Sunday, March 25, 2007

E assim o amor


Passeio a minha mão pelo teu corpo
numa carícia quase infantil e
és menino de banco de escola.
As tuas mãos percorrem o meu corpo
acordam o amor que estava adormecido
e descobres a mulher que há em mim.
Os nossos corpos suados, colados,
entendem-se de uma maneira tal
que quase falam.
É assim o amor.

26 comments:

poetaeusou said...

***
foi
é
e
será
sempre
"assim o amor"
*
inté
****

Pedro Branco said...

Sou sempre menino de escola. Com o seu olhar traquina e os seus sonhos...

Beijo, Maria.

Leticia Gabian said...

Maria, Maria!
Se a paixão nos transporta à adolescência, o amor nos devolve à maturidade dos sentidos.

Beijo grande

pitanga said...

O amor é troca. Tantos já disseram isso mas é a mais pura verdade e não se ama sozinho. Quando a mulher continua menina e outro envelhece o menino que havia nele...não há nada a fazer.

beijos

Maria P. said...

O amor perdido no tempo, sem tempo.

Um beijinho*

Tiago said...

Divide em dois, a palavra,
Pa(ra) lavra(r)-(te),
Com arado de meus dedos,
Terra, ilha, húmida, fecunda,
Única...

E com o cair da noite, o beijo, um beijo meu deixo-te....

Placi said...

Pecado é...
Não ser Feliz!

Bruno said...

Lindo, lindíssimo. :)

Maria said...

poetaeusou

Se não for assim, não vale a pena...

Inté

Maria said...

pedro branco

Como eu te percebo... Imagino esse teu olhar traquina...

Um beijo de boa noite, Pedro

Maria said...

Letícia!

E o amor madurado é tão melhor...

Beijo Grande, Amiga

Maria said...

pitanga

Cheia de razão. Mas é bom quando os dois continuam meninos... e quando o amor dos dois amadurece...


Beijos

Maria said...

maria p.

... ou com todo o tempo, todo o tempo do mundo...

Beijinhos

Maria said...

tiago

Eu sou terra, sim, e fogo.
Tu serás... mar, talvez...
Únicos seremos todos, de certeza...

Um abraço, na madrugada...

Maria said...

placi

:)

Maria said...

bruno

Muito obrigada.

Sininho said...

Pois é assim.
Para mim, já foi...
Beijinhos

. R said...

É assim o amor!

Parabéns!

Maria said...

sininho

É sempre tempo para o amor

Beijinhos

Maria said...

.r

Pois é...

Luis Eme said...

É sim senhor...

Amor também é isso Maria... junto a esse mar-nosso.

João JR said...

e é lindo...imenso!
Um beijo grande..conheço essa praia!

Maria said...

luis eme

Nosso, o mar.

Um abraço

Maria said...

joão jr

Pois conheces...

Beijos

António Melenas said...

Está bem de acordo com o título do teu blogue este delicioso poema. Nele perpassam os cheiros e murmúrios da maresia a que não falta o beijo salgado.
Um beijo para ti

Maria said...

antónio melenas

Muito obrigada pelas tuas palavras.
Outro beijo para ti