Saturday, March 21, 2020

ADEUS


Fiquem em paz, meus amigos,
fiquem em paz
Eu vou partir
convosco no coração
e a minha luta na cabeça.
Fiquem em paz,
amigos meus,
fiquem em paz.
Não quero ver-vos na praia
alinhados como aves num postal.
Não quero os vossos lenços a acenar, não, isso não.
Vejo-me inteiro nos olhos dos meus amigos.
Ó meus amigos
meus irmãos de luta
meus companheiros de trabalho
adeus sem uma palavra.


As noites vão fechar o ferrolho da porta
Os anos vão criar teias de aranha nas janelas
e eu cantarei na prisão a minha canção de combate.
Tornaremos a ver-nos, amigos, tornaremos a ver-nos.

Juntos, sorrindo, olharemos o sol
bater-nos-emos lado a lado.
Ó meus amigos
meus irmãos de luta
meus companheiros de trabalho
Adeus.

Nazim Hikmet

4 comments:

Rogério G.V. Pereira said...

"Juntos, sorrindo, olharemos o sol
bater-nos-emos lado a lado."

Teresa Durães said...

Não haverá um adeus, os pássaros sorrirão!

Justine said...

Até já! nada de adeus...

Minas cap said...

Olá , estou acompanhando este site e estou adorando seus artigos são muito bons mesmo parabéns.
Cap legal litoral