de azulejos com cenas relativas a devoção ao Rosário de Lisboa.

Mais abaixo na foto e do lado esquerdo no alto vemos a ladeira do carmo e a Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo – Erguido no inicio do século XVII, ainda ora dos primeiros rumos da cidade, o conjunto é formado por uma igreja e um convento de dois claustros. O interior do templo é neoclássico e seu altar mor apresenta um belo frontão em prata. A sacristia, decorada em talha barroca e rococó, merece uma visita. No seu interior localiza-se o Museu de Arte Sacra do Carmo, que destaca a escultura em madeira “Cristo atado à coluna”.

Terceira foto: A Fundação Casa de Jorge Amado – Um centro documental da vida e obra do escritor baiano Jorge Amado, expõe fotografias, livros e teses sobre a bibliografia do mais conhecido romancista baiano.

Quarta foto: O largo do Cruzeiro de São Francisco, praticamente uma extensão do Terreiro de Jesus, tem no centro um belo Cruzeiro e, ao fundo, o monumental conjunto religioso formado pela Igreja e Convento de São Francisco e a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco. o Largo de São Francisco começa, cronologicamente, no lugar escolhido pelo Governador–Geral Tomé de Souza para edificar os prédios do Governo Colonial e nos locais ocupados pelas ordens religiosas que vieram da Europa a partir de 1549.

Quinta Foto: Ainda o Terreiro de Jesus.

Sexta foto: O Teatro Tereza Batista.

OBS: Todo esses conjuntos formam o Pelourinho.

64 comments:

NETMITO said...

Nada como uma boa viagem!
**

João JR said...

....era mesmo isto que eu precisava agora amiga! e como!!!
Beijinhos grandes
belas fotos:)

Belzebu said...

Não tivesse eu esgotado o meu orçamento de férias para este ano e fazia a malinha e ia agorinha mesmo para lá!

Mas como este ano já não me posso queixar muito, resta-me aguentar este Verão que não se parece com nada!

Um abraço infernal!

O Sibarita said...

Oi dona moça luso-baiana! kkk

O Coro come sarteado ou não? kkkk

A título de colaboração vou dizer os lugares das fotos tão bem tiradas por você sua menina.

Primeira foto: O Terreiro de Jesus e ao fundo A Catedral Basílica – antiga Igreja dos Jesuítas - e as igrejas da Ordem Terceira de São Domingos e de São Pedro dos Clérigos são prédios que se destacam no Terreiro de Jesus, que tem no centro um belo Chafariz. No prédio da antiga Escola de Medicina, local ocupado originalmente pelo Colégio dos Jesuítas, estão os museus os museus Memorial da Medicina, de Arqueologia e Etnologia e o Afro-Brasileiro. Ao lado direito de quem entra na Catedral a primeira Faculdade de Medicina do Brasil

Segunda Foto: A Ladeira do Pelourinho. O Pelourinho é uma área que abrange um dos mais antigos bairros de Salvador e mostra a expansão da cidade nos séculos XVII e XVIII. Tombados pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e considerado pela UNESCO com Patrimônio Cultural da Humanidade, o Pelourinho é ocupado por antigos casarões de poderosas autoridades do Governo, ricos senhores-de-engenho e nos próprios comerciantes. Ao lado direito da foto a Igreja de Nossa Senhora dos Rosários dos Pretos reafirma na cidade a devoção iniciada pelos padres dominicanos na costa africana e compõe o cenário do Largo do Pelourinho, que remete o visitante a uma era de riquezas e ostentação. Alguns edifícios do Pelourinho, como o Solar do Ferrão, abrigam alguns dos mais importantes museus da cidade, como o Museu Abelardo Rodrigues, a Fundação Casa de Jorge Amado, o Museu da Cidade, o Museu das Portas do Carmo e o Museu tempostal.

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos que teve sua construção iniciada em 1704,
tendo sido edificada por escravos e negros livres. Decorando seu interior, na entrada, na nave e no altar existem inúmeros
Painéis de Azulejos confeccionados em Portugal nas cores azul, amarelo e roxo. A Igreja de Nossa Senhora dos Rosário dos Pretos – Iniciada em 1704 pela Irmandade dos Homens Pretos do Pelourinho, a construção do templo durou quase um século. A devoção dos negros à Nossa Senhora do Rosário é obra dos padres dominicanos da África e chegou a cidade com os escravos. Sua fachada apresenta torres com terminações em bulbo, revestidas de azulejos com cenas relativas a devoção ao Rosário de Lisboa.

Mais abaixo na foto e do lado esquerdo no alto vemos a ladeira do carmo e a Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo – Erguido no inicio do século XVII, ainda ora dos primeiros rumos da cidade, o conjunto é formado por uma igreja e um convento de dois claustros. O interior do templo é neoclássico e seu altar mor apresenta um belo frontão em prata. A sacristia, decorada em talha barroca e rococó, merece uma visita. No seu interior localiza-se o Museu de Arte Sacra do Carmo, que destaca a escultura em madeira “Cristo atado à coluna”.

Terceira foto: A Fundação Casa de Jorge Amado – Um centro documental da vida e obra do escritor baiano Jorge Amado, expõe fotografias, livros e teses sobre a bibliografia do mais conhecido romancista baiano.

Quarta foto: O largo do Cruzeiro de São Francisco, praticamente uma extensão do Terreiro de Jesus, tem no centro um belo Cruzeiro e, ao fundo, o monumental conjunto religioso formado pela Igreja e Convento de São Francisco e a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco. o Largo de São Francisco começa, cronologicamente, no lugar escolhido pelo Governador–Geral Tomé de Souza para edificar os prédios do Governo Colonial e nos locais ocupados pelas ordens religiosas que vieram da Europa a partir de 1549.

Quinta Foto: Ainda o Terreiro de Jesus.

Sexta foto: O Teatro Tereza Batista.

OBS: Todo esses conjuntos formam o Pelourinho.

Oi já mudei a cor das letras no Sibarita viu sua menina retada? Obrigado pela dica.

Ah sim quer dizer que tremos uma troca né? kkkkk Você vem para cá e a Letícia vai para ai? kkkk

Valha-me Senhor do Bonfim! kkkkk

bjs.
O Sibarita

Maria said...

netmito

É isso aí.....

Maria said...

joão jr

Pensa nisso....

Beijinhos, Amiga

Maria said...

belzebu

Para o ano, quem sabe.....
Este verão está um pouco idiota, sim....

Abraço fresquinho

Maria said...

o sibarita

Meu amigo

Sua ajuda foi 1000 estrelas, viu?
Foi tão bom fazer copy/paste...
Preciso de sua ajuda mais duas vezes, ainda...
Muito obrigada, mesmo, seu baiano!

Beijo

Leticia Gabian said...

Maroca,
Desse jeito já podes formar um grupo, quando da tua próxima vinda pra cá, e ser a guia....Já conheces tanto! E ainda contas com o auxílio luxuoso do cumpadi Siba!
Pronto. Agora é só marcar a data. Tô esperando.
Beijão

Leticia Gabian said...

Voltei pra dizer que apareço na pontinha esquerda da quinta foto. Hehehe! E nem me dei conta na hora!

al cardoso said...

A linda cidade da Baia, a mostrar o quanto os portugueses transplantaram para o outro lado do Atlantico!

Um abraco f/algodrense.

LB said...

E já conheço mais um pouco. Agora, fiquei com o desejo de lá ir...

Beijinho

Bia said...

belas férias essas!
obrigado por partilhares todos estes pormenores aqui na tua "ilha".
É um prazer ler-Te.
Beijos
A.-TU

naenorocha1@hotmail.com said...

Lindas fotos, e um texto bem descrito dessas belezas.
Se o Dorival Caymmi, ao invés de nos perguntar "O que é que a baiana tem", algumas coisas a gente sabe", as que são comuns a todas as mulheres. Bem que podia ter indagado "O que é que a Bahia tem", aí havíamos de nos lembrar de tudo isso. Um presente de Deus à Bahia e a todos nós brasileiros.

Um beijo
Naeno

Luís said...

É... a Bahia deixa a gente desse jeito. Cheios de Axé! =)

Naty said...

Ola desejo-te umas boas ferias.voltarei
bjs naty

O Profeta said...

Olá Maria, o encanto que nos transmites...

As manhãs vêm nas asas de um pássaro azul
No canto de uma doce e suave brisa
Desperto sol que no celeste viajou
No vago que resta de uma noite de magia


Bom fim de semana


Profético beijo

a.castro said...

Um "Pelourinho" que pelas imagens me faz crescer água na boca e, por isso, onde gostaria de ir. Mas a minha vida não dá para isso. Como sempre na vida nunca fui invejoso, o que tenho a dizer é que gozes as tuas férias o melhor possível. Que te corra tudo bem. Beijos.

Teresa Duraes said...

caia que nem ginja uma viagem agora :))


ai... estou aqui a morder-me de inveja lololol

beijos

veritas said...

Maravilhoso Maria. Obrigada por partilhares e tornares imprescindíveis as minhas visitas ao teu espaço.

Bjs. Bom fim-de-semana.

veritas said...

Obrigada pelo belo poema que me deixaste.

Bjs.

joão marinheiro said...

Especie de viagem guiada pelos lugares da hist�ria com est�rias dentro...
Abra�o junto do mar, quase no mar.

samarcanda said...

Belas fotos que fazem sonhar com a Bahia de Jorge Amado e de todos os orixás (Odôyabá para Iemanjá), acarajés e vatapás, caipirinhas e batidas de côco, samba no pé, os sons dos atabaques nos terreiros, e muito muito mais.
Beijinhos

albertokorda said...

Qualquer mortal quer viajar para lá.
Bom fim-de-semana

Maria said...

leticia gabian

Minha Amiga

Agora que o tempo vai começar a aquecer por aí.... não não.
Mais lá pra diante, quando começar o teu inverno e o meu verão, quem sabe...

Beijão

Palavras ao vento said...

Minha querida Maria,

Que bom, foi saber que passaste umas férias deliciosas.

Obrigada pela partilha das fotos... Mostrando- nos os traços característicos da arquitectura portuguesa.

Bom fim de semana...e muitos beijinhos

Maria

Maria said...

al cardoso

Na verdade há "sinais" portugueses por muitos lados, no nordeste do Brasil...

Um abraço

Maria said...

lb

E passando por aqui ainda vais conhecer mais. Aí ficas com a certeza de que um dia irás...

Beijinho

Maria said...

bia

Espero que as tuas também tenham sido muito boas....

Beijinhos e bom fim-de-semana
G.-TE

Maria said...

naenorocha

A Bahia é um presente aos brasileiros sim, e a todos que a visitam...

Beijo

Maria said...

luís

Cheinhos, cheinhos de Axé....

Beijo
:)

=^.^= Tarina =^.^= said...

Fantástico Maria...
Não conheço o Brasil.. espero sim.. poder visitá-lo..
Parece-me bonito!

Um beijinho

=^.^=

Maria said...

naty

Muito obrigada pela visita. Volta sempre que quiseres...

Bom fim-de-semana

Maria said...

o profeta

A confirmação.
E é tão bom ter-te aqui, de novo....

Bom fim-de-semana e
Um beijo
(o que não te pude deixar num comment no outro blogue, porque no momento exacto em que publicava tu apagaste...)

Maria said...

a.castro

Já voltei. E estou a partilhar as imagens convosco...

Beijos

Maria said...

teresa duraes

Fechavas o teu "negócio" e ias até lá...
... fazia-te bem...

Beijos

Maria said...

veritas

Eu é que fico honrada com a tua passagem por aqui...
Mas ainda bem que gostas das fotos...

Beijos
(O poema ocorreu-me quando te li...)

Maria said...

joão marinheiro

Com muitas estórias dentro...
Como foi a travessia?

Um abraço, daqui

Maria said...

samarcanda

Tanto, mas tanto mais.....

Beijinhos
(a gente vê-se...)

Maria said...

albertokorda

Terás razão....
Bom fim-de-semana

Maria said...

palavras ao vento

Bom teres apreciado as fotografias....

Bom fim-de-semana
Beijinhos, querida Maria

Maria said...

Querida Tarina

Quando puderes, e se puderes, não percas, mesmo!
Vale a pena!

Beijinhos

antónio paiva said...

.....

Maria,

bela reportagem :))

........................

Beijo e noite serena

Gi said...

O Que é que a baiana tem?
O Que é que a baiana tem?

Tem torço de seda, tem!
Tem brincos de ouro tem!
Corrente de ouro tem!
Tem pano-da-costa, tem!
Sandália enfeitada, tem!
Tem graça como ninguém
Como ela requebra bem!

Quando você se requebrar
Caia por cima de mim
Caia por cima de mim
Caia por cima de mim

O Que é que a baiana tem?
O Que é que a baiana tem?
O Que é que a baiana tem?
O Que é que a baiana tem?

Tem torço de seda, tem!
Tem brincos de ouro tem!
Corrente de ouro tem!
Tem pano-da-costa, tem!
Sandália enfeitada, tem!
Só vai no Bonfim quem tem
(O Que é que a baiana tem?)
Só vai no Bonfim quem tem
Só vai no Bonfim quem tem

Um rosário de ouro, uma bolota assim
Quem não tem balagandãs não vai no Bonfim
(Oi, não vai no Bonfim)
(Oi, não vai no Bonfim)


Tu deves ter balagandãs ... eu não tenho por isso ainda não fui lá :)
Já agora se puderes agradecia que me elucidasses sobre o que é o balagandã :) . Eu bem me parecia que ultimamente me faltava qq coisa. Não sabia era o quê ... :)

beijos sereia

Maria said...

antónio paiva

Muito obrigada

Beijinhos

Maria said...

gi

É bom ver-te por aqui, sinal que podemos esperar pelo Pequenos Nadas, um dia destes......

Trouxe de lá um balagandã, é verdade. Um dia destes saco a foto e coloco aqui, para veres....
... vem do tempo da escravatura / cartas de alforria. Depois digo-te.

Beijinhos, Gi

rosa dourada/ondina azul said...

Que belas fotos e com conteúdo !

Gostei muito.

Bjs.

Alice said...

Deixa água na boca...
As fotos estão lindas e os comentários muito interessantes...
Beijos...

Moinante said...

Lentamente regresso , confesso quem senti alguma saudade deste grande universo de amizade virtual .
Após uma breve leitura , parto , deixando votos de um bom fim de semana .
Até breve

LB said...

Tentei comentar em cima...
Oops, não é para comentar... antes de tempo...
Grande Chico!

Beijinho

Instante said...

Lindo!

Pondé said...

As fotos são suas, Maria? Muito boas. Só uma curiosidade a respeito do nome da capital baiana - mas que depois dou a explicação, porque agora não me lembro muito bem. Segundo um autor que estou lendo no momento, é um equívoco chamar Salvador de São Salvador. Mas o fato é que pegou e muita gente a chama assim. Daí a sua reprodução, Maria. abraço

Maria said...

rosa dourada/ondina azul

É bom ver-te de volta...

Beijos

Maria said...

alice

Eu voltava já para lá, outra vez....

Beijos

Maria said...

moinante

É bom ter-te de volta, poder ler-te.....

Até já

Maria said...

lb

Desculpa......

Beijo

Maria said...

instante

Obrigada....

Maria said...

pondé

As fotos são minhas, sim....
Obrigada por teres vindo, há ainda mais 2 posts...

Um abração, aquele

Sophiamar said...

Uma viagem até ao Brasil era o que eu precisava agora. Bonito o relato, bonitas as imagens. A saudade dói.
Beijinhos

multiolhares said...

Lindas imagens, fiquei sem forças para comentar pelo teu poste acima

beijinhos de força
luna

Fernando said...

Descobri que não existe felicidade extrema na vida de um ser humano se ele não tiver um grande amor.

Já fui "Apenas Palavras" depois "A Minha Louca Paixão" e agora "O Fôlego de um Homem" no entanto os meus amigos, aqueles que se distinguem pela qualidade daquilo que escrevem nunca me serão indiferentes nem deixarei de os ler, pois a tua escrita dá-nos coisas lindas e maravilhosas, gosto dos teus textos e a forma como escreves, dentro do pouco tempo que tenho é um dos cantinhos que eu gosto de visitar.

Boa semana,
Beijo

Maria said...

sophiamar

Gosto dessa dália da Amizade...
E porque não vais? Ainda tens férias.... acho....
É a ausência que dói, Isabel, a ausência...

Beijinhos

Maria said...

multiolhares

Muito obrigada pela tua Amizade, que sei sincera e solidária....

Beijinhos, Luna

Maria said...

fernando

Obrigada pela tua visita.....
Gostei de te ler...

Beijo