Sunday, February 04, 2007

Como eu queria


Como eu queria
que estivesses aqui
comigo
partilhar esta calma
este cheiro a mar
este som das gaivotas
e este fim de tarde
tão bonito
em que nos amámos
um ao outro
em pensamento
Como eu queria
que tu gostasses
deste mar
como eu queria
que tu viesses
ter comigo
e me amasses
aqui mesmo
com esta brisa
a cobrir-nos como
se fosse um lençol.

36 comments:

Moura said...

Que bom! Chegar aqui e ver mais um belo e sentido texto...e fotografias das Berlengas que devem estar ansiosas que eu as visite em Junho...
Bjos

Pedro Branco said...

Até dá para sentir! Acredita. O vento suave, o sol a pôr-se, o barulho úncio do mar. E tu.

Um beijo

Luis Eme said...

Tenho saudades dessa brisa...

O poema? Mais um tratado de paixão...

AnaG. said...

Um poema lindo...

Beijinho

david santos said...

Olá!
Linda, Maria. Um espanto.
Obrigado

Pepe Luigi said...

Pressinto que te vejo Maria neste tão terno poema.
Vou passar a visitar o teu espaço pois tens poesia magnífica.

Sobre o lugar da Paixão:

A Amizade é um filme
A Paixão um slide
O Amor uma foto.

José Luís.

FSilva said...

Linda foto

Maria said...

moura

Nesta altura do ano estamos todos (os berlengueiros) ansiosos por chegar Maio ou Junho...
Sabia-me tão bem ir já na 3ª feira, na rendição dos faroleiros, e voltar só quando não me apetecesse mais ficar...
Bjs

Maria said...

pedro branco

Eu acredito. Porque tu o dizes... e é mm assim.

Um beijo

Maria said...

luis eme

O tempo esteve tão bom por lá...
Esta cidade grande "atrofia-me"...

Maria said...

anag.

Muito obrigada

Uma beijoca

Maria said...

david santos

Obrigada eu, david, pela tua visita.
Boa semana

Maria said...

pepe luigi

Eu sou exactamente o que tu lês...
Registei o lugar da paixão...

Maria said...

fsilva

Obrigada, vou já passar pelo teu blog que sei não visitar há alguns dias...
Desculpa lá mas o tempo tem sido pouco...
Um beijo

Luna said...

Quem sabe se o que tanto queres acontece mesmo sem veres, não é porque não vimos...
jinhos

Era uma vez um Girassol said...

Mar de prata, lindissimo...como o teu poema apaixonado!
Custa a crer que não seja possível...
Beijinhos

Maria said...

luna
Pode ser, até pode ter já acontecido, quem sabe...
Gostava de te "levantar" o ânimo e não sei como...
Bjinhos

Maria said...

era uma vez um girassol
Claro que é possível, flor grande, claro que é...
Beijocas

Morgaine said...

que giro.. vim aqui parar por acaso e vejo que temos alguns links em comum. ;) Sinal de bom gosto! Escreves lindamente. Uma poesia carregada de ternura. bjs

acordomar said...

ao ver este mar... só me apetecia ir nadar por ele adentro...

bjs*

bettips said...

Por vezes, as fotos não carregam... leio as palavras, deliciosas, mas fico a sonhar com a ilha! Tanto mar, tanto amor!Bjinho Maria

Maria P. said...

Lindo o teu querer!

Bjos*

Maria said...

morgaine

Obrigada pelas tuas palavras, eu escrevo o que sinto...
Um beijo

Maria said...

a cor do mar

E porque não mergulhas?
Marcamos dia?

Maria said...

bettips

É pena não conseguires ver a foto, porque é um pôr do sol na Foz do Arelho que eu acho espectacular...
Mas a Ilha está lá ao fundo, ao lado de Peniche...
Beijo

Maria said...

maria p.

Como as tuas janelas...
Beijo

Paula Raposo said...

Gostei do poema. Obrigada pelas palavras que me deixas no eco. Beijos.

Corvo Negro said...

Isto soará a lirismo e provavelmente mais valia estar calado ou neste caso sossegado, mas, querer assim já é tornar real o próprio desejo.

poetaeusou said...

MARIA
Desculpa o atraso.
O poemar, é todo teu. nota-se.
A foto,está como a minha procura.
Invisivel ...
Mas...se é da Foz, imagino-a bela.,
com sabor a ameijoa, Berbição a TI.
inté.

herético said...

gostei muito do poema. e da beleza da tua escrita. suave como uma brisa.

JuvePP said...

Gosto da tua poesia que traduz alguns cheiros e sentires próprios de ilhéu
beijinhos

Maria said...

paula raposo

Não percebo as dificuldades que andam por aqui por causa das fotos...
Bem, cá está outra vez.
Obrigada pela tua visita
Beijo

Maria said...

corvo negro

e o desejo será realidade se o quisermos...

Maria said...

poetaeusou

Já podes ver a foto...
Os mares são sempre lindos, mas os nossos são mais lindos...
Inté

Maria said...

herético

Muito obrigada pelas tuas palavras. Souberam-me bem.

Maria said...

juvepp

Muito obrigada pela tua visita.
Vou retribui-la agora, para te conhecer
Fica bem