Thursday, July 02, 2009

Memória de Sophia

Mar

Mar, metade da minha alma é feita de maresia
Pois é pela mesma inquietação e nostalgia,
Que há no vasto clamor da maré cheia,
Que nunca nenhum bem me satisfez.
E é porque as tuas ondas desfeitas pela areia
Mais fortes se levantam outra vez,
Que após cada queda caminho para a vida,
Por uma nova ilusão entontecida.

E se vou dizendo aos astros o meu mal
É porque também tu revoltado e teatral
Fazes soar a tua dor pelas alturas.
E se antes de tudo odeio e fujo
O que é impuro, profano e sujo,
É só porque as tuas ondas são puras.


Sophia de Mello Breyner Andressen

24 comments:

clic said...

Mar Impossível

Na neve mais pura escrevo
As saudades do meu mar:
Tenho saudades da areia
Branca de neve ao luar
Tenho saudades da areia
Branca de neve ao luar

Tenho saudades do vento
Que sopra breve, indeciso
Leve como um pensamento
Do céu azul, calmo e liso.
Leve como um pensamento
Do céu azul, calmo e liso.

Tenho saudades das ondas
Das conchas e das sereias.
Aqui as ondas são poucas
E vivem paredes meias
Aqui as ondas são poucas
E vivem paredes meias.

No coração com a saudade
De não ver o mar sem fim
(Quando não posso cantar
Tenho saudades de mim)
(Quando não posso cantar
Tenho saudades de mim)

Luis De Macedo E Raul Ferrão
canta Camané

salvoconduto said...

Um belo poema, a recordar o aniversário da sua morte. Por aqui nasceu, foi morrer a Liboa depois de se tornar um dos grandes vultos da poesia portuguesa.

Abreijos.

Papoila said...

Bonita homenagem no dia de hoje.

Ando triste sim Maria... mas vai passar.
Um beijinho

Obrigada pelo carinho amiga.

BF

Carminda Pinho said...

Já partiu há cinco anos, mas continua tão viva a sua poesia.

Beijos, Maria

Menina do Rio said...

E nesse poema cheirando a maresia, na inquietude das marés há nostalgia...

Como sempre, uma escolha perfeita, Maria.

Beijos da orla de cá

Fernando Samuel said...

SOPHIA SEMPRE!


Um beijo grande.

ocäm said...

Maria, Maria, Maria

fizeste-me chorar
maré cheia. mar sem fundo.
o teu coração pleno de ondas puras.
.
.
.

beijo menina
perfumado bouquet
.
.
.
.
.
*)
.
.
.
.

utopia das palavras said...

É um dos poemas que mais gosto dela, neste poema ela faz do mar a fantasia, que purifica o profano!

Lembremo-nos sempre dela!

Um beijo

dona tela said...

Eu agora é mais crónicas...

Maria P. said...

Mar cá vou eu!:)

Beijinho, minha Maria*

mariam said...

Maria,

Gosto tanto da escrita de Sophia
e, gosto de ti.

um sorriso :)
mariam

Agulheta said...

Maria! Adoro os poemas de Sophia,nos encanta pela forma com que escreve,de tudo um pouco mas tão actual
Beijinho bfs.

Cris Caetano said...

Adoro Sophia. Obrigada. :)

Beijinhos

Rosa dos Ventos said...

A eterna e saudosa Sophia, a do mar!

Abraço

Anonymous said...

TS
情趣用品

提供上千種成人商品線上購物服務--專營情趣商品、男女自慰用品、性感睡衣、情趣用品批發、自慰套、SM商品、逼真情趣娃娃、跳蛋、按摩棒、同志用品、TENGA飛機杯..,可線上刷卡及貨到付款。 ... 收到的東西會有情趣用品的字樣嗎? 轉帳之後,如何通知這筆款項是我付的
導航

a片
a片
a片
a片
a片
a片

Ana said...

Tu sabes sempre as datas todas!
Maravilhosa organização.

Este é um dos poemas que me tem acompanhado muito.

Beijinho

Pico minha ilha said...

Linda homenagem a Sophia.Sophia era única na maneira de escrever.Um beijo Maria

FERNANDA & POEMAS said...

QUERIDA MARIA, SOPHIA A GRANDE POETISA QUE EU MUITO ADMIRO... VOTOS DE UM BOM FIM DE SEMANA... ADORO-TE AMIGA,
FERNANDINHA

Joao P. said...

Maria:

Tocaste no meu ponto fraco

Mar e Sophia

Beijo

João

Maria said...

Muito obrigada a todos que passaram por aqui.

Sophia é... Sophia...

Beijos

Fernando Pinto said...

Mar, metade da minha alma é feita de maresia

É verdade!

Beijinhos

Parapeito said...

..."Andava um dia destes a Sophia pelo mar da Caparica" :)
*
Quando eu morrer
voltarei para buscar os instantes
que não vivi junto do mar.
*
Há muito que deixei aquela praia
De grandes areais e grandes vagas
Mas sou eu quem na brisa respira
E é por mim que espera cintilando a maré vasa.
*
Dias cheios de brisas mansas

Pedro Arunca said...

Obrigado pela visita.

Escuto Ivan Lins e leio Sophia (que conheci nos "Contos Exemplares"). Com ela aprendi poesia.
Obrigado tambem.
BJ

paula barros said...

A vida...ondas veem e ondas vão, ondas trazem e ondas levam, ondas derrubam e ondas levantam....a vida e as marés....

Muito bonito!!!

abraços