Wednesday, January 06, 2010

Porque de amor também se chora!


Deixa que a saudade se faça rio
Uma canção de amor ou de embalar
Um colo de ternura e de ninar
Como se fosse um eterno desafio
Porque de amor também se chora!

Deixa que o meu ventre se faça rio
Um punho erguido em luta pela rua
Um arado uma foice ou mesmo uma charrua
Como se fosse um eterno desafio
Porque de amor também se chora!

Deixa que o meu colo se faça rio
Um corpo ardente que mergulha no mar
Um carinho terno de mão a afagar
Como se fosse um eterno desafio
Porque de amor também se chora!

35 comments:

Memória de Elefante said...

O Amor é uma conquista diária.
Nem sempre é um mar tranqüilo,às vezes surgem desassossegos quer pela distância, quer por algum imprevisto.
Que o outro perceba nossa fragilidade quando necessitamos de carinho terno de uma mão a nos afagar...

Um beijo

samuel said...

Muito... muitas vezes!
(Bem esgalhado!)

Abreijo.

Joao P. said...

Maria:

Porque de amor também se chora é a mais pura das verdades!

Beijo

João

salvoconduto said...

Só chora quem o tem ou o já teve.

Abreijos.

viajantes said...

...porque de amor também se chora.
é lindo maria!
beijinho.

Teresa Durães said...

chora-se de amor, sim, na ditância, na falta do abraço

rosa dourada/ondina azul said...

Lindo !
De amor também se chora...!


Beijinho,

clic said...

E de tanto chorar, até o rio chega ao mar... :)

Vanda Paz said...

Chora e muito....

Beijo sem lágrimas

zmsantos said...

E eu que tenho sido um previligiado chorão de amor, subscrevo.


Beijos.

Leticia Gabian said...

Maroca,
Nos últimos tempos, o amor tem provocado choros de alegria. Pois, de alegria também se chora.

Beijos alegres, AICeT

Fernando Samuel said...

Ó, se se chora!...

um beijo grande.

Ana said...

Chore-se de dor ou de alegria...

Beijinho

Baila sem peso said...

oh, quantas quantas vezes
o Amor faz chorar...
as palavras tão bonitas
são no coração escritas...
e quantas são as vezes
que choramos a rir
e rimos a chorar...
o Amor tem esse brio!
sempre igual
sempre diferente
ao correr do rio...

beijinho

Maria P. said...

Pois chora, muito...

Vou ler outra vez.
Beijinho, minha Maria*

Apenas eu said...

sim... de saudade também se chora.
faz da minha saudade um rio.

um beijo Maria.
Tu sabes-me

fj said...

...e quem não chora?
um beijo, Maria.
obrigada pelo apoio

Delfim Peixoto said...

Se se chora... por isso o mar ser tão salgado! São as lágrimas do rio da fonte que são os olhos de quem ama... e toda a fonte chora... porque ama.
Ainda bem que existe a fonte, o rio e o mar... e os olhos, foz, onde o amor às vezes vai desaguar
Bjnhs

A.S. said...

Sim querida Maria! O amor desperta em nós todas as emoções!!!
É lindo o teu poema...

Beijos!
AL

maré said...

pois chora Maria!

o amor, essa flor que se multiplica em cristais onde a vida se lê...

_____um grande beijo para ti

Isabel said...

Lindo, lindo, lindo... como sempre!!!

Obrigada, pelas tuas palavras!

Beijinho

Ana said...

Gosto tanto quando deixas palavras tuas, Maria.
Um beijo e que 2010 só te traga sorrisos.

Ana Camarra said...

Também...

Beijo grande

Justine said...

O teu belo poema não é um lamento, é uma canção vibrante e ritmada.
Que os cantores peguem nele e lhe dêem essa forma!

Cris Caetano said...

E como se chora...

Beijinhos

Pitanga Doce said...

SIM!!!!!!!!!!!!

beijos da Mila

O Sibarita said...

Pois é Maria e como chora! Belo poema, vc é a tal... kkkkkkkk

bjs
O Sibarita

Filoxera said...

Sempre o amor conjugado com as águas. Fluidos, como a vida...
Beijos.

Manuela Freitas said...

Deixa que a saudade se faça rio...
Deixa que o meu ventre se faça rio...
Deixa que o meu colo se faça rio...

A fluidez como algo que se move e está sempre presente...

Gostei muito do poema, das imagens que projectás-te para o meu pensamento, dessa fluidez sempre presente, sempre inexgotável...
Beijinhos,
Manuela

Violeta said...

E se se chora...
bjs

Maria said...

Muito obrigada por terem passado aqui.
Beijos a todos

Catarina said...

A Lagoa das Sete Cidades não teve origem em lágrimas de amor?!
E se o amor faz chorar... por que é que é tão procurado? Pode-se chorar de alegria... mas este choro de amor está mais associado a sofrimento! Complicado!

anazézim said...

de amor SÓ se chora. é que são tantos os choros. se confundem em sal, doce ou chorinho de samba. =)

# Kika # . said...

Maria
Tenho lido e visitado muitas vezes o seu blog. Tenho adorado! Tem-me inspirado... Ajuda-me a perceber, que, mais tarde ou mais cedo, mais perto ou mais longe, há sempre alguém que nos compreende.
Adorei o poema e como tal, decidi fazer um blogue para postar os meu poemas também...
Aqui fica.
Um beijinho muito grande e um obrigada pelos momentos em que, distraia, pouso nas suas palaras.
Rita Miranda, 16 anos

Maria said...

# Kika # .

Bem gostava de te ler, mas tens o blogue só para convidados...
De qualquer modo, ainda bem que o que tens lido por aqui te animou a escrever. É isso que é importante: escrever!

Um beijinho