Thursday, July 02, 2009

Para ti


Não tenho palavras para ti, hoje
apenas as minhas mãos
que te afagam o olhar trémulo
Não tenho palavras para ti, hoje
apenas os meus lábios
que se oferecem húmidos de desejo
Não tenho palavras para ti, hoje
apenas os meus braços esperam os teus
para o abraço que queremos dar-nos,
e tantos nos demos, em pensamento
Mas tenho para ti, hoje
no meu olhar uma flor
a desabrochar no teu jardim
Uma mulher que ama e te deseja
ansiosamente
Enfim vens
e uma onda de ternura cobre-me o corpo
que tu vais destapando
e suavemente descobrindo
num lento movimento de vai e vem
para cumprir o amor, por fim...

35 comments:

Pedro Branco said...

Comentário sério: "Que bonito, Maria!"

Cometário no gozo: "Se não fosses tão nova não me escapavas..."

Comentário religioso: "Ó menina, já devia ter idade para cuidar da linguagem!"

Comentário partidário: "Com tanto que fazer andas a perder tempo com poesia, minha?"

Comentário poético: "Sabemos sempre que as palavras que não temos são da cor dos nossos olhos."

Comentário vazio: "Olá. Gostei do teu blog."

Comentário malandro: "Não são precisas palavras, borracho. Basta acção. Muita acção!"

Comentário cinematográfico: "Eu sei para quem é este post. Mas cuidado que o... anda a rondar."

Chega, não?!!!

Uf...

Maria said...

Pedro Branco

Só tu mesmo para me fazeres rir hoje.

Apetece-me chorar, de emoção.
O jantar de solidariedade com o Gui foi muito bonito. O avô deu-nos conta que o Gui já foi operado ontem, correu tudo bem e não faz os movimentos descoordenados que fazia. Ou seja, a operação foi um êxito.
Seguir-se-ão mais tarde dois meses de fisioterapia, para que ele possa aprender a andar como outro menino.

É isto que vale na vida, Pedro.
Ajudar e emocionarmo-nos...

Se me visses agora vias-me a chorar e rir ao mesmo tempo, com o teu comentário...

Beijo-te!

Cris Caetano said...

Adorei o comentário do Pedro, mas agora vou falar o quê? Gostei. :)

Beijinhos

Cris Caetano said...

E agora li o teu comentário sobre o Gui e fiquei felicíssima, Maria. Dê uns beijinhos nele por mim. :)

simplesmenteeu said...

E... quando a lua roda ao contrário e o Sol é um bloco de gelo... o aroma de uma flor volta a repor a verdade dos sentidos.
As palavras voltam à sua inutilidade e vida é apenas um coração descompassado.

Abraço imenso e forte
de Sempre

Joao P. said...

Maria

Gostei muito e vou-me deitar com a noção de que esta foi a primeira coisa bela deste looongo dia de trabalho.

O comentário do Pedro deixa-me sem muito para dizer

Beijo

João

samuel said...

Comentário musical: Agora outra vez... todos juntos!

Muito bonito!

Abreijo

anamar said...

Bom Maria, não há palavras para os teus gritos de amor! São teus!...
Fiquei satisfeita por saber notícias do Gui...
Força para ele e pais!!!
Beijinho

Delfim Peixoto said...

Comentário simplesmente:


L I N D O ! ! !


Jnhs....

Carminda Pinho said...

Que bonito, Maria.
A sério.:)
Beijos

Gostei de saber que correu tudo bem com o Gui.

amigona avó e a neta princesa said...

Não consigo dizer nada! Beijo-te Maria!

Teresa Durães said...

belo poema! Gostei bastante!

Rosa dos Ventos said...

Não são precisas palavras!...

Abraço

Pico minha ilha said...

Gostei deste sentir o amor Maria.Também gostei de saber que a operação do Gui correu bem.Um beijo com tudo de bom

utopia das palavras said...

As minhas palavras para ti, hoje, são a doçura que senti
o sabor que consenti
de tanto saber...amor!

Feliz pelo Gui também!

Beijinho

A CONCORRÊNCIA said...

Pedro este comentário foi efeito de não teres podido estar connosco, só pode. Mas sabes que mais ? o comentário tá um "must", mas prefiro muito mais quando podemos usufruir da tua companhia.

As muito boas notícias que tivemos do Gui deixaram-te arrojada Maria, e eu gostei ...

Beijo

Fernando Samuel said...

O amor é assim: um pretexto para que se escrevam coisas bonitas.

Um beijo grande.

clic said...

Seguindo a iniciativa do Pedro, pego na ideia do Samuel e faço comentário à J. M. Branco:

Agora todos mas... a tempo, a tempo!... :)

Meg said...

Maria,

Depois de ler o comentário do Pedro Branco, também eu me diverti, embora completamente "a leste".
Valeu esta vinda aqui num dia de folga inesperada...
O poema é muito bonito

Um beijo

ocäm said...

Ah como estás bela minha amiga
ah como estás bela com teus olhos de pomba (...)

canto I
cântico dos cânticos

Abraço-te Maria, junto ao coração

ocäm

um dia, saberás

.
.

ocäm said...

http://www.youtube.com/watch?v=3yXfc4r8l5I

beijinho perfumado

(hoje acordei assim :/)

Licínia Quitério said...

Ah o amor, Maria, esse menino malandrote que se veste de tantos e variados jeitos.

Beijo, Maria.

Lúcia said...

Eu hei-e levar-te para o meu Rosmaninho, Maria! belíssimo. nem digo mais nada.
Então depois o comentário do Pedro...:))
Beijinhos

PS soube por ti que o Pinho se foi. Vai tarde! Devia ter ido depois da barracada na China há uns anos!

Pitanga Doce said...

Não diz nada, Maria. Nadinha.

Baila sem peso said...

Depois de tanta palavra bonita
da clara emoção do teu coração
da amizade que passou de mão em mão
apenas silêncio e sentida admiração!!

Que flores perfumem sempre tua mão!

Beijinhos do coração

Anonymous said...

GA
批發

seo

網路行銷

Apenas eu said...

Olá Maria :)
Já percebi a emoção que sentes,escrita em Ti num poema lindo.
Aquele Senhor que te comentou primeiro mata-me de rir :))

Gosto tanto de ler as Tuas palavras.

Escreves com tanto amor...

Um Grande beijinho
E um bem haja a todos os que contribuíram para as melhoras desse menino.

Filoxera said...

Amiga: este teu amor não tem igual. Grandioso, belo, retratado de forma tão bela como a de Vinicius.

Quanto ao Gui, fico feliz por estar no bom caminho.

Beijos.

heretico said...

comentário tímido. não me atrevo...

beijo

Maria said...

Obrigada por terem passado aqui.

Beijos a todos

Papoila said...

Completa entrega nas palavras.
Tens tantas palavras contigo e tantos sentires.

Muito bonito este teu poema amiga.

Bf

Vanda Paz said...

Pois, por fim....

Beijo, Maria

Ana said...

O primeiro destes comentários é de alto lá com ele!

As tuas palavras, tu sabes como gosto de lê-las.

Beijinho

Parapeito said...

Maria...gostei de Para Ti...mas tocou me mais fundo...o teu comentário sobre o Gui...
Faz tão bem á alma sabermos que existem assim pessoas como tu e os restantes que noa abandonam o Gui...
Obrigada*****

paula barros said...

Lindamente, lindo...sem palavras, mas com muita entrega e carinho, sem palavras mas com muito amor e paixão, sem palavras mas com corpo e alma.

abraços