Wednesday, January 13, 2010

de longe...

Que seria de nós sem os sonhos, ou o sonho maior de todos. Como não abraçar a solidão se esta se veste de versos e canções. Pegar na mão de todos os amantes e tocar a tua pele sedosa. Um frio a percorrer-nos o corpo. Um calor a subir ao peito. Um respirar ofegante. 
A praia...

Dançar na escuridão da noite até nos cansarmos. Deixar que o manto de estrelas nos cubra. Sorver o mel da tua boca e fincar-te os dedos nas costas. Beber a espuma do amor feito poema. Olhar o céu e ficarmos. Talvez se oiça uma melodia vinda de longe, de longe, de longe...



28 comments:

samuel said...

"Que seria de nós sem os sonhos..."

Muito pouco... e triste.

Abreijo.

Memória de Elefante said...

Lindo!

É isso que nos salva de morrer essa capacidade de de sonhar e acreditar "ouvir uma melodia de longe , de longe, de longe" como se fosse a única e eterna vez.



Um beijo

salvoconduto said...

Infelizmente há alturas que a solidão não se veste de versos e canções. Vestes com vestes carregadas...

Abreijos.

zmsantos said...

Lindo, Maria. Vou guardá-lo!

Beijos.

Vanda Paz said...

Sonhar, sonhar, sonhar.... Sempre!

Beijo com saudades!!!!!

viajantes said...

lindo maria!
beijinho

Leticia Gabian said...

Tão lindo, amiga-irmã...!

Aquele beijo e mais um abraço

Só Eu (Ricardo) said...

Olá Maria.
"beber a espuma do amor feito poema"
Curvo-me perante tanta beleza feita palavras.
Deixo-te um beijinho muito terno
Ricardo

Fernando Samuel said...

De certeza, ouvir-se-á essa «melodia vinda de longe»...

Um beijo grande.

amigona avó e a neta princesa said...

As tuas palavras - que seríamos nós sem elas?
beijos minha querida...

Oliva verde said...

O amor! Ouvir-se-á, por certo, mesmo longe, muito longe!
Um abraço

Violeta said...

A solidão tem vestes tão diversas...
Bjs

Manuela Freitas said...

Olá Maria,
Triste este dia, devido à tragédia do Haiti.
Lindo o que escreveste, tu sabes ter sonhos belos...
Para mim o sonho tem sido a minha mulets de vida, mas depois também há realidades que parece sonhos!...
beijos afectuos,
Manuela

Maria P. said...

É mesmo pelo sonho (que vou).

Beijinho, minha Maria*

clic said...

Xiiiiii! Tanta coisa boa de uma só vez!... :)

heretico said...

beijo, Maria

o teu texto/poema é muito belo.
gostei muito. mesmo...

Apenas eu said...

é destas palavras que eu gosto. têm alma. são sentidas. são lindas e és Tu no Teu Melhor.

que seria de nós/mim sem sonhos?
não me consigo imaginar...

Lindo Maria.
Beijos
gmts

Filoxera said...

Que essa melodia se vá aproximando.
Beijos.

Pitanga Doce said...

Quando se ouve essa melodia é que tudo se faz diferente. O resto é banal.

boa noite Maria.

Lúcia said...

Que seríamos nós, sem... so sonhos, o mel, os dedos a tocar nas costas...

Beijos, Maria

Menina Marota said...

Nunca deixes de sonhar. Nunca!
Adorei ler-te.
Beijinhos e Feliz 2010 :-)))

Cris Caetano said...

O que seria de nós? Tem de haver sempre um amanhã e que ele comece a existir nos nossos sonhos, pelo menos.

Beijos

Ana said...

Sem sonhos, Maria, simplesmente não seríamos...

Beijinho

C Valente said...

Saudações amigas

Maria said...

Muito obrigada por terem passado aqui.

Beijos a todos

paula barros said...

E sonhando valsar a vida, rodopiando junto com belas emoções.

Lindo!

beijo

CNS said...

Provavelmente não seriamos nada sem os sonhos.

Bom fim de semana!

A.S. said...

Nunca abandones os teus sonhos, porque se eles se forem, tu continuarás vivendo... mas terás deixado de existir!


Um beijo Maria!
AL