Monday, March 12, 2007

Rio...



Vai ser longa a tua ausência e
eu não sei como vai o amor
sobreviver
Tenho tanto e tudo para te
dar que não sei se os teus
braços chegam para me agarrar.
Tenho medo da distância e
da minha presença ausente
E eu já não sei se o rio que
existe em ti se vai escapando
por entre os meus dedos...

40 comments:

Leticia Gabian said...

Ai, Maria, maria!

A dor que sentes, cabe em mim, direitinho. São as mesmas dúvidas e incertezas. O mesmo medo. A mesma espera. E a mesma sensação de pequenez, diante de tanto sentimento tão grande a nos engolir.
Queria muito que conhecesses o meu Zé.

Beijo grande

bettips said...

Para te deixar abraços. Foste uma sortuda (vi que deixaste a FP) em ficar com esta qualidade "de cabeça e coração" que aqui demonstras e divides! Estou a lembrar-me do Zé do manguito...

Meg said...

É na ausência que, muitas vezes, o amor se faz sentir com mais intensidade...
Não tenhas medo da ausência... dolorosa, sim, mas tão doce nas lembranças; e se o amor não sobrevive à ausência, é porque não é amor Verdadeiro.
Não deixes que ele se escape por entre os teus dedos...

Farinho said...

A distancia, tona-se curta
o amor prevalece
ao pensar nesse alguém
que se ama e não se esquece

A melodia por vós tocada
alegra os vossos corações
resistindo à saudade
vivendo na liberdade
de te sentires amada


Não te preocupes, vive intensamente.

Beijocas

O Sibarita said...

Oi Maria! Quando o amor, a paixão, o desejo são compartilhados à dois não escapa pelos dedos... Faça fé!

A poesia é muito bonia e nos toca profundamente!

Obrigado pelas palavras no nosso blogue, apareça sempre...

bjs.
O Sibarita

Pedro Branco said...

É pela corrente a juzante que minhas margens se vão alimentando de ti. À solta. Livres no seu destino de ser foz e voltar e ir e voltar e ir e voltar... Seguras de que as suas águas se hão-de misturar no mar e fazer crescer as marés de nos encontrarmos na praia. Perto. Sempre perto.

joão marinheiro said...

Voltei. Voltei porque não consigo encurtar a ausência...Mesmo a navegar sempre rumo ao sul não consigo, aumento a distância...
Um dia encontro um rio onde me afogue...
Abraço a meio da travessia.

Maria said...

leticia gabian

Mais cedo do que tarde vamos encontrar-nos, sim. Vou conhecer o teu Zé. Em Lisboa, na Bahia, em Amesterdão, sei lá, por aí, mas vamos nos conhecer, sim.

Beijos grandes, querida

Maria said...

meg

É verdade o que dizes...

Maria said...

bettips

Fui ao teu blog deixar lá uma "inquietação"...

Abraços

Maria said...

farinho

Obrigada, linda.

Beijos

Maria said...

o sibarita

Às vezes a lei da vida (?) faz com que isso aconteça, mesmo.

Beijo

=^.^= Tarina =^.^= said...

Ás vezes quanto mais tentamos agarrar as coisas mais elas se nos escapam das mãos...

É como a areia do deserto...
Quanto mais a tentamos agrarrar mais ela se escapa por entre os dedos...

Não sintas medo...

A diastancia é apenas um pormenor que tem de se tornar invisivel...

1 beijo =^.^= tarina

Maria said...

pedro branco

... logo, quando as marés crescerem, estarei já na praia. Esperando por ti. Sempre por perto...

Maria said...

joão marinheiro

... se assim o desejas...

Abraço daqui do frio

Maria said...

tarina

És linda, querida. Gosto muito de ti, assim mesmo, tal como és...

Beijos

bettips said...

Foi a propósito do coment. que deixaste na nossa amiga Girassol, sobre reformas. Eu referi, pensei, a Função Pública, que era do que ela falava e tu dizes ter escapado de ter uma ataque cardíaco... Saudáva-te pela clarividência, é isso! Bjinho

luis galego said...

Vai ser longa a tua ausência e
eu não sei como vai o amor
sobreviver

se for forte, vai de certeza...triste e tocante!!!

Ela said...

Lindo...melancolicamente....lindo...

"Vai ser longa a tua ausência "_____________________________________Sentir...a presença.
Da ausência...


Um beijoooo,boa semanaa

Maria said...

bettips

Ai, às vezes parece que tou na lua...
Deve ser da reforma... hehehe
(onde entra o Zé do manguito?)

Beijo

Maria said...

luis galego

Sobrevive, sim! Sempre sobreviveu...

Maria said...

ela

Boa semana para ti também...

Beijo forte

rosa dourada said...

Coragem, Maria
O Amor supera a distância.
Bjs.

=^.^= Tarina =^.^= said...

Olá Maria...
Vim para te dizer uma coisa de que me esqueci de dizer no post acima LOLOL

No Sábado á noite estive na Foz do Orelho (acho que é a tua terra, ou lá perto LOLOL) e que me lembrei de ti...
Pensei: "Será que a Maria está por aqui.. no mesmo bar que eu?!?!"

Estive no Cais da Praia...


Como sabes, gosto muito da Foz!

1 beijo para ti =^.^= tarina

Moura said...

Mas que amores por ai andam!!
Mais vale longe fisicamente e perto interiormente, que o contrário!
Bjo e boa semana

Maria P. said...

Belo e delicado. A rasar a dor...

Beijinho*

Maria said...

rosa dourada

Claro que supera. "Tá-se bem"...

Maria said...

tarina

Não sou, mas gosto muito da Foz do Arelho. E daquele mar.
No sábado já estava eu aqui, no país das túlipas, para umas férias...
Quem sabe um dia destes não nos encontramos no Cais da Praia...

Beijinhos

Maria said...

moura

Tem dias... pra tudo, não é?

Beijo

Maria said...

maria p.

... quase...

Beijinho

Claudia said...

Pois.

Como te percebo...

Beijo presente

Da Casa da Mathilde said...

Aqui faz-se poesia de qualidade todos os dias.
Beijinhos

isabel victor said...

Maria, passei para te ler e retribuir a visita

b* de boa noite

Amaral said...

A ausência alarga a distância e deixa escapar por entre os dedos a força que faz a unidade...
Mas não há força mais forte que o Amor!...

Maria said...

claudia

Eu sei...

Beijo amigo

Maria said...

da casa da mathilde

Bondade a tua... acho que tem dias...

Beijo

Maria said...

isabel victor

Vem ler-me, só.
Não retribuas nada...

Beijo forte

Maria said...

amaral

Pois não, o Amor é o motor da Vida...

Sininho said...

Acho que já disse isto, algures, mas vou repetir-me.
Uma ausência, quando não demasiado longa, pode tornar-se num belo tempero para o Amor.
Beijinho.

Tenho tido, outra vez, alguma dificuldade em aceder aos comentários, embora passe, sempre, por aqui.

Maria said...

sininho

Sem dúvida que pode...

Tenho tb tido aqui alguns problemas nas fotos, tenho que as repetir quase todos os dias...

Deve ser do frio...

Beijinho