Wednesday, December 24, 2008

Natal, e não Dezembro

Entremos, apressados, friorentos,
numa gruta, no bojo de um navio,
num presépio, num prédio, num presídio
no prédio que amanhã for demolido...
Entremos, inseguros, mas entremos.
Entremos e depressa, em qualquer sítio,
porque esta noite chama-se Dezembro,
porque sofremos, porque temos frio.

Entremos, dois a dois: somos duzentos,
duzentos mil, doze milhões de nada.
Procuremos o rastro de uma casa,
a cave, a gruta, o sulco de uma nave...
Entremos, despojados, mas entremos.
De mãos dadas talvez o fogo nasça,
talvez seja Natal e não Dezembro,
talvez universal a consoada.

David Mourão-Ferreira

28 comments:

Fernando Samuel said...

Tinha pensado neste para amanhã... assim vou substituí-lo.
É lindo!



Um beijo grande.

salvoconduto said...

Boas Festas.

Ana said...

"De mãos dadas talvez o fogo nasça"...

É Natal e os meus Amigos (mesmo os que não conheço pessoalmente) estarão presentes na minha consoada.

Beijo grande, Maria.

Pedro Branco said...

Passei aqui, junto da tua árvore, Maria, para te dizer que gosto de ti. Que tenho saudades. Que respiro uma espécie de sufoco na pele. E que a minha voz chora todas as palavras que nos unem. Mas que calo no futuro dos abraços e dos olhares. Espero que neste momento de pensamento, quem sabe mais que os outros, consigas sentir a minha presença junto de ti. Sabes que gosto de nós. Beijo enorme em maré de ir e vir e voltar e ficar.

Isabel said...

É Natal. Natal é nascimento. Os meus votos este ano é que este nascimento seja o nascer de novas atitudes, novas mentalidades, novos valores.

Bom Natal

Bjt

Eduardo Aleixo said...

Bonito, terno poema. Mensagem de Natal, que é o meu, não de laços de sangue, convenção, ritual, formal, mas laços de almas sensíveis, abertas aos outros, que todos somos irmãos. Sim, a gruta, com calor. Boa imagem. Simplicidade. Pessoas e animais. Todos juntos. Boa noite. Bom Natal. Em Dezembro. E em todos os meses. Tão simples como isso. Sem religião no meio. Mas crente sou. Em liberdade de caminhos meus.
Eduardo

samuel said...

Que coisa bonita!
Estou a ficar viciado em DMF... :-)
Acho que vou mesmo acabar a música que ando a fazer "com" ele.

Abreijo

lua prateada said...

Olá Maria,amiga...
Que o amanhecer deste Natal e também, aquele do Ano Novo que está para vir , traga para a tua vida todo o amor e abundância em teu coração.Sê sempre amavél, pois em geral todo o sêr que encontras e que por ti passa está a travar uma qualquer batalha e, ninguem é perfeito ao ponto de não ter necessidade de amor.

Beijinho com muito amor e carinho

Cidália=SOL

O Sibarita said...

Moça beleza pura o texto"

Desejo-lhe e a sua família um Natal de mesa farta, mas, também lebrando os milhões de nossos irmãos espalhados pelo mundo que morrem de fome a cada segundo, repatir o pão é o caminho...

bjs
O Sibarita

Leticia Gabian said...

Coisa linda, Maroca!
É perfeito!


Beijo enorme, amiga-irmã

Valsa Lenta said...

Passei para lhe desejar um Feliz e verdadeiro Natal!

Felicidades

Apenas eu said...

De mãos dadas o calor nasce, os olhares sentem-se e é uma forma de unir todos, unir de uma forma doce...

A minha mão já a tens. Sempre.

Beijos Muitos em TI
E que seja Natal ou Dezembro, mas que seja amor.

Maria P. said...

Sabes que não sou de muitas palavras, mas sabes o que sinto...

Beijos, Maria*

Orlando Gonçalves said...

Maria
Que o Natal do amor te traga tudo aquilo que desejares. A solidariedade está presente sempre aqui neste Blog que não me canço nunca de visitar.
Obrigado pelos momentos de poesia que nos tens dado.
Um grande beijo e um Natal cheio de mimos bons (beijos, abraços e carinhos)
Boas Festas
Orlando

Júlia Coutinho said...

Querida amiga,
Nas nossas comuns solidões sempre encontramos aconchego nos afectos e nas palavras dos Amigos.
Grande abraço, como eu...

João JR said...

Querida amiga..
Muito obrigada por mais um ano de amizade, de companheirismo e de uma quimica especial nas entre linhas..
Tudo de bom p ti sempre, não só no natal mas todos os dias da tua vida:)
Beijo grande Maria!

paula barros said...

Que possamos ao longo dos dias seguir de mãos dadas através das palavras que nos une, tocando almas.

Que o verdadeiro espírito de Natal esteja em nossos corações, hoje e sempre.
Desejo, paz, saúde, amor, serenidade, discernimento, harmonia....o resto corremos atrás.

Abraços fraternos

bettips said...

Maria: entremos então no sonho, dadas as mãos!
Bj

mariam said...

Felicidades e Afectos nesta quadra Natalícia, prolongando-se por todo o ano 2009, são os meus votos.

um abraço
:)
mariam

AJO said...

Feliz Natal e um Excelente 2009.
É lindo e muito forte o poema.
Beijinhos

zmsantos said...

Amiga.
Sem falsos pudores e lamechiçes à parte, desejo-te uma noite calma, entre as tuas recordações mais tristes ou entre os teus sonhos mais sonhados, com a certeza de que a alegria que irradias estará presente durante o ano inteiro.
Gosto muito de ti e esta noite vou erguer o meu copo e bebê-lo dum trago, ansiando o próximo copo. Esse será tomado em conjunto.

Beijos meus e da Fátima.

Joao P. said...

Maria:

Votos de um muito, muito feliz Natal

beijo

João

Sofá Amarelo said...

Olá,

que a ilha esteja rodeada a toda a volta de FELICIDADE!!!

Excelente Natal e muitos beijinhos do

Sofá Amarelo!!!

Nuno de Sousa said...

Mais um belo momento Maria...
Que tenhas um Feliz Natal, em paz com mta saúde amor e alegria.
Bjs grandes deste amigo,
Nuno

DE-PROPOSITO said...

FELIZ NATAL
Manuel

Maria said...

Obrigada pela vossa passagem por aqui.

Beijos

mfc said...

E porque pode ser talvez... aqui fica um beijo com o desejo de um bom Natal!

BlueVelvet said...

Com tanto que leio e falta-me sempre descobrir algo novo.
Não conhecia este poema pungente, comovente e sofrido.
Lindo.
Muitos beijinhos, Maria