Wednesday, January 20, 2010

Soubesse eu


Soubesse eu aliviar as tuas angústias e seria rio onde pudesses matar a sede da saudade. Soubesse eu entender tudo o que sentes e seria mar para recolher todas as tuas lágrimas. Soubesse eu do toque, do toque, do toque... e cantaria para ti uma cantiga de embalar...



32 comments:

salvoconduto said...

É mesmo disso que eu estou a precisar, de uma canção de embalar, para ver se adormeço. Como já hoje foste ao meu canto sabes porquê.

Abreijos.

margusta said...

Querida Maria,

...e soubesses eu de um rio assim, para afogar a saudade...

Gosto tanto (já to tenho dito) de te ler em palavras tuas.

Tenho-te visitado, em silêncio.

Querida amiga, deixo-te um beijinho muito grandeeeeee!!!

Margusta

Memória de Elefante said...

O que mais se pode querer do que um rio dentro deste mar em silêncio a embalar uma suave cantiga?


Um beijo

Pedro Branco said...

Parte de ti é um rio que me corre nas veias. Uma torrente de amor e marés cheias. Uma pequena grande lareira de nos aquecer. Uma onda perto de nos voltar a nascer. Parte de ti é tudo isto e és toda tu que eu quero merecer...
Parte de ti é um mar que me canta o peito. Uma voz de ternura e mel em abraço mais-que-perfeito. Um pequeno grande beijo de nos escrever. Uma praia em ilha de tanto ser e ser. Parte de ti é tudo isto e és toda tu que eu quero merecer...
Parte de ti são as cores da liberdade. Todos os segundos da luta e da verdade. Uma avenida repleta de punhos bem abertos. Gritos e cheiros dos caminhos mais certos. Um regresso da saudade a cada novo amanhecer. A lágrima do olhar numa pele sempre a arder. Parte de ti é tudo isto e és toda tu que eu quero merecer...
.
.
.
Parte de ti sou eu em ti, assim, palavra a palavra com que nos aqueço. Porque eu sei que tudo isto és toda tu e que eu mereço!!!

Lucas said...

Não precisa de saber por completo... pode ser o que você já sabe...

Leticia Gabian said...

Sabes TUDO, Maroca!

Beijo enorme, AICeT

zmsantos said...

Beijinhos, Maria.

GR said...

Mas tu sabes.
Lindo!

BJ,

GR

Teresa Durães said...

Mas é difícil essa percepção! Lindo texto!

Apenas eu said...

Olá Maria. Mas tu sabes...
cantar. encantar.
cantiga de embalar que eu já nem lembro e tenho tantas saudades.

beijos

escarlate.due said...

soubesse eu o que sei hoje e...
ah tretas, faria tudo de novo para não correr o risco de não saber o que sei hoje
ups sorry deu-me para o disparate hoje

:)

Fernando Samuel said...

Que seria, certamente, uma bela cantiga de embalar...


Um beijo grande.

Meg said...

Maria,

Soubera eu tanta coisa, minha amiga!
Soubera eu escrever como tu...

Beijos de cá

João Videira Santos said...

Muito bonito, Maria.Parabéns!

Manuela Freitas said...

Muito bonito Maria!...A sabedoria dos sentidos é a mais importante.
Vim aqui para te convidar a ires ao meu blogue onde tenho uma brincadeira que te enderecei, se quiseres alinhar...
Beijinhos,
Manuela

paula barros said...

Ah! Se eu soubesse também.

Maria, gosto muito da sua forma de escrever os sentimentos. Me encanta.

abraço

A.S. said...

Querida Maria...

Este teu belo texto é um imparável rio de amor, correndo ansioso para os braços do mar!...


Beijos
AL

El Drac said...

Aqui no Peru, também entrou em êxtase vendo o mar, quando você retornar ao mar olhando para trás com uma grande paz. Foi bom ler você. Um conselho deve colocar uma página de tradutor no meu blog eu tenho um muito bom, é fácil de instalar, por isso estamos integrando ¿¿O que você acha??

clic said...

Eu é que não canto nada de jeito mas aposto que tu sim!... :)

viajantes said...

um beijinho, Maria.

Patudos do Paúl said...

Adorei Maria, aliás tu tens um toque nas palavras , que nos prendem. Fantástico!
abreijos
fica bem amiga
Ana Paula

Joao P. said...

Maria:

Sabes pois!
Sabes sim!

E se calhar sabes e podes...

beijo

João

Cris Caetano said...

Deixas-me fazer uso desse amparo? :)

Beijinhos

Pepe Luigi said...

Palavras de toque muito fino e sentido.
Um beijinho do
Pepe

margusta said...

Maria ...apenas para um beijinho de BOM DIA!!!

Bárbara Fiz said...

Acho que tu sabes...
com tão belas e límpidas palavras é impossível não saberes
ao menos um pouco do que tu dizes .

Um abraço

Agulheta said...

Maria.Me deixei ficar e ler as palavras,e embalei nelas com alguma saudade,que sempre teima em ficar.
Beijinho Lisa

Ava said...

Belas palavras, assim conseguisse eu me exprimir.
Parabéns!

ausenda said...

Soubessemos...Maria!

Lindo!

Beijos

Maria said...

Muito obrigada por terem passado aqui.

Beijos a todos

Maria said...

Ava

A tua caixa de comentários, colocada logo abaixo do post, não me deixa comentar o teu blogue.
Só consigo que os comentários entrem se a caixa for do tipo desta, pop-up, ou em folha completa.

Obrigada pela visita, mais uma vez.

Ava said...

Como não sei o que se passa, vou tentar mudar o meu esquema do blogue, e se tentar.
Entretanto vou vendo e aparecendo por aqui.

Um abraço, Maria