Thursday, April 15, 2010

Noite


É de noite que renasço cada dia. É de noite que as palavras me escorrem pelos dedos como se fossem água de um rio caudaloso que corre desenfreado até à foz. Das palavras.
É de noite que me refaço ao pôr da lua. E é de noite que a poesia se solta do meu peito como se fosse um grito que ninguém ouve porque se juntou ao rio e já desaguou no mar.
É de noite que os amores secretos se encontram. Ainda que distantes. Ainda que apenas em pensamento. É de noite que escrevo porque as palavras me regressam em cada maré. E porque gosto deste silêncio...

29 comments:

margusta said...

Querida Maria,

..é de noite que nos encontramos connosco próprios...
E é de noite que todas as emoções se tornam mais fortes...

Lindo Maria!

E tu amiga és mesmo noctívaga :)

Um beijinho meu,
Margusta

bettips said...

Nossa
conhecida
a maré da noite!
Bjinho

Joao P. said...

Maria:

Simplesmente... BELO

belo

Beijo

João

Memória de Elefante said...

É na noite por onde quer que minha alma
navegue, ou ande, ou voe, tudo, tudo é mais tranquilo
sempre o silêncio fala...

Ah! Como te entendo Maria.
Lindo poema!


Um beijo

Cris Caetano said...

Lindo... e por coincidência (ou não), teu poema, mais uma vez, conversa comigo.

Beijinhos, Maria. E bons sonhos. :)

Ava said...

A noite é dos poetas e dos amantes. Do amor, da paixão seja ela puramente física ou intelectual.
A noite é magica, nos acaricia e nos assusta. A noite é noite a revelação de todos os sentimentos...

Belo poema, mais uma bela forma de iniciar o meu dia.

Um beijo Ava.

escarlate.due said...

também gosto de escrever de noite. a noite com os seus lusco fusco e sombras tem sempre uma magia encantadora :)

clic said...

... e o mistério acontece!... :)

Vanda Paz said...

Maria

Continua a escrever de noite porque está soberbo!!!!

Beijos

© Piedade Araújo Sol said...

M.

tambem eu gosto da noite para escrever,

gostei muito do teu texto, cheio de sentimento e sentires.

um beij

Manuela Freitas said...

Cá estou eu Maria, posso lá deixar de passar por aqui!...
Como tu sou uma noctívaga, de facto de noite encontro-me de uma forma mais íntima comigo, com as minhas carências e entro sem esforço em mundos diferentes e fascinantes!...
Beijinho,
manuela

A.S. said...

Querida Maria...

Quando é noite, todas as emoções são mais intensas...


Beijos
AL

Valvesta said...

A NOITE, FIEL COMPANHEIRA.

Que tudo o que sonhamos se transforme em realidade.
Que o Amor pelo próximo seja nossa meta absoluta.
Que nossa jornada de hoje esteja repleta de flores.

ABRAÇOS E BOA NOITE

Mar Arável said...

Que vivam todas as noites

claras

Bjs

Fernando Samuel said...

Aí estão duas excelentes razões para escrever de noite...

Um beijo grande.

Luis Eme said...

benditas noites...

beijinho Maria

Aníbal Pires said...

Maria,
Na tua noite não há escuridão
As tuas palavras brilham
Como uma constelação no firmamento
Como a apontar o trilho… o rumo que liberta

Beijos

Manuela Freitas said...

Olá querida Maria,
Se puderes vai ao meu blogue, ver a resposta que te dei sobre as canções de Abril.
Beijinhos,
Manuela

Justine said...

Oh minha amiga noctívaga, abençoada seja a noite assim!
Abraços diurnos:)))

Baila sem peso said...

é de noite porque vive o silêncio
é de noite que a luz sobressai na escuridão
é de noite porque de dia existe a multidão
é de noite, pois então...
onde mora toda a paixão!
pelas tuas palavras não tem senão!
mas escrevo-te estas linhas
hoje de dia, a correr pelas letras e linhas
só para te desejar bom fim-de-semana
de noite cheia de poesia, de dia cheia de alegria...

beijos

Maria P. said...

Que cada maré traga mais palavras...
Beijinho, minha Maria*

Agulheta said...

Maria...A noite que tanta magia tem,como as palavras lindas escritas aqui.
Beijinho bfs Lisa

GR said...

É de noite que tudo acontece,
porque o sonho não tem fim!
Lindo, Maria.
Bjs,


GR

Pitanga Doce said...

Também tenho andado muito à noite mas não tão tarde como tu. Talvez porque, por aqui, não seja à noite que se encontram amores secretos.

beijos, Maria, em noite linda no Rio.

Maria said...

Muito obrigada por terem passado aqui.
Beijos a todos.

arabica said...

:) Já há tanto tempo que não te comentava num post "arrematado a preceito"! :)

E tal como tu, como gosto também da noite, quando no dia seguinte não há despertador nem tarefa obrigatória...e que saudades eu sentia destas noites!

A ouvir Adriano, pela noite dentro :)


Um abraço meu, bom fim de semana!

Ana said...

De noite, todas as lembranças vêm ao nosso encontro.
É quando a música nos transporta para onde nos sentimos bem.
E é do meio do silêncio que a inspiração surge...

Beijinho, Maria

maré said...

a noite é um óvario tão fecundo...

de luz, de sombras, de tantas marés.
também de todos os silêncios habitados de palavras.

beijo maria

viajantes said...

é tão lindo Maria.
gosto desta noite onde te habitam as palavras.
beijinho