Friday, March 30, 2007

Vem buscar-me


Vem ver este mar
e aquele barco que
já desapareceu
navegando para norte
onde tu estás
Vem ver
esta maré cheia
de ternura que
tenho para te dar
Vem buscar-me
leva-me contigo
onde o sol não se põe
onde as flores se erguem
onde os pássaros cantam
Vem buscar-me
e ao nosso amor...
que está sedento de ti...

34 comments:

gaivota said...

andas a deixar-me intrigada... ainda bem!muito bonito, lindo mesmo, o poema, deixa-te sonhar...
pois é assim,maria, coisas da vida...beijos e dorme bem

Leticia Gabian said...

Maria, Maria!
Tudo tem a sua hora certa pra acontecer.

Beijo grande, amiga

Maria said...

gaivota

Não é assim tão importante para te intrigar...
Boa noite

Maria said...

Leticia,
Amiga minha

Tudo virá quando vier...

Beijos grandes

poetaeusou said...

***
esta maré cheia
*
de amizade
*
que eu te tenho
*
maria
*
inté
***

Luís Galego said...

Vem ver
esta maré cheia
de ternura


mais palavras para quê? só um coração apaixonado pode dizer isso, ou entãoa Maria é uma excelente ficcionista....ou talvez as duas coisas, qual delas estará nestebelo poema em vigor? a ficção? ou o coração?

Delfim Peixoto said...

Lindo mesmo... com esse chamamento quem resistirá? rsrsr
jnhs :)

Farinho said...

Mais um lindo poema, para encantar quem aqui passa.


Beijocas

Maria said...

poetaeusou

***
para me dar...

***

Inté

Maria said...

luís galego

podemos fazer metade / metade?
(só porque é mais equilibrado...)

Um abraço

Maria said...

delfim peixoto

Que bom teres entrado aqui...

Bjinhos

Maria said...

farinho

É o amor que escreve... com a minha mão...

Beijos

Sininho said...

Tarde fria, céu pedrento
ora branco, ora cinzento...
*
E a nossa alma, às vezes, anda como as tardes...

Beijinho

Gi said...

Uma maré viva ...de emoções. Como resistir a um apelo assim?!...só se os separar o mar do tempo, ou do espaço :)

Beijos

antónio paiva said...

..................

que te venham buscar sim!

.................


Beijo noite serena e bom fim-de-semana

bomdiaisabel said...

Os teus poemas, Maria, são fabulosos. Terá sido a ilha a grande Musa? Ou será esse coração apaixonado e o amor que o alimenta a tua grande inspiração? Digo-te que não passo por aqui uma só vez que não releia o que escreves.
Beijinhos

said...

Sonho de um dia sem gaivotas, com pouco Sol e muita ternura.

Maria said...

sininho

Anda sim, mas logo vem o sol e tudo muda...

Beijinhos

Maria said...

gi

E quando é o tempo e o espaço é mais complicado...

Beijos

Maria said...

antónio paiva

Eu estou à espera...

Beijo e bom fim de semana

Maria said...

bom dia isabel

A inspiração pode vir dos dois lados, da ilha e da paixão...

Muito obrigada, bom fim de semana

Beijos

Maria said...



Verdade que aqui ternura não falta...

Boa noite

Teresa Durães said...

tudo começa com um grande amor
tudo avança com a paixão
abrimos os horizontes
nunca mais somos iguais :)


um beijo de bom fim de semana

Tiago said...

Vem, por mim vem,
vem até mim, aqui, entre nós existe a distância do escutar,
Vem, a mim...

um beijo

Era uma vez um Girassol said...

Querida Maria, como gosto de ler os teus poemas cheios de ternura, delicados...
Beijinhos

Farinho said...

Vim retribuir o desejo de bom fim de semana,
Que o teu seja cheio de sonhos e esperança.


Beijoquinhas doces :)

João JR said...

lindo poema Maria...amei!
Um beijo grande

Maria said...

teresa durães

Assim é. E porquê, Teresa?

Bom fim de semana
Um beijo

Maria said...

tiago

Irei, talvez.
Vou, sim.

Um beijo

Maria said...

era uma vez um girassol

Querida amiga, eu gostaria que os próximos dias te trouxessem a paz e a tranquilidade que mereces...
... e que a tal carta te traga, ainda que por momentos, um sorriso

Beijinhos

Maria said...

farinho

Muito obrigada.

Beijos para vocês

Maria said...

joão jr

Obrigada, João
Bom fim de semana pra ti

Um beijo

Tiago said...

Vens, em ondas,
em vagas
enroladas, branca,
Descalça, livre o cabelo
Do vento, liberta, cheia, cheia de mistérios,
Aberta ao tamanho, do (des)conhecido, os dois,
Eu, em ti, conheço o cheiro,
o que me envolve na leitura de um beijo...

Maria said...

tiago

Vou, descalça, mas transparente...

Beijo