Tuesday, March 13, 2007

Prolongamento do cais IV


O bidão continua assente na gravilha...


... o mar continua a fazer o que lhe compete...


... agora eu tenho que me "pirar" senão ainda tomo um banho...


... o mar inunda todo o estaleiro...


... o material já está espalhado pelo cais...


... e já são visíveis alguns estragos em termos de perda de material...

42 comments:

joão marinheiro said...

Encantam-me as imagens. Engenharia portuguesa ou trabalho de trolhas amadores? Fica-me a pergunta a boiar como sacos de cimento...Entendes o ponto de vista não?
Abraço para ti na ilha

João Aguiar said...

Mais umas interessantes fotografias. Desta vez descritas num registo jornalístico :)

Abraço

O Sibarita said...

Olá! Essas fotos,(por sinal bem tiradas) nos mostra claramente a água do mar tomando o que era seu...

bjs.
O Sibarita

dulce said...

Coisas bem feitas?
Beijos

Leticia Gabian said...

Maria, Maria!
Até posso escutar o grande mar a dizer: eu avisei!

Grande beijo

Jefferson P. said...

Coisa de gente grande... Parabéns!

Grande bjo.

amigona said...

Está fantástico, amiga! Beijo...

greentea said...

e os ingenheros não se aperceberam que a maré ia alta e não era época para esses reboliços ?? E agora o material foi para o fundo do mar fazer algum abrigo para os peixes ou tapar algumas algas - daqui a uns séculos perguntar-se-à porquê???

beijos

Sininho said...

A reportagem continua em alta.

Quem planeou isto...
é uma cabeça portuguesa,
com certeza,
é, com certeza, uma cabeça portuguesa.

Beijinho

Maria said...

joão marinheiro

Havia lá um engenheiro, sim...
Disse que sabia muito bem o que estava a fazer, pois tinha estado envolvido na construção do cais de... Alcântara (Lisbo, rio Tejo). Pode?
Ainda faltam 2 séries de fotos...

Abraço

Maria said...

joão aguiar

Agradecida pelo "tom jornalístico"...

Abraço e bom trabalho

Maria said...

o sibarita

É isso mesmo, o mar fazendo o que lhe compete...

Bj

Maria said...

dulce

Coisas bem feitas, como é nosso hábito...

Beijos

Maria said...

leticia gabian

E ele avisou sim. E nós, na ilha, também...

Beijo grande

Maria said...

jefferson p.

Obrigada...

;)

Maria said...

amigona

Muito obrigada.

Beijo

Maria said...

greentea

E os ingenheros percebem alguma coisa de mares?
Nem ouvem o que se lhes diz, eles é que estudarem... como se diz lá...

Beijo

Maria said...

sininho

Empresa portuguesa, engenheiro português, tudo português de Portugal...

Beijos

pitanga said...

Olha, ô Mariaaa! Se ficas muito perto o mar te abraça e "ficas mal na foto". hehehe
beijinhos de primavera.

Belzebu said...

Excelente sequência fotográfica, que nos relata a falta de respeito e o menosprezo com que o homem lida com o mar! Ele volta sempre para reconquistar o que é seu!

Saudações infernais!

chuvamiuda said...

..................

o mar não gosta muito que lhe mexam

..................


Abraço

Maria said...

pitanga

Ia ficando toda molhada, é verdade, mas a foto valeu...

Beijos

Maria said...

belzebu

E ainda não viste tudo...

Saudações com cheiro a mar

Maria said...

chuvamiuda

O mar gosta de ser respeitado, é só...

Boa noite

Farinho said...

Imagino a cara dos operários, a depararem com um cenário destes, o mar é assim mesmo, não tem regras, é livre.

Beijocas

Quintanilha said...

Obras à portuga!

Ana Patudos said...

O mar só quer aquilo que é dele!
O homem tenta fazer o que quer... mas não pode.
O mar tem muita força.
beijos
Ana Paula

inspiração said...

O mar tem destas coisas, não facilita, quando se revolta, o melhor é fugir.

Um abraço

=^.^= Tarina =^.^= said...

O mar da e tira...
É o que se costuma dizer por aqui!

1 beijo amiga =^.^= tarina

joão marinheiro said...

O mar é o mar, o resto são operários a brincar...
Maria minha amiga, bem que eu desconfiava da engenharia...água doce não se dá na água salgada...coisa de humidade na tola do engenheiro...deveria ter passado um inverno a olhar o mar a entrar no carreiro dos cações para aprender da força, da vontade da liberdade do mar...
Um dia temos de ver o resto das minhas memórias da minha/nossa ilha

abraço daqui onde o sol se põe a dormir no horizonte do mar....

Um Poema said...

O mar, a sua força, a sua disposição calma ou nem tanto... os homens farão apenas o que o mar deixar.
Bonitas fotografias.
Um abraço

Maria said...

farinho

Eu nunca tinha visto homens chorar npor verem o trabalho ir por água abaixo... literalmente...

Um beijo

Maria said...

quintanilha

Mais ou menos

Maria said...

ana patudos

É isso.

Beijos, fica bem

Maria said...

inspiração

Percebo o teu comentário, mas para mim o melhor é ficar, a ver, tudo.

Beijo

Maria said...

tarina

E é o que ele faz...

Beijinhos

Maria said...

joão marinheiro

E tu achas que o homem conseguia aguentar-se, uma semana que fosse, na ilha a ver o carreiro dos cações? Nem o do mosteiro...

Fico à espera desse tal dia para ver as tuas memórias...

Um abraço

Maria said...

um poema

É. É o mar quem manda!

Um abraço

wicky said...

escolhida outra época para fazer a obra, tudo tinha corrido certinho, direitinho


assim , foi direitinho para o fundo do mar e não serviu a ninguém - nem seque para tapar a fome aos peixes

Maria said...

wicky

Tens/terás toda a razão...

Ela said...

Lindas as fotografias...

Mas...há "lodo no cais?"


Beijo grandeee

Maria said...

ela

Não, as águas são muito transparentes.
O lodo é noutro sítio...
No fim digo.

Beijo graaaaande