Friday, August 06, 2010

Para que nunca mais!!!!


Rosa de Hiroshima

Pensem nas crianças
Mudas telepáticas
Pensem nas meninas
Cegas inexatas
Pensem nas mulheres
Rotas alteradas
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas

Mas oh não se esqueçam
Da rosa da rosa
Da rosa de Hiroshima
A rosa hereditária

A rosa radioativa
Estúpida e inválida
A rosa com cirrose
A anti-rosa atômica

Sem cor sem perfume
Sem rosa sem nada


(Vinicius de Moraes)
(foto da net)



No dia de hoje, embora repetido, é o único post possível.

18 comments:

Leticia Gabian said...

Não podemos deixar de lembrar!

Beijo imenso, AICeT!

Agulheta said...

Querida amiga! Jamais poderemos esquecer,ficará para sempre nas memórias.Desculpa de aqui vir pouco,como por outros lados,algum cansaço e trabalho.
Beijinho

OUTONO said...

O post possível?????
O post pertinente...Maria e amiga!

Beijo.

salvoconduto said...

Há farsolas a combaterem as armas nucleares, nas mãos dos outros, claro.

Abreijos.

Memória de Elefante said...

Maria!

Inesquecível...e este poema canção de Vinícius é de uma grande beleza,apesar de triste!

Um beijo

vovó said...

Para que Nunca Maissssss!!

beijocasssssss
vovómaria

Fernando Samuel said...

O CRIME foi há 65 anos.
Os CRIMINOSOS andam por aí e continuam a matar.


Um beijo grande.

samuel said...

Nunca é demais.

Abreijo.

tulipa said...

Concordo com o título:
Para que nunca mais!!!

A mensagem passou e ficou.

Há muito que andamos por caminhos afastados na blogosfera. Hoje regressei ao contacto e convido-te a vires refrescar-te para as bandas do Sado.
Ora experimenta!

Sobre o meu último post acredita que apenas num passeio de barco como eu fiz, desde as 10h às 17h podes ter uma visão magnífica destes recantos de Portugal.

Tenho um orgulho imenso de viver perto (25km) do estuário do Sado e poder disfrutar destas vistas fabulosas. Vivo juntinho ao rio Tejo (1km) também com vistas maravilhosas.

Continuação de dias felizes.

Justine said...

Para que nunca mais, Maria!
Beijo

Carlos Albuquerque said...

Sem dúvida que sim!
Para que nunca mais aconteça!
beijo

Manuela Freitas said...

Esta canção é marcante e que seja assim por tempos infinitos, para que jamais se repita tragédias tão horriveis!...
Beijinho,
Manuela

Alien8 said...

Que nunca mais essa rosa. Mas sempre Vinícius, sempre Ney e sempre as tuas belas Intermitências.

Abraço.

Rosa dos Ventos said...

É mesmo o único possível!

Abraço

GR said...

Linda canção em Memória dos mais de 250 Mil mortos e centenas de milhares de feridos.

Bjs,

GR

Maria said...

Muito obrigada por terem passado aqui.

Beijos a todos.

Cris Caetano said...

Tomara que nunca mais mesmo... mas ainda, de vez em quando, alguns governantes nos deixam em expectativa temendo pelo pior.

Beijinhos, Maria

orespirardopensamento said...

Como pode?
Como pode um homem
fazer um filho...
vê-lo crescer
tornar-se adulto
renovar-se
com filho
do seu filho...
e depois
matar inocentes
em favor
da liberdade...
Onde começa
o egoismo
e acaba
a crueldade?
Oh! vil alçapão
cheio de sentimentos
podres...
porque não explodis...
vós?
Como pode
um menino-homem
tornar-se
em homem-menino
e brincar à guerra?
Como pode?
como pode...

Que revolta, ainda hoje, Maria!!!
Que revolta!!!

Descobri-te através da memória de elefante...e ainda bem...
beijo