Wednesday, June 30, 2010

Soneto da Fidelidade


De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive)
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Vinicius de Moraes

21 comments:

Cris Caetano said...

É o meu preferido de Vinícius... :)

Beijinhos, Maria

samuel said...

Obrigado!!!

Abreijo.

Leticia Gabian said...

É muito mais que um soneto...

Vinicius teve muitas mulheres, mas UMA de cada vez. E era fiel a cada relacionamento. Portanto, é mais que um soneto...É um depoimento.

Beijo enorme, AICeT!

Manuela Freitas said...

Este até o sei de cor!...
Beijinhos Maria.

Baila sem peso said...

Este é um soneto de fidelidade
em que Vinicius canta com realidade
como diz Leticia, um depoimento
da sua vida em andamento
(também o sei de cor...e o tenho declamado por ele...ah, Vinicius, e seus amores...chama em brasa de poesia de várias cores!)

:))
Beijos Maria

(ando um tantito afastada, porque além de cansada, ando atarefada...vou sempre aparecendo, enquanto for podendo!) :)

Só Eu (Ricardo) said...

Ao ler, inevitavelmente, ouvi a voz de Betania.
Estamos refinados Maria. Tanto bom gosto...
Beijinhos com carinho
Ricardo

Apenas eu said...

um dos que mais me toca...

" Mas que seja infinito enquanto dure"...

talvez seja mesmo isso...

beijos muitos

Fernando Samuel said...

Vinicius é assim: POETA.

Um beijo grande.

Paula said...

Vinicius de Moraes é sempre uma boa opção.

Abraço

antónio paiva said...

...

pois, Vinicius, pois...

beijo

OUTONO said...

Vinicius...obrigado amiga!!!!!!!!!

Naty e Carlos said...

"Quanto mais estendermos nossas mãos ao próximo... mais Deus se aproximará de nossas mãos. "
Bom fim de semana
Bjs

Pitanga Doce said...

Posso ficar quietinha? Então tá!

beijos Maria.

Maria said...

Obrigada por terem passado aqui.
Beijos a todos.

Rosa dos Ventos said...

Belíssimo soneto!
Não o conhecia...
Obrigada

Abraço

mariavento said...

Bem bonito!

Ana said...

E Vinícius será eterno enquanto houver quem se alimente da sua poesia...

Beijinho, Maria

margusta said...

E como, e tanto e tão bem que Vinicius sabia falar do amor...

Um grande ABRAÇO Querida Maria!

Margusta

heretico said...

pois é - a qualidade do memorável Vinicius. e o calor da sua palavra poetica...

beijos

Duarte said...

Como se expressa!
Sonetos de vida, de separação, de reencontro... todos belos!

Obrigado

Abraços de vida

Filoxera said...

Um amor é para ser infinito, sem reticências.
Beijos.