Sunday, July 13, 2008

Guillermo Rivera Fúquene


Porque sei que há por aqui bloggers que não estão completamente esclarecidos sobre a questão da libertação da Ingrid Betancourt, sobre quem é o presidente Uribe, da Colômbia, e sobre Guillermo Fúquene, Sindicalista desaparecido desde 22 de Abril em Bogotá e marido de Sónia Betancur (talvez a “confusão” seja derivada aos apelidos das duas mulheres), e porque a desinformação é mais que muita, deixo abaixo alguns dos blogues onde podem recolher mais informações a respeito:

http://anonimosecxxi.blogspot.com/
http://cravodeabril.blogspot.com/
http://ocastendo.blogs.sapo.pt/
http://samuel-cantigueiro.blogspot.com/
http://tempodascerejas.blogspot.com/

Palpita-me que, um dia destes, volto a colocar aqui Bertolt Brecht....

Nota: Neste preciso momento em que escrevo estou a assistir pela rtp ao concerto de homenagem a Nelson Mandela, pelos seus 90 anos. Penso que hoje todos sabem quem ele é. Mas nem todos sabem que ele fez parte, até há pouco tempo, da lista de “terroristas” dos EUA...

20 comments:

AGRY said...

Nunca somos ilhas, apesar dos anestésicos! E se o somos, também é agradável descobrirmos que poderemos integrar um arquipélago!
Parabéns

mariam said...

obrigada por divulgar :)

Fernando Samuel said...

Oportuníssima a tua Nota final: percebendo-a tudo se torna fácil de perceber...

Um beijo.

Fátima said...

Olá Doce Maria!!
Andei um tempo afastada deste mundo, mas a pouco e pouco tento retomar as visitas aos blogs amigos, com uma novidade, Tenho uma nova casa que esta a ponte de ser finalizada.
Quanto ao teu post de hoje, adoro estar informada de tudo o que se passa ao nosso redor, vou concerteza dar uma vista de olhos.
Quanto ao Nelson Mandela talvez tambem nao esteja de todo informada quanto ao que referes de sua faceta de "terroristas".

Deixo-te um grande beijo carregado de carinho e um desejo de um excelente fim de semana.

Lúcia said...

Importantes informações que deixas. Porque andam muitas dúvidas e anda muita lavagem com detergentes que mancham.
Beijinhos

samuel said...

Parabéns pelo final do post!
Saber que Mandela, que esteve preso durante uma eternidade, libertado há vários anos, foi entretanto presidente e principal responsável pela transição pacífica do poder na África do Sul, herói e inspiração para muitos milhões de pessoas... só há poucas semanas foi retirados pelos EUA da sua lista de "terroristas", faz-nos entender o elevado "critério" que os EUA utilizam para classificar alguém como terrorista e a miserável credibilidade dessa lista.

Abreijos

heretico said...

lembrar é preciso. sempre...

"hereticamente"... passe a presunção!

beijo

Adriana said...

Pena que política é tão suja!

Filoxera said...

Sempre pertinente.
Fazes muito bem.
Beijos.

BlueVelvet said...

Já sabia da 1ª parte:)) e do Mandela:)))
Sou muiiito espeerta...
Bjinhos Brechtianos

Anonymous said...

Olá, Maria!

Já estava com saudades do teu cantinho. Sempre em cima do acontecimento e com esclarecimantos muito importantes.
Boa semana.
Nanda

nanda said...

Estou com problemas em comentar...

rosa dourada/ondina azul said...

Obrigada pela informação, é sempre bom saber...


Boa semana,

Beijinho,

SILÊNCIO CULPADO said...

Maria
Informar é levar luz, fazer justiça.

Nelson Mandela sempre.

Beijos

Sal said...

Excelente post, Maria.
Então, esse final, é brilhante.
Obrigada por avivares a memória de todos nós.
Muitos Beijinhos.
Ps- vi o video recomendado até meio, depois o meu computador estava um bocado lento e não consegui ouvir com clareza, estava aos soluços. Mas pelo que ouvi gostei mesmo muito.

Ana said...

Olha, Maria, há um que eu sei que não foi terrorista e chamava-se Mohandas Karamchand Gandhi.

Beijinho

Vb said...

E como prometido chegou meu livrinho. Nele, muitos textos constituem histórias reais…Outros pura ficção! Alguns não serão nem uma coisa nem outra. Serão puras divagações, meras alucinações!
O último texto e que dá o nome ao livro é uma história real e dramática.
Uma noite o meu sobrinho Pedro Miguel, foi atropelado e morreu. Ia fazer nove anos na semana seguinte. Tinha marcado um golo no dia anterior…
Nesse momento eu senti tocarem-me no ombro e uma voz a dizer-me:
-Tio, Os Meninos Nunca Morrem
A partir desse momento eu soube que tinha de guardar aquele golo e de lhe oferecer este livro…
Este livro é também de todos vós, meus leitores e amigos virtuais.
Espero que gostem. Grato fica o meu:

Muito Obrigado

Vítor Barros

Maria said...

Muito obrigada a todos quantos passaram por aqui.

Beijos e boa semana

Luis Eme said...

tens toda a razão, há cada vez mais desinformação, em tudo que é comunicação social.

por isso é que alguma gente se sente incomodada pela blogosfera...

espero que tenhas passado bem o domingo aqui na Margem Sul, apesar do vento.

beijinho Maria

Maria said...

luis eme

até parece que estamos a ir lentamente para... nem quero pensar.
e olha que cada vez se sentirão mais incomodados, porque a gente já não aguenta.
O vento ontem até foi agradável, no atira-te ao rio até se estava bem...
... o resto foi cultura, e foi bom...

Beijinho, Luís